TechTudo

23/04/2012 19h25 - Atualizado em 23/04/2012 19h25

Dez usos do Google Earth que fizeram bem ao mundo

Thiago Barros Para o TechTudo

Logo do serviço. (Foto: Reprodução)Logo do serviço. (Foto: Reprodução)

A tecnologia usada hoje no Google Earth só foi adquirida pelo Google porque os engenheiros da empresa acreditavam que estavam diante de um potencial super videogame. No entanto, o serviço se tornou muito mais importante do que isso. O produto pode ser um auxiliar e tanto para diversas causas com preocupações sociais e ambientais.

E o site Mashable realizou uma pesquisa para mostrar dez utilizações da ferramenta que foram bastante úteis para diversas causas nobres. Duas delas são brasileiras, ambas relacionadas à Floresta Amazônica.

Confira a lista abaixo:

Floresta Amazônica

Uma organização não governamental da Amazônia solicitou ao time do Google Street View para rastrear a comunidade local e capturar imagens do Rio Amazonas e da Floresta Amazônica para permitir que pessoas de fora vissem as suas belezas e parassem de tentar invadir a região.

Tribo Surui

Uma tribo da Floresta Amazônica utilizou o serviço do Google para monitorar o desmatamento no local, com a ajuda de celulares Androids. O grupo monitora o estoque de carbono nas florestas locais.

Instituto Jane Goodall

O Instituto Jane Goodall, da África, trabalha para preservar animais no lucal e utilizou o Google Earth para mapear o desaparecimento de habitats naturais em países como Uganda e Tanzânia.

Appalachian Voices

Uma ONG chamada Appalachian Voices, da Carolina do Norte, usou o Google Earth para ilustrar a escala de destruição das montanhas locais por conta da exploração mineral. O vídeo, de quatro minutos, tem mais de 21 mil views no YouTube.

Movimento Cinturão Verde

O Movimento Cinturão Verde usou o Earth para mapear projetos de plantação no Quênia. O trabalho com os vegetais vinha sendo feito para lutar contra o aquecimento global, porém estava sendo prejudicado por pessoas mal intencionadas.

Urbanização na China

O programa ambiental da Organização das Nações Unidas (ONU) também já usou o Earth. Foi na urbanização da cidade de Shenzhen, na China, que virou uma megalópole nos últimos 25 anos. O grupo criou um mapa comparando as mudanças drásticas que a cidade sofreu neste período e o impacto ambiental causado por elas no local.

ONU no Aral

A ONU também utilizou o Earth no Aral. A dramática redução do mar no local, que fica no centro da Ásia, por conta da irrigação e dos problemas de distribuição de água, problema que toma conta do local desde os anos 60. O mar tem agora um quarto do tamanho que possuia há 50 anos.

Memorial ao Holacausto

O Memorial ao Holocausto, nos Estados Unidos, usou o Google Earth para expor a crise do genocídio em Darfur, que foi um dos maiores crimes contra a humanidade nos últimos anos. O mapa mostra testemunhas, depoimentos e fotos de vilas queimadas e das situações dos refugiados.

Salve Redwood

Na Califórnia, um grupo utilizou o Google Earth para a campanha “Save the Redwoods League”. A ideia da campanha era demonstrar a importância da floresta da Califórnia para a região.

Enciclopédia da Vida

A Enciclopédia da Vida criou um mapa do Google Earth para conscientizar as pessoas da importância da vida marinha. O problema em questão é uma variação das algas assassinas, que são uma grande ameaça aos animais aquáticos. 

Via Mashable

  • imprimir
  • Compartilhar no Orkut
  • Enviar para um Amigo
140 caracteres

Verificação de segurança

Gênero


    TechTudo.com.br © Copyright 2010-2014 Globo Comunicação e Participações S.A. Política de Privacidade