Sistemas Operacionais

02/12/2010 20h43 - Atualizado em 14/07/2011 07h10

Lion: O que esperar da fusão do OS X com o iOS?

Bernardo Pina
por
Para o TechTudo

Bom, a essas alturas do campeonato você já deve saber que no mês passado, a Apple anunciou que já está desenvolvendo a próxima versão do sistema operacional que equipa seus computadores (Macs). A idéia principal é aproximar esse sistema do sistema que equipa o iPhone, iPod e iPad. E ao meu ver, a idéia tem tudo para dar certo.

Um novo norte

Pense comigo... Durante anos, a Apple pesquisou a tecnologia TouchScreen e conseguiu implementá-la com grande sucesso nos seus dispositivos móveis. Mas por mais que tentassem, suas pesquisas nunca conseguiram desenvolver uma maneira fácil e intuitiva de utilizá-la em seus computadores. Tive que concordar quando Steve Jobs falou que simplesmente não seria uma boa idéia colocar uma tela TouchScreen no iMac, por exemplo. Fico me imaginando com o braço esticado para tocar a tela, e me cansando depois de um certo tempo de uso.

OS X Lion (Foto: Reprodução)OS X Lion (Foto: Reprodução)

Dependendo do nível de utilização (para trabalho, por exemplo), imagino que poderia acontecer dos usuários começarem a sofrer inflamações e até tendinites devido ao esforço contínuo de ter o braço esticado/levantado. Por mais que uma tela TouchScreen no iMac possa me parecer legal, a idéia da possibilidade de ter meu braço prejudicado não me anima nem um pouco.

A solução encontrada? Primeiramente o Magic Mouse com uma superfície multi-toque (até aqui tudo bem) e depois o Magic Trackpad (agora todos em conjunto: “Trackpad!?”). Quando ele foi lançado, em julho desse ano, muita gente (eu inclusive) ficou se perguntando o que a Apple tinha na cabeça ao lançá-lo. Afinal, é muito comum que as pessoas comprem mouses para não utilizar o trackpad dos seus notebooks.

O que faria uma pessoa querer deixar o mouse de lado e comprar um trackpad para o seu computador de mesa? Acho que agora eu posso dizer com segurança: o novo sistema operacional da Apple, o OS X Lion.

“Touch” sem TouchScreen

No OS X Snow Leopard nós já vemos algum esforço da empresa em utilizar gestos multi-touch, e agora, com o estrondoso sucesso que o iOS alcançou, era de se esperar que começássemos a ver algumas das suas características mais marcantes serem transportadas para o OS X.

Acredito que uma das grandes novidades, que fará o Lion ser bem inovador perante a outros sistemas operacionais, é o foco em proporcionar uma maior integração com seus dispositivos “touch” (Magic Trackpad e Magic Mouse). A tendência é trazer a facilidade de uso que vemos no OS para o OS X, melhorando muito a usabilidade (e facilidade de uso) do sistema.

Launchpad no Lion (Foto: Reprodução)Launchpad no Lion (Foto: Reprodução)

Pense comigo, por exemplo, no LaunchPad. Essa será uma nova forma de se organizar os aplicativos no seu Mac no Lion, bem semelhante a forma que você organiza no seu iPhone, iPad ou iPod Touch. Como eu sou meio tarado por organização, o LaunchPad vai permitir que eu organize meus aplicativos em “páginas” e pastas, bastando tocar o touch do Magic Trackpad ou Magic Mouse e arrastar para o lado para trocar de página. Simples assim!

Temos ainda algumas novidades na interface do sistema. Nada sobre isso foi abertamente anunciado, mas com certeza podemos esperar alguns itens visuais do iOS no Lion. Já foi possível ver alguns botões e barras diferentes na apresentação do mês passado.

Agora só nos resta aguardar até o meio do ano que vem (data prometida por Steve Jobs para o lançamento do OS X Lion) e torcer para que a Apple faça um bom trabalho. Tendo em vista toda a sua história, acho que eles não vão nos decepcionar.

E você, o que achou do que foi apresentado até agora? O que você acha que o Lion poderia incorporar do iOS para que fique ainda melhor? Deixe seu comentário e compartilhe conosco sua opinião!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares