Internet

19/05/2011 10h39 - Atualizado em 25/03/2013 10h38

Encurte URL por uma causa social

Marcell Almeida
por
Para o TechTudo

Mais um dia e mais um encurtador de URL é inventado. Mas dessa vez é diferente, o novo serviço se chama Bre.ad e ele pretende reinventar a URL encurtada, transformando-a em uma ferramenta promocional para empresas, marcas, causas e etc.

Na sua essência, o Bre.ad é um encurtador de URL assim como os outros. Ele encurta links, sincroniza com o Twitter e Facebook e também oferece análises de clique. Mas o seu diferencial é que ele ajuda os usuários a promoverem qualquer coisa, como marcas, interesses e inclusive instituições de caridade.

Encurtador de URL que direciona internauta para anúncio (Foto: Reprodução)Encurtador de URL que direciona internauta para anúncio (Foto: Reprodução)

Se você clicar em um link do encurtador, você não será imediatamente levado para a página que o link direciona. Em vez disso, o link irá levar você para uma página criada pela pessoa que originalmente encurtou o link. A página exibe uma mensagem que pode ser customizada do jeito que você quiser e também uma imagem de 720 x 300 pixels. O usuário ficará na página por cinco segundos antes de ser redirecionado para seu link.

Essas páginas podem promover qualquer coisa, inclusive sua própria conta do Twitter. Você poderá criar várias páginas para serem promovidas no Bre.ad, e sempre que alguém clicar em um dos seus links o serviço vai pegar aleatoriamente uma das páginas criadas por você e mostrar para essa pessoa.

Infelizmente, pelo menos por enquanto, o Bre.ad ainda é fechado e está em fase beta. Mas o serviço já informou que nas próximas semanas ele deve ser aberto ao público. Mas você pode pedir acesso ao serviço na sua página principal.

No momento, o site está dando acesso apenas para uma página que permite que você visualize todas as páginas criadas para serem promovidas, clique aqui para acessá-la.

Obviamente o Bre.ad tem seus pontos negativos. Um deles é que várias pessoas não vão gostar de clicar em links que levam para outra página antes de levarem para a página correta, isso pode acabar se tornando uma espécie de anúncio. No entanto, a empresa está se esforçando ao máximo para fazer com que as páginas não pareçam com nenhuma espécie de publicidade e para que os usuários se sintam a vontade, evitando rejeição ao serviço.

Via: Mashable
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares