Sistemas Operacionais

06/06/2012 16h18 - Atualizado em 06/06/2012 16h18

Galaxy S III: primeiras impressões

André Fogaça
por
Para o TechTudo

A Samsung aproveitou a noite desta terça-feira (05) para apresentar aos brasileiros o smartphone Galaxy S III, em um evento fechado a jornalistas e blogueiros. O aparelho será vendido por R$ 2.099, e chegará às operadoras a partir do dia 11, próxima segunda-feira.

Samsung Galaxy S III (Foto: André Fogaça/TechTudo)Samsung Galaxy S III (Foto: André Fogaça/TechTudo)

Ao segurar o aparelho, a sensação que se tem é quase a mesma de manusear um Galaxy Note, com suas pomposas cinco polegadas. O smartphone é grande demais até para pessoas de alta estatura. No geral, é difícil controlar e interagir com toda a tela com apenas a mão que você segura o celular.

O sistema operacional se move rapidamente, e nada trava nele. Isso se deve ao chip com processador de quatro núcleos, e ao trabalho que a Samsung fez com o Android para deixá-lo com a cara que os sul-coreanos estavam buscando.

No modelo brasileiro, notamos um problema bem grande: ele vem sem o S Voice, recurso que foi debatido como o melhor concorrente do Siri, do iPhone 4S. Segundo a própria Samsung, esta ferramenta não acompanhará - mesmo que em outros idiomas - os aparelhos vendidos por aqui. A previsão é de que até o segundo semestre, apenas, a empresa inclua o suporte para o nosso idioma e libere a ferramenta a todos os proprietários brasileiros.

Samsung Galaxy S III (Foto: André Fogaça/TechTudo)Samsung Galaxy S III (Foto: André Fogaça/TechTudo)

A câmera é realmente rápida, capaz de registrar e salvar 20 fotos em apenas poucos segundos. A qualidade dos arquivos salvos saltou aos olhos dos presentes, dando um belo exemplo do quanto a empresa aprimorou esta funcionalidade em seu Android (a câmera do Galaxy S III se mostrou melhor até que os Xperia da Sony, com sua tecnologia das câmeras Cybershot).

No Brasil, será vendido apenas o modelo de 16 GB, nas cores branco e grafite (que é a mesma azul escura vendida lá fora, só que com outro nome). A montagem e fabricação será  feita aqui mesmo, na cidade paulista de Campinas, mas depois que as primeiras unidades forem vendidas, a produção deve seguir para Manaus.


O valor sugerido para o aparelho é bem salgado: R$ 2.099, sem passar por descontos nas operadoras. O valor é muito acima do seu principal concorrente, o iPhone 4S, que hoje já pode ser encontrado por R$ 1.800 sem planos.

A data oficial de lançamento no Brasil está marcada para o dia 11 de junho, só que em São Paulo o aparelho será comercializado por todas operadoras a partir desta quarta-feira (06), em suas lojas do Morumbi Shopping, na zona sul da capital paulista.

Agora diga você: o que achou do aparelho? Decepcionado por não vir com o S Voice? Pretende comprá-lo assim mesmo? Compartilhe a sua opinião conosco nos comentários.