Sistemas Operacionais

24/10/2011 14h12 - Atualizado em 24/10/2011 14h17

O que é Windows Phone 7 e por que ter um celular com ele?

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

No dia 20 de outubro, com o lançamento do primeiro modelo da HTC com Windows Phone 7, o Brasil iniciou uma nova fase na oferta de sistemas operacionais móveis. O novo sistema móvel da Microsoft tornou-se mais uma dentre tantas opções de compra para os usuários brasileiros, oferecendo uma nova proposta de uso, com uma interface simples e funcionalidades integradas ao próprio Windows (e os sistemas Microsoft como um todo).

Windows Phone 7 (Foto: Reprodução)Windows Phone 7 (Foto: Reprodução)

Mas como a Microsoft pretende enfrentar sistemas consolidados, como o iOS e o Android? O que levaria um usuário que já está convivendo muito bem com os outros sistemas móveis a adotar algum smartphone com Windows Phone? Por mais que a tarefa pareça bem difícil, é possível que a empresa de Steve Ballmer conquiste uma boa leva de usuários com o seu novo sistema.

Neste artigo, vamos apresentar as principais características dessa nova versão, e alguns pontos que podem fazer com que o Windows Phone 7 transforme-se em sucesso no mercado de dispositivos móveis.

Do começo

A Microsoft faz sistemas operacionais móveis há algum tempo, mas não podemos dizer que a experiência é uma das mais prazerosas. O Windows Mobile ficou marcado por ser lento, cheio de erros e, se comparado às demais possibilidades, atrasado na sua proposta pela maioria dos usuários.

A ideia da Microsoft na época era oferecer ao usuário de smartphones a mesma estrutura e experiência de uso do sistema operacional do desktop. Porém, muitas coisas não ajudavam: hardware limitado, pouca praticidade para uso geral (já que dependia de uma stylus em alguns modelos), dentre vários outros percalços. Com o Windows Phone, a Microsoft muda a sua linha de pensamento, apostando na simplicidade e objetividade para conquistar os usuários.

Com um perfil de hardware robusto para executar o sistema e com uma interface que qualquer pessoa vai identificar com facilidade os recursos e programas, o Windows Phone surge como uma proposta real de terceiro sistema operacional. É um sistema que ainda tem muito a evoluir, mas que já agrada aos usuários que resolveram apostar na nova proposta.

Principais características

Market Place da Microsoft (Foto: Reprodução)MarketPlace da Microsoft (Foto: Reprodução)

O sistema se destaca pelo seu ar minimalista, onde a interface é composta basicamente por widgets, que no caso do Windows Phone, recebem o nome de “hubs”, os "quadrados", que ficam dispostos na tela principal.

O sistema foi pensado para telefones que ficam constantemente conectados, até mais que os outros sistemas. Boa parte dos hubs atuam como atalhos para recursos de internet, como feeds para redes sociais, e-mails e, principalmente, serviços online da Microsoft, como o Hotmail e o Xbox Live.

A grande aposta da Microsoft com o Windows Phone está na sua capacidade de integração com os serviços que os usuários já utilizam no dia-a-dia nos seus computadores Windows (de preferência, o Windows 7), bem como o console Xbox 360. A ideia é que, por meio do telefone, você consiga utilizar e acessar arquivos dessas plataformas sem grandes dificuldades, e quando você precisar ir para o computador ou videogame, as alterações feitas no smartphone já estarão lá.

 


Outra característica do Windows Phone é a sua integração total com recursos do Microsoft Office (Word, Excel, Power Point,...) e com o Hotmail, oferecendo aos usuários a garantia de que tudo funcionará da forma mais prática e simples, toda integrada ao sistema, com recursos universais em todas as plataformas.

A Microsoft também aposta na simplicidade na hora de programar os aplicativos. O kit de desenvolvimento do sistema é gratuito, e qualquer pessoa que tem alguma afinidade com programação (ainda que mínima) pode criar aplicativos simples. Com isso, a empresa espera que a oferta de aplicativos na sua Marketplace aumente de forma considerável, de acordo com o aumento da oferta de smartphones nos principais mercados.

Os parceiros da Microsoft no projeto

A Microsoft segue a mesma receita da Google para expandir a participação do Windows Phone no mercado, fechando vários acordos com fortes parceiros no mercado de telefonia, como a Samsung, LG e HTC; além de garantir um parceiro principal, a Nokia, para ofertar produtos com o seu sistema - assim como fez a Google ao anunciar a intenção de compra da Motorola Mobility.

A Nokia será a principal parceira da Microsoft na oferta de smartphones com Windows Phone. A partir desse mês de outubro, a fabricante finlandesa apresentará os primeiros modelos frutos dessa parceria milionária. Apesar de algumas pessoas acreditarem que a Microsoft não foi a melhor escolha para a Nokia (e muitos desses preferiam ver o Android nos smartphones da empresa), a parceria pode dar certo para os dois lados.

A Nokia precisava de um ar novo nos seus smartphones, oferecendo um sistema remodelado e que fosse pensado do zero para seus telefones com tela de toque. A Microsoft precisava de um parceiro forte para consolidar seu Windows Phone como uma alternativa real entre os sistemas móveis. Nessa equação, a Nokia é perfeita para isso, já que possui uma das maiores fatias do mercado de telefonia móvel do mundo.

Os modelos já estão chegando no mercado. A HTC anunciou um novo modelo com Windows Phone 7 no dia 20 de outubro, aqui no Brasil (o HTC Ultimate). A Nokia vai apresentar os primeiros aparelhos com o sistema da Microsoft no dia 26 de outubro. Em novembro, lançamentos da LG e Samsung são prometidos - e alguns desses lançamentos devem chegar às prateleiras brasileiras até o final do ano, ganhando mais volume a partir de 2012.

Por que você deve comprar um smartphone com Windows Phone?

Windows Phone 7 (Foto: Divulgação)Windows Phone 7 (Foto: Divulgação)

Para os usuários que nunca mexeram em um smartphone na vida, o Windows Phone pode ser uma excelente opção. O sistema operacional da Microsoft é simples, rápido e objetivo. Não que o Android e o iOS não sejam, já que todos utilizam o mesmo sistema de toques na tela e identificação visual (por ícones ou widgets) para aplicativos e recursos. Porém, o Windows Phone tende a ser mais direto e objetivo com os seus hubs.

Além disso, os hubs ficam ativos o tempo todo na tela do sistema, mostrando as suas atividades correspondentes (ex: o hub de e-mails mostra a quantidade de e-mails não lidos; já o do "Messaging" reúne as mensagens do MSN, SMSs e Facebook não lidos; o hub de fotos cria pequenas galerias com suas fotos;...). Isso cria um maior poder de interação que um simples ícone de sistema, tornando o seu uso mais objetivo.

A proposta está com tanto prestígio com a Microsoft que a empresa exportou essa mesma interface de uso para o Xbox 360 (que, em uma atualização futura, estará 100% integrado aos hubs) e para o Windows 8, com sua interface Metro totalmente inspirada no Windows Phone. A novidade, em breve, integrará o conceito de hubs tanto nos desktops quanto nos tablets.

Com isso, chegamos ao segundo motivo: integração. A ideia da Microsoft é que, no futuro, os usuários possam usufruir da mesma experiência de uso em todos os dispositivos que a empresa oferece, tornando o uso desses dispositivos algo mais amigável para um número cada vez maior de pessoas.

Uma lição que a Apple passou para o mercado com dispositivos como o iPhone e o iPad é que, além de performance, desempenho e grande gama de recursos, os usuários querem uma experiência de uso simples e universal, com tudo interligado e integrado. Isso não só ajuda os usuários atuais, mas também faz com que o sistema conquiste novos usuários: os que vão experimentar um produto desse tipo pela primeira vez. É esse novo público que a Microsoft quer conquistar.

Outro motivo: para os usuários que já usam os serviços da Microsoft, como o Xbox Live, o Hotmail, pacote Office, MSN e até o Internet Explorer; o Windows Phone será a opção perfeita, pois o sistema já vem ajustado para que os recursos sejam utilizados de forma perfeita com esses serviços. A tendência é que, no futuro, outros recursos bem interessantes (principalmente o Skype, o MSN, o Bing, e o Internet Explorer) entejam cada vez mais integrados ao seu telefone.

Por fim, o Windows Phone é recomendado para aqueles que querem explorar uma nova proposta de sistema operacional móvel. O sistema deixa o smartphone ainda mais prático para os usuários, aproximando a tecnologia daqueles que não possuem tanta familiaridade com os recursos avançados de personalização do Android, ou daqueles que não querem ficar presos à proposta do iOS.

O Brasil começa a receber, a partir de agora, os novos smartphones com esse novo sistema, e a expectativa é de que a competição seja bem interessante. Só o tempo vai dizer se o Windows Phone vai se consolidar como o terceiro sistema operacional móvel do mercado. Ainda assim, o sistema certamente é um dos lançamentos mais aguardados pelos fãs de dispositivos mobile. Felizmente, para nós, a espera chegou ao fim.

.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Mário Santos
    2011-11-08T22:17:35

    PARCERIA DE 1 MUNDO SE CHAMA NOKIA+MICROSOFT ... NADA DE ANDROIDDEBYLOID ...

  • Carlos Andre
    2011-11-08T09:44:45

    Sem Flash? quero não.

  • Antonio Souza
    2011-11-07T14:54:41

    Parece ser um ótimo dispositivo, mas acho que não vou mudar meu Samsung não. Estou de bem com os produtos da Samsung e o Android. Mas, não vou criticar nada (e nem tem porque), pois o sistema parece ser muito bom. Mas, por enquanto o Android e o iOS tem muitos aplicativos bons que já acostumei a usar e não estou tendo nenhum problema. Então pra que mudar? Mas, vale como concorrente de peso que vai ajudar a abaixar mais os preços dos Smartphone.

  • Leonardo Silva
    2011-11-06T19:55:45

    agora me deu uma puta duvida iphone 4 ou windows phone?

  • Deivid Oliveira
    2011-11-03T13:02:33

    pensei que a puxação de saco fosse apenas para o XBOX mas vi que é para todos os produtos da microsoft mesmo...interessante

  • Paulo Silva
    2011-11-02T08:41:54

    KERO UM

  • Jamerson Reis
    2011-10-29T17:01:33

    Querem saber, acho que os melhores lançamentos da Nokia até agora foram os novos Nokia Asha. Eles têm funções bem aprimoradas dos s40 anteriores e são dual chip. Sem dúvida um Nokia Asha será o meu próximo telefone móvel..

  • Sylvio Pascolato
    2011-10-28T23:59:43

    Se atualizarem e manterem o sistema sempre atualizado, tem chance. Estou cansado do android, nunca teve atualizações, depois que atualizei por conta propria, reinicia sozinha, esquenta, toca e nao consigo atender... enfim, se wfonw funcionar, vou usar com certeza.

  • Bruno Nunes
    2011-10-28T15:32:33

    mto bom!!! pra quem não tem, vai na loja da vivo e usa. É perfeito!

  • Leonardo Dias
    2011-10-26T09:07:54

    Uma porcaria, windows para dispositivos móveis, nunca mais...

  • Wanderci Quintannilha
    2011-10-25T20:52:36

    estou aguardando o lançamento do Nokia com este SO

  • Samuel Franco
    2011-10-25T11:08:51

    achei interessante esse SO,gostaria de testá-lo!

  • Leonardo Belens
    2011-10-27T09:20:52

    kero e ñ kero ao mesmo tempo. windows phone 6 começa bem e termina mal.. como será o 7?

  • Rafael Simonelli
    2011-10-26T22:03:36

    Windows Phone: Todo o prazer da tela azul mais famosa do mundo, agora em dispositivos móveis.

  • Estevam Alves
    2011-10-26T13:51:26

    Parece uma nova proposta, eu pessoalmente não largo o meu Android d jeito nenhum, acho q o diferencial é a interação com o pc. Agora uma coisa não ficou clara: "os hubs ficam ativos o tempo todo na tela do sistema, mostrando as suas atividades correspondentes " E qual widget do android não fica ativo o tempo td? o gmai, sms.... tds eles ficam o tempo td ativos mostrando se tem algo novo...meio estranho esse parágrafo...