31/03/2012 13h09 - Atualizado em 24/05/2013 10h46

Desencontro 2012: colocando as mídias sociais no holofote

Nick Ellis
por
Do Desencontro 2012
Desencontro 2012 (Foto: Divulgação)Desencontro 2012 (Foto: Divulgação)

Hoje é o último dia do Desencontro, maior evento de mídias sociais do Nordeste do Brasil, aqui no Hotel Vila Galé, em Fortaleza. O evento começou na quinta e conta com a presença de 60 palestrantes e um público de 3000 pessoas, que veio de várias partes do Brasil para acompanhar o papo sobre mídias sociais com a presença de vários especialistas no assunto.

O organizador do Desencontro 2012 é o blogueiro e empresário Emerson Damasceno, que tem como o objetivo principal mostrar como as mídias sociais estão mudando o nosso país (e o mundo), e quais são os benefícios que elas podem nos trazer. A curadoria do evento é de Alexandre Inagaki (Pensar Enlouquece), que me convidou para moderar um painel sobre o futuro das mídias sociais que acontece hoje de tarde.

Cheguei ontem ao evento e tive a chance de ver algumas palestras bem interessantes, mesmo tendo perdido o primeiro dia de evento. A primeira que assisti foi “Redes Sociais em tempos de superexposição pessoal”, um tema é muito interessante e importante, além de atual. A palestra foi moderada por Alex Primo, e teve a presença da nossa conhecida Pietra Príncipe, Ana De Cesaro e Mari Graciolli (Papo VIP).

Logo depois corri para o segundo palco, onde assisti ao painel sobre “Gastronomia 2.0”, que analisou a presença da gastronomia na Internet, e como as redes sociais podem influenciar o assunto, não apenas na divulgação de restaurantes, mas também como críticos de produtos e serviços. Um dos temas mais quentes do debate são os restaurantes que processam blogueiros por comentários e críticas. O painel foi moderado por Ricardo Cobra Martinez (Homem na Cozinha) e teve a presença de Guilherme Nunes, Alexandre Franzolim e Izakeline Ribeiro.

Voltei ao palco principal para acompanhar o papo “Existe algo de novo sob o sol da Internet?”, moderado por Rosana Hermann com a participação de Fernando Fontanella (UNICAP), Marcel Dias (Byte que Eu Gosto), Rafael Pena, Guilherme Valadares (Papo de Homem). O painel mostrou a importância de se criar conteúdo original em tempos de remakes, retweets, mashups e memes, citando a famosa Lei de Lavoisier: “nada se cria, tudo se transforma”.

Fechando o dia, o momento foi de muitos risos, com a presença da equipe de humor Parafernalha, liderada por Felipe Neto e Leo Luz. Eles contaram vários detalhes de como criam seu conteúdo humorístico para a web, com vlogs, sketches em vídeo, tirinhas, criação de memes e muito mais.

Agora vocês me dão licença pois estou indo correndo acompanhar outras palestras do Desencontro, pois depois de amanhã, só ano que vem!  

Atualização: veja como foi o terceiro e último dia do evento

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Deco
    2012-04-03T07:07:55

    Poxa, fiquei com vontade depois de ter lido. O jeito é esperar o próximo.