Sistemas Operacionais

31/01/2012 13h45 - Atualizado em 31/01/2012 13h45

Entenda as diferenças entre as versões do Ubuntu

Gustavo Ats
por
Para o TechTudo

Uma das vantagens do Linux é ser um sistema livre, que pode ser adaptado para qualquer usuário e ter qualquer utilidade. Justamente por ser tão fácil de adaptar, o Linux possui alguns efeitos colaterais e o principal deles está na quantidade de distribuições diferentes que acabam confundindo o usuário.

Com a vertente mais utilizada do Linux, o Ubuntu, não é diferente. O sistema da Canonical tem versões para uso pessoal, uso educacional, servidores, netbooks divididos em várias outras denominações como Kubuntu, Edubuntu, Lubuntu e outros, então, para desmistificar esse mundo o TechTudo preparou este artigo.

O Ubuntu é um sistema para desktop amigável e fácil de usar, grátis, com suporte profissional e uma das maiores comunidades Linux do mundo. O sistema da Canonical é ideal para quem está iniciando no mundo do Linux.

Ubuntu (Foto: Reprodução)Ubuntu (Foto: Reprodução)

Atualmente o Ubuntu utiliza a Interface Unity como padrão. Isso agradou muitos usuários, mas muitos não gostaram da modificação e preferiram voltar para o padrão do Gnome. Se você também não gostou do Unity, pode aprender como voltar para o padrão do Gnome neste tutorial.

O Ubuntu vem com vários programas já instalados, como o LibreOffice, Firefox, Cliente de Mensagens Instantâneas,  entre outros. Ao contrário do Windows, basta instalar e começar a utilizar. Requisitos mínimos: Pentium IV 1GHZ, 512MB de RAM e 5GB de espaço livre em disco.

O Lubuntu é uma variante do Ubuntu mais leve, com menos fome de recursos e mais eficientes em termos energéticos usando aplicativos leves e LXDE como interface gráfica padrão.

Lubuntu ou Light Ubuntu (Foto: Reprodução)Lubuntu ou Light Ubuntu (Foto: Reprodução)

Lubuntu é direcionado ao usuário comum que utiliza netbooks e computadores com baixo desempenho. Esses usuários podem não saber como usar ferramentas de linha de comando, e na maioria dos casos, eles simplesmente não têm recursos suficientes para rodar todos os efeitos visuais ou conhecimento para utilizar todos os recursos de distribuições mainstream. Requisitos mínimos: Pentium II com 128MB de memória RAM.

O Kubuntu é apenas uma versão do Ubuntu que utiliza a Interface KDE ao invés do Gnome ou do Unity. Ela é voltada para pessoas que tem problemas com o Gnome/Unity ou que preferem o KDE como Interface gráfica padrão.

Kubuntu (Foto: Reprodução)Kubuntu (Foto: Reprodução)

Os programas padrão do Kubuntu são feitos especialmente para o KDE, por exemplo, o navegador de Internet Konqueror e o media player Amarok. Requisitos mínimos: Pentium IV 1GHZ, 512MB de RAM e 5GB de espaço livre em disco.

Xubuntu utiliza gerenciador de janelas XFCE, que por ser mais leve que o GNOME e o KDE, pode rodar facilmente em computadores com pouca memória RAM e capacidade de processamento.

Xubuntu (Foto: Reprodução)Xubuntu (Foto: Reprodução)

Embora não seja tão leve quanto o Lubuntu, o Xubuntu pode ser uma boa opção para netbooks com mais de 512 MB de RAM. Requisitos mínimos : 512 MB de RAM.

O Ubuntu Studio é uma versão modificada do Ubuntu para edição multimídia. Amodificações começam no Kernel (núcleo do sistema) que é adaptado para ter um melhor acesso a placas de som e placas de vídeo, otimizando o uso de programas de edição de imagem, som, vídeo e modelagem 3D.

Ubuntu Studio (Foto: Reprodução)Ubuntu Studio (Foto: Reprodução)

Esta versão já vem com vários programas de edição instalados, como o Blender (modelagem 3D), O Gimp (editor de imagens) e o Audacity (Editor de áudio). Requisitos mínimos: Pentium IV 1GHZ, 512MB de RAM e 5GB de espaço livre em disco. Recomenda-se placa de vídeo 3D.

Mythbuntu é uma variação do Ubuntu centrada na criação de um sistema de reprodução de vídeos.  Usa o Xfce como gerenciador de janelas para deixar o máximo de RAM e processador da máquina disponível para os vídeos. Além de tocar vídeo, o MythTV também pode gravar conteúdo, se o computador tiver placas de captura instaladas.

Mythbuntu (Foto: Reprodução)Mythbuntu (Foto: Reprodução)

O sistema Mythbuntu também pode funcionar como um servidor de streaming para o conteúdo armazenado, já que vários programas e dispositivos de vídeo podem se conectar a uma instalação do MythTV. Requisitos mínimos: 1GB de memória, processador Pentium IV ou superior.

O Edubuntu é uma versão do Ubuntu voltada para o ambiente escolar. A principal diferença entre ele e o Ubuntu está nos programas pré-instalados. Além dos programas padrão do Ubuntu, ele inclui uma grande quantidade de programas para todas as fases escolares, da pré-escola até o ensino superior.

Edubuntu (Foto: Reprodução)Edubuntu (Foto: Reprodução)

Além disso, é possível configurar o Edubuntu para funcionar como servidor de boot para terminais burros, o que é ideal para telecentros e outras instituições de ensino. Requisitos mínimos: 1 GB de RAM, 15 GB de espaço no HD e processador Pentium IV ou superior.

O Ubuntu Server é voltado para servidores. Ele não possui interface gráfica e possui uma grande quantidade de programas voltados para a administração de servidores.

Os usos do Ubuntu Server variam entre um simples compartilhamento de Internet num condomínio, com proxy, cachê e controle de banda até no uso como um servidor de páginas de internet. Requisitos mínimos: Depende da aplicação desejada.

O Ubuntu Rescue Remix é voltada para a recuperação de dados perdidos no computador, para peritos criminais e especialistas em computação que precisam utilizar funções de recuperação de arquivos.

Aí estão as principais versões do Ubuntu para você escolher. Qual você prefere? Opine em nosso fórum.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Ricardo Costa
    2017-05-30T20:50:19

    Agaragã

  • Bruno Sudré
    2016-06-07T21:10:17

    Achei eçe Xubuntu maravilhoso

  • Bruno Moraes
    2012-02-02T13:34:43

    Sensacional a matéria. Parabéns.