Produtividade

01/12/2010 11h54 - Atualizado em 14/07/2011 07h11

Microsoft apresenta Office corporativo baseado na nuvem

Tecnoblog
por

A Microsoft surpreendeu o mundo da tecnologia ao apresentar, nessa terça-feira, um novo modelo de negócios para o Office. A partir de agora, clientes poderão escolher usar o Office baseado na nuvem, em vez dos tradicionais aplicativos que são instalados no computador e acessíveis a qualquer momento, mesmo que não haja conexão com a internet.

Esse movimento da empresa é uma clara tentativa de rever como ela oferece um de seus produtos mais usados e lucrativos. Principal suíte de produtividade do mundo, o Office tem enfrentado as constantes investidas do Google no segmento empresaria. O Google Apps já foi adotado por mais de 3 milhões de firmas, muitas das quais migraram do Office para a solução do Google.

Chamado de Office 365, o serviço estará acessível tanto para pequenas como médias e grandes empresas. De acordo com a tabela de preços divulgada pela Microsoft, firmas menores poderão pagar apenas 6 dólares mensais por cada usuário do serviço. No entanto, esse plano fica restrito aos Office Web Apps, os aplicativos do Office baseados na nuvem.

As empresas maiores, com mais dinheiro em caixa, terão à disposição um plano mais robusto. Por cerca de 27 dólares mensais por usuário, a empresa vai contratar o acesso aos Web Apps e também a todos os aplicativos instaláveis do Office, como Word e Excel. A cada mês será preciso renovar a assinatura, a fim de continuar com o serviço.

Fonte: Cnet

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares