Acessórios

22/08/2011 15h32 - Atualizado em 22/08/2011 15h32

Jetpack: uma mochila para resgate de vítimas na água

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

Uma mochila com jato propulsor, projetada para o resgate de vítimas em lagos e oceanos. Essa é a ideia dessa Jetpack, que é mais um conceito que o site Yankodesign nos apresenta.

Jetpack pode resgatar vítimas na água (Foto: Divulgação)Jetpack pode resgatar vítimas na água (Foto: Divulgação)

O produto foi inspirado na JetLev Flyer, que é uma mochila propulsora que utiliza colunas de água de alta pressão para gerar o impulso necessário para o voo (já mostramos esse produto no TechTudo. Clique aqui para ler). No caso da Jetpack aquática, ela é composta de materiais mais leves, para que as manobras sejam feitas de forma mais prática pelo piloto responsável pelo resgate. O conceito foi desenvolvido pelo designer Jurmol Yao, e foi concebido com o objetivo de resgatar vítimas de acidentes marítimos em locais de difícil acesso.

No projeto, essa Jetpack conta com um motor de alta pressão, além de um sistema de controle pelos pés, deixando os braços e mãos do usuário livres para as manobras de salvamento das vítimas. O design do produto é bem anatômico, integrando-se bem ao usuário, oferecendo uma liberdade de movimentos para um resgate mais eficiente.

A proposta pode ser a solução em casos de acidentes em locais específicos, como rios em mata fechada, ou em casos de desastres nacionais, como maremotos e tsunamis. Nessas situações, não é possível o deslocamento de lanchas e barcos da Guarda Costeira, e o acesso às vítimas é algo crítico. Nesses casos, quanto menor o veículo envolvido no resgate, maiores são as chances do resgate ser bem sucedido.

O produto, por enquanto, é um conceito que busca investimento. Mas que tem tudo para ser desenvolvido por alguma empresa do setor. É uma questão de tempo.

Via TechFresh

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares