11/03/2011 19h35 - Atualizado em 14/07/2011 06h59

Migre.me, o sucesso do maior encurtador de endereços brasileiro

Marcelo Ramires
por
Para o TechTudo

Para quem não conhece compactadores de URLs (endereços eletrônicos), são ferramentas usadas para se criar um endereço bem curto que redireciona para um endereço longo. A maior utilidade disso é a facilidade de se compartilhar o endereço em redes sociais, como Twitter e Facebook.

Migre.me (Foto: Reprodução/TechTudo)Migre.me (Foto: Reprodução/TechTudo)

O migre.me vai além de somente encurtar a URL, ele fornece informações de métrica para saber o número de pessoas que o link atingiu, como o número de retweets e cliques recebidos. Além de oferecer facilidades de compartilhamento como geração automática de QR-code (símbolo reconhecível por fotografia, com uso crescente em celulares) e botões de compartilhamento rápido em redes sociais.

Da criação ao sucesso

A ferramenta foi desenvolvida por Jonny Ken Itaya, programador paulista, que já tinha experiência em desenvolvimento para a web. “Como todo programador web, gostava de gastar meu tempo brincando de lançar ferramentas para a Internet, meramente pelo prazer de concluir um projeto ou servir como portfólio na hora de procurar um emprego melhor.”, disse Jonny em um texto para o Results on.

Jonny também descreve como foi a brincadeira que surgiu na Campus Party de 2009: “Pelo menos uma vez por mês surge na internet alguma brincadeira boba, e a brincadeira da moda em janeiro de 2009 era ‘aplicar um Rick Roll’– criar alguma notícia absurdamente mentirosa e fazer com que a pessoa que clicasse na notícia fosse levada para um videoclipe no YouTube. Como essa brincadeira estava tomando proporções gigantescas no Campus Party, resolvi organizar um concurso, onde o participante que aplicasse o maior número de ‘trotes’ ganharia um prêmio. Como não encontrei ferramentas que contabilizassem os cliques de maneira satisfatória, criei uma rapidamente. Uma brincadeira boba para organizar algo extremamente bobo, mas que no final foi um sucesso.”

De sua criação até hoje, o migre.me cresceu muito e ganhou reconhecimento, e hoje é usada por internautas do Brasil inteiro. Veja o gráfico a seguir indicando o crescimento da ferramenta desde o início de 2009, em sua criação, medido pelo número de links criados com a ferramenta e o número de retweets que os mesmos receberam:

Gráficos do Migre.me (Foto: Divulgação)Gráficos do Migre.me (Foto: Divulgação)

O que vem por aí

Segundo Jonny ken, o próximo passo da ferramenta é a criação de um filtro de conteúdo que irá permitir encontrar tweets por temas, como tecnologia, cinema, televisão e esportes. O que será interessante para encontrar novidades na área em que mais se interessa.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares