TechTudo

10/12/2010 17h36 - Atualizado em 14/07/2011 07h09

Samsung Galaxy S x iPhone 4: qual o melhor smartphone do ano?

Beline Cidral Para o TechTudo

Quem entende de tecnologia não deve passar um dia sem ouvir a pergunta: qual é o melhor smartphone do momento: o iPhone ou o Android?

Os fanboys de cada lado têm a resposta na ponta da língua, mas várias pessoas estão perdidas entre tantas opiniões divergentes – muitas delas dadas por pessoas que nem sabem quais são as diferenças entre o iOS e o Android, ou jamais pegaram um aparelho desses na mão (o que não é errado, mas ilustra a amplitude do tema).

O TechTudo decidiu encarar a questão e preparou um comparativo entre os dois aparelhos, que embora esteja longe de ser unânime, busca ser honesto. Pixel por pixel, conector por conector, vamos ver qual é o melhor ou, pelo menos, aquele que mais vai corresponder aos seus desejos e necessidades. Prontos?

iPhone 4 x Galaxy SiPhone 4 x Galaxy S (Foto: Divulgação)

Tela

O Samsung Galaxy S tem muitos atrativos, entre os quais podemos destacar a belíssima tela de AMOLED de 4 polegadas, dona de um brilho poucas vezes visto em uma tela de celular. Já a famosa tela retina (Retina Display) do iPhone 4 usa uma alta densidade de pixels para se tornar perfeita para a capacidade de visão do ser humano, mesmo quando observada de muito perto.

Resistência

Nem tudo são flores para o Galaxy S. Sua aparência é bem frágil e ele não parece ser muito resistente a tombos e arranhões. Mas sobre isto os fãs do iPhone também não podem falar nada, pois o case em vidro do smartphone da Apple tem sido muito criticado por sua vulnerabilidade, mesmo pelos admiradores mais ferrenhos da empresa de Steve Jobs.

Teclado

O teclado, desde o primeiro iPhone, sempre foi um atrativo. Early adopters ficavam maravilhados (e com razão) com a facilidade de usar um teclado QWERTY completo sem botões físicos com uma boa resposta. Com uma usabilidade única, o teclado do iPhone 4 é rápido, intuitivo e confortável, tornando o ato de escrever uma tarefa fácil, embora não possa ser comparado com um teclado de verdade.

Mas o Samsung Galaxy S conta com o Swype, um método que permite deslizar os dedos por cima das letras que compõem as palavras. No início, parece impossível e assustador, mas em um ou dois dias você vai se perguntar como pode viver sem isso até então.

Samsung Galaxy SSamsung Galaxy S (Foto: Divulgação)

Câmeras

A Apple se destaca pela rapidez e eficiência com que lança seus produtos, que são sempre acompanhados de muito hype. Um dos maiores atrativos do iPhone 4 é o “Facetime”, que permite conversas diretas por vídeo chamada. É esta a razão das câmeras frontais do iPhone 4 e do Galaxy S.

Nas câmeras principais destes aparelhos nós temos outra boa briga. A Apple parece querer apagar a experiência com as câmeras ruins das primeiras versões e tornou o ato de fotografar e fazer vídeos uma tarefa muito mais fácil e agradável. Muito se fala da qualidade da câmera do iPhone 4, e também da saturação excessiva das imagens, mas será isso um problema?

Podemos pensar que usuários do dispositivo da Apple não têm o celular como câmera principal; usam o iPhone para tirar fotos de forma prática para poder compartilhá-las sem precisar tratar as imagens. Ponto para a maçã.

Mas o robozinho representado pela Samsung não deixa barato. A câmera do Galaxy S é quase uma unanimidade, fazendo frente ao seu rival. As imagens geradas pelo Android são mais realistas, e têm bons equilíbrios de tons e brilhos. De qualquer forma, em ambos os aparelhos é possível instalar aplicativos para transformar suas respectivas câmeras em brinquedos ainda mais interessantes, inserindo efeitos nas suas fotos sem grandes dificuldades.

iPhone 4iPhone 4 (Foto: Divulgação)

Processador, memória e armazenamento

Novamente uma batalha difícil. Os dois dispositivos contam com processadores de 1 GHz e dispõem de 512 MB de memória interna colocando-os entre as melhores configurações de hardware disponíveis no mercado (que surpresa…). A diferença começa a aparecer quando a questão é armazenamento. Na verdade, ambos podem chegar a 32GB. A diferença é que o iPhone 4 pode ser encontrado em duas versões, com 16 ou 32GB, sem possibilidade de expansão, enquanto o Galaxy S, que vem com um cartão de memória MicroSD de 2GB, pode ter sua capacidade de armazenamento expandida para até 32GB.

Aplicativos

Voltando ao Galaxy S, a loja Android Market tem recuperado o tempo perdido em grande estilo, e já oferece inúmeras opções em programas de produtividade, jogos e muitas outras categorias. Já são mais de 100 mil aplicativos, muitos deles de graça. Por outro lado a AppStore da Apple segue em frente com grandes lançamentos e algumas polêmicas.

Não se pode negar o fato de que é difícil encontrar um aplicativo disponível para Android que já não exista para o iOS, embora os desenvolvedores do Android Market não costumem ficar atrás por muito tempo. A conclusão é que está cada vez mais fácil, rápido e barato encontrar, baixar e instalar aplicativos nos dois ambientes.

Sistema Operacional

Embora o Symbian e o Blackberry OS sobrevivam graças a solidez dos sistemas e da confiança dos usuários de aparelhos da Nokia e da RIM, o mercado dos sistemas operacionais mobile volta toda a sua atenção para suas duas grandes estrelas: o iOS e o Android que equipam o iPhone 4 e o Samsung Galaxy S. Enquanto o primeiro segue quase unânime entre usuários de Mac e afins, o segundo desponta como alternativa para quem não vai muito com a cara dos sistemas proprietários dos concorrentes, com um mercado que cresce a cada mês. Vantagem ou problema?

Quem tem produtos da Apple não fica incomodado de ter que seguir as normas, padrões e procedimentos da AppStore. Enquanto isso, os usuários do Android precisam, antes de baixar e instalar qualquer aplicativo, se certificar de que o app vai rodar na versão do OS no smartphone, com o hardware que tem em mãos. O detalhe é que quem tem um Galaxy S não precisa se preocupar com isso, já que tem em mãos a última versão do software disponível no mercado, e com um hardware muito potente. Novamente, é uma questão de gosto.

Entretenimento

Se existe um conceito no qual os desenvolvedores da Apple e Samsung focaram é “convergência”. Não fosse pela tela de celular, seria tudo perfeito. Vídeos em HD, muito espaço para músicas, fotos, conectores de áudio 3.5mm, bons jogos disponíveis a aplicativos para acessar praticamente todas grandes fontes de conteúdo.

Ler, jogar (o iPhone 4 leva vantagem nesse quesito), ouvir música, assistir vídeos (ou TV aberta grátis, no caso do Galaxy S), filmar e fotografar não são, nem de longe, problemas em nenhum dos aparelhos. Galaxy S e iPhone 4 foram feitos para comunicar e entreter.


Produtividade

Ambos são excelentes ferramentas de trabalho. E-mail, editores e visualizadores de documentos e arquivos mais comuns de escritório estão, ou podem estar, facilmente disponíveis nos dois smartphones. Ao contrário das versões para notebooks ou desktops, as ferramentas de produtividade em versão mobile são relativamente baratas. E os dois também podem ser sincronizados com o computador e também podem acessar periféricos, como impressoras ou projetores (com os acessórios apropriados).


Funcionalidades e usabilidade

Estamos falando de dois dispositivos de ponta com muito destaque do mercado. Se algo pode ser feito com celular, essas são as duas opções que mostram o caminho para a tão buscada convergência.

Palavras como entretenimento, multimídia, produtividade, conectividade, internet e compartilhamento fazem parte do vocabulário de ambos, mas não podemos negar que aos olhos e necessidades de usuários de dispositivos não fabricados pela Apple, fica mais complicado compartilhar mídias, carregadores e até informação.

Obviamente existem razões bem inteligentes para Steve Jobs banir, tardar ou simplesmente nunca adotar coisas tão comuns como conectores universais, compatibilidade com Flash ou obrigatoriedade de usar formas proprietárias e exclusivas de recursos, hardware e processos (que vão do cabo de dados à forma de distribuição de aplicativos).

Por outro lado, o sistema aberto e conexões comuns ao usuário padrão, como o Mini USB, favorecem o aparelho da Samsung. Sem falar da disponibilidade de diversos aparelhos a disposição, com diferentes configurações possíveis a quem optar por um Android, mas isso também já é uma injustiça, já que estamos comparando aparelhos, e não OS ou fabricantes.

Também não podemos deixar de citar que, justamente por ser aberto, existem dois problemas graves com a plataforma Google: a grande quantidade de versões do software e a variedade de configurações de hardware.

Hoje, qualquer aplicativo para iOS disponível na AppStore funciona em praticamente qualquer iPhone, com raras exceções (por questão de hardware), enquanto que no Android Market, é preciso refinar a busca para encontrar aplicativos que funcionem com qualquer hardware, em qualquer versão do sistema operacional. No momento estamos falando do Galaxy S, com especificações técnicas poderosas e software recente, onde todos os programas parecem funcionar. Mas e no futuro?

Em breve a Apple e a Samsung irão lançar novos e melhores smartphones, farão update das versões antigas e continuarão, para nossa alegria, cada vez mais ousados, inteligentes e criativos, ainda que cobrando bem caro por isso.

O fato é que, agora, ambos os dispositivos oferecem o que há de mais inteligente e útil quando falamos de mobilidade e convergência. Quem tem qualquer um destes smartphones não pretende dispensar outros gadgets nem usarão menos dispositivos dedicados e mais avançados, como o desktop ou as câmeras DSLR, mas com certeza os dois permitirão que você possa produzir mais, compartilhar melhor, mais rápido e em menos tempo. Assim, fica até mais fácil desligar eles enquanto curtimos um cinema ou lemos um livro.

E o vencedor é:

Chegamos a um empate técnico. Se você usa Mac ou outros dispositivos da Apple, sua melhor opção é um iPhone 4. Se você não tem intimidade com os produtos da maçã e prefere uma maior facilidade de trânsito entre dispositivos, o Samsung Galaxy S é, sem dúvida, a melhor opção.

  • imprimir
  • Compartilhar no Orkut
  • Enviar para um Amigo
140 caracteres

Verificação de segurança

Gênero

  • Caio Barbpsa
    2013-11-26T13:04:58

    GALAXY

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Diego Dutra
    2012-09-18T22:19:07

    galaxy s é melhor sem duvidass algumaa

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Fernando Luiz
    2012-02-18T21:11:24

    GALAXY S sem dúvida o melhor...

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Jorge Morellato
    2011-12-20T15:43:36

    Sem duvida sao duas maquinas, mas se voce esta insatisfeito com seu galaxy ou com seu iphone mande para mim que eu vou agradecer, tenho certesa que qualquer um deles é melhor do que o meu nokia de 50 mangos. rsrsrs

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Claudio Toscano
    2011-11-30T21:08:00

    Com certeza o Samsung Galaxy s é melhor. Ja tive oportunidade de ter os dois aparelhos em minhas mãos e sem dúvida alguma, o Galaxy é melhor porém, o Iphone é um ótimo aparelho e quem compra-lo estará comprando um belo smartphone!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário

TechTudo.com.br © Copyright 2010-2014 Globo Comunicação e Participações S.A. Política de Privacidade