18/03/2011 14h18 - Atualizado em 14/07/2011 06h59

Digg está passando por uma fase ruim e corre risco de fechar

Marcell Almeida
por
Para o TechTudo

A Digg não está indo bem das pernas. A empresa havia inovado no design pra tentar mudar os ares em agosto do ano passado, mas parece que não adiantou muito. Caso você não conheça o serviço, não se espante, pois ele não é muito popular no Brasil. Digg é um serviço muito semelhante ao Reddit e ao Dihitt.

Digg a caminho da falência. (Foto: Digg)Digg a caminho da falência. (Reprodução/ Digg)

Em agosto de 2010, a empresa tinha cerca de 18 milhões visitantes, segundo a Comscore. Porém, esse número caiu para 12 milhões em janeiro de 2011, uma perda de 33% em apenas 5 meses. Nos anúncios da empresa, a mensagem é de que está tudo indo muito bem, obrigado. Mas, não é o que os fatos revelam, porque até o seu fundador, Kevin Rose, tem usado nós últimos meses mais o Twitter do que sua própria companhia.

Em dezembro, durante 22 dias Rose não comentou ou sequer submeteu uma história no Digg. Nos últimos 30 dias ele participou do Digg aproximadamente uma vez a cada quatro dias, quase o mesmo ritmo do CEO Matt Williams, que basicamente submete uma história por dia. Mas, no Twitter, Rose twittou 181 vezes no mês passado, ou seja, ele está vinte e seis vezes mais ativo no Twitter do que no Digg.

Não é de hoje que o Digg tem perdido o seu poder de divulgação com a explosão de popularidade do Twitter e do Facebook. Com o lançamento dessas duas redes sociais, várias outras sofreram fortes abalos. Resta saber se a Digg vai conseguir dar a volta por cima ou até quando vai sobreviver.

Via: Techcrunch

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares