Fabricantes

14/12/2010 17h34 - Atualizado em 14/07/2011 07h09

IBM cria aplicativo de computador para competir em programa de TV

Rafael Silva
por
Do Tecnoblog

Batalhas entre computadores e seres humanos são tão antigas quanto a própria invenção do computador. Um dos grandes desafios desse tipo é a disputa de xadrez entre o computador Deep Blue com o jogador profissional Garry Kasparov. Mas uma nova classe de disputa entre computadores e máquinas está marcada para aparecer na TV no ano que vem, mais especificamente no programa de perguntas e respostas Jeopardy!, que é exibido nos EUA.

IBMIBM (Imagem: Divulgação)

Engenheiros do laboratório da IBM criaram um programa de computador para competir no jogo. Chamado de Watson, em homenagem ao fundador da empresa Thomas J. Watson, o programa foi criado com objetivo de "competir contra a habilidade humana de responder perguntas feitas em uma linguagem natural, com velocidade, precisão e confiança".

A tecnologia por trás de Watson, no entanto, pode ser aplicada em outras áreas, como no sistema de saúde, para diagnosticar pacientes com maior precisão, ou ainda na informática, para melhorar páginas de suporte em sistemas de help desk.

A empresa também diz que no início isso foi um desafio, "já que as dicas para as respostas precisam ser analisadas levando em conta o significado, ironias, charadas e outras complexidades [...] que computadores tradicionalmente não são bons em decifrar". Mas agora, depois de 4 anos de desenvolvimento, eles acreditam que Watson está pronto para o desafio. E a disputa não vai ser fácil. O programa vai enfrentar os dois melhores jogadores que já passaram pelo Jeopardy!: Ken Jennings e Brad Rutter.

O episódio com a participação de Watson foi gravado essa semana e deve ir ao ar nos EUA entre os dias 14 e 16 de fevereiro do ano que vem. A IBM declarou que se seu programa ganhar a competição, o prêmio de 1 milhão de dólares vai ser doado para uma instituição de caridade.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares