Sistemas Operacionais

23/09/2011 11h17 - Atualizado em 23/09/2011 11h17

Que tal um tablet Android de 23 polegadas?

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

Quem não gostaria de jogar o Ninja Fruit em uma tela grande na sala de sua casa? Pois bem, o que mostramos abaixo é uma adaptação caseira que utiliza uma grande tela touch como tablet. A experiência roda o sistema Android 2.3 (Gingerbread) e teve um custo total de apenas US$ 600.

Ninja Fruit na tela de 23 polegadas (Foto: Reprodução)Ninja Fruit na tela de 23 polegadas (Foto: Reprodução)

Quem realizou a façanha foi o modder Martin Drashkov, que fez um dispositivo, no mínimo, original. Martin detalhou em seu blog todo o processo de confecção do invento. Ele explica que utilizou o Android por considerá-lo o único sistema capaz de ser adaptado para usos que vão além do que temos no mercado atual, devido à abertura para modificações e flexibilidade para adaptações.

Martin lembra como os smartphones e tablets trouxeram um mundo novo para a computação móvel e pessoal, oferecendo uma maior interação do usuário com o software executado. Ele afirma que o próximo passo será a computação pessoal em grandes telas, para uma maior interação com os usuários.

E essa teoria faz sentido. Em vez de usar um tablet ou smartphone para exibir jogos ou aplicativos via cabo HDMI em uma TV com tela de grandes dimensões, integrar o sistema em uma tela grande, com as suas funcionalidades de toque, torna a experiência muito mais completa.

Os gráficos e animações ficam mais suaves, e a sensibilidade do toque na tela durante a execução do Fruit Ninja parece ser excelente. Algumas telas apresentam um pouco de atraso na sua manipulação, mas temos que levar em conta que o projeto ainda está em andamento. Lembrando que a unidade de demonstração, que utiliza peças domésticas, teve custo total inferior a US$ 600.


Via Android Community

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares