21/01/2011 17h39 - Atualizado em 12/09/2011 18h52

Quer conhecer a Força G? Experimente este simulador

Pedro Cardoso
por
Da Campus Party

Você já teve vontade de experimentar a sensação de estar dentro de uma cabine de avião enquanto ele faz um loop no céu, como um verdadeiro piloto do Red Bull Air Racing? Ou que tal se sentir no meio de uma corrida Nascar? O TechTudo sabe que, para nós, viciados em tecnologia, é meio difícil arrumar carona como co-piloto, mas não preciso ir tão longe para sentir a verdadeira Força G dessas situações. Basta uma passada no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.

O simulador, denominado Motion FX, foi projetado por três estudantes de engenharia e está em exposição na Campus Party Brasil 2011, mostrando a todos os visitantes a real sensação de se estar dentro de uma cabine de carro de corrida ou de um avião.

Motion FX, em exposição na Campus Party Brasil 2011 (Foto: Pedro Cardoso / TechTudo)Motion FX, em exposição na Campus Party Brasil 2011 (Foto: Pedro Cardoso / TechTudo)

Para que seja possível simular a Força G, o Motion FX tem dois motores e dois eixos que giram em 360°, que atuam conforme o usuário se movimenta no jogo, à sua frente, simulando loopings e capotagens, por exemplo.

Um dos responsáveis pelo projeto, Pedro Boessio, explicou que o Motion FX está equipado com alto-falantes de 5.1 canais, auxiliando na simulação da "imagem sonora". Com isso, a experiência oferece um ambiente completo para imersão do cenário do jogo, cheio de efeitos sonoros característicos, como o som dos motores, do excesso de velocidade, do vento, entre outros.

O Motion FX é composto por um sistema de dois motores, um computador, alto-falantes, uma TV, além da estrutura básica montada para aguentar o tranco das manobras. Ele ainda tem um programa que captura informações dos jogos e as transforma em posições, dando movimento a ele.

Segundo os criadores, o projeto começou como um hobby. O custo do projeto ficou em torno de R$ 15 mil, só contando o material. “Começou como um brinquedo e está ganhando uma grande proporção. Tem muita gente que passa por aqui e fica impressionada”, disse Pedro Boessio, que revelou também o interesse de algumas empresas em adquirir o projeto.

Com financiamento reduzido, os três estudantes - Pedro Boessio, de Engenharia Mecânica, João Pedro, formado em Mecatrônica, e Gabriel, também estudante - utilizaram materiais reaproveitados de sucatas e de outros trabalhos, assim como a TV, que foi tirada da própria sala de estar de Pedro.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares