30/08/2012 14h43 - Atualizado em 30/08/2012 14h43

Galaxy Note 2: o que mudou e por que ele é melhor que o Galaxy S3

Rafael Jandre
por
Para o TechTudo

A Samsung apresentou oficialmente o Galaxy Note 2 na última quarta-feira (29), durante a sua conferência na IFA 2012, em Berlim. No evento, o presidente da divisão mobile da gigante sul-coreana, JK Shin, afirmou que o aparelho é “mais poderoso que o Galaxy S3”. Mas será verdade? Passada a empolgação da chegada do novo foblet, vamos analisar suas especificações e compará-lo ao seu antecessor e também ao seu irmão menor, o Galaxy S3.

Embate entre os três mais poderosos da Samsung (Foto: Reprodução)Embate entre os três mais poderosos da Samsung: Galaxy Note, Galaxy Note 2 e Galaxy S3 (Foto: Reprodução)

Hardware

O diferencial da linha Note continua sendo sua tela, que nesta nova versão cresceu para 5,5 polegadas. O original possui 5,3 polegadas, enquanto o Galaxy S3 tem 4,8. O display utiliza a mesma tecnologia dos seus irmãos mais velhos, a Super Amoled HD com 720p de resolução, porém com densidade de pixels menor: 267 ppi. O Note original possui 285 ppi e o S3 306 ppi. Isso, no entanto, praticamente não faz diferença a olho nu.

Super Amoled HD está presente nos três modelos (Foto: Reprodução)Super Amoled HD está presente nos três modelos: Galaxy Note, Note 2 e S3 (Foto: Reprodução)

O processador sofreu um upgrade em relação ao modelo original, que utiliza o Exynos dual-core de 1,4 Ghz. O novo Galaxy Note recebeu o mesmo processador Exynos quad-core do S3, porém operando a 1,6 Ghz, contra 1,4 Ghz do irmão menor. A memória RAM também foi aumentada, passando para 2 GB no Note 2. O primeiro Note e o S3 possuem 1 GB cada.

Já a capacidade de armazenamento interno aumentou para 64 GB no Note 2, quando o aparelho original tinha o limite de 32 GB. O foblet agora também será vendido em três versões, tal como o S3: 16, 32 e 64 GB. O suporte a memory cards microSD foi outro item no qual o Note 2 se igualou ao S3 e superou o original. Agora o smartphone trabalha com cartões de até 64 GB, contra 32 GB do antecessor.

Note 2, transmissão de dados de alta velocidade, a 41.1 Mbit/s (Foto: Reprodução)Galaxy Note 2 tem transmissão de dados a 41.1
Mbit/s (Foto: Reprodução)

No quesito velocidade de transmissão de dados (HSPA +), o Note 2 dobrou a capacidade quando comparado ao S3 e ao Note 1. O novo aparelho agora consegue trabalhar a 42.2 Mbits/s, contra 21.1 Mbit/s dos modelos anteriores.

Todas estas melhorias, no entanto, demandam uma quantidade de energia maior. Mas a Samsung não deixou por menos, e implantou uma bateria de 3100 mAh. Para efeitos comparativos, é o dobro da capacidade da bateria do iPhone 4S. Quando comparado aos irmãos mais velhos, o aumento também foi significativo: o S3 e o Note possuem baterias de 2100 e 2500 mAh, respectivamente.

Mesmo com todas estas melhorias no seu hardware, o Note 2 conseguiu uma redução na sua espessura, passando para 9,4 milímetros. Um ganho de 0,3 quando comparado ao seu antecessor, que possui 9,7 milímetros. Porém, ele continua mais “gordinho” que o Galaxy S3 e seus elegantes 8,6 milímetros de espessura.

Além disso, enquanto o design do Galaxy Note original teve como base o Galaxy S2, o novo Note é baseado no S3, com linhas mais finas, arredondadas e delicadas. As cores também são diferentes, e o aparelho estará disponível nos tons branco e cinza.

Caneta S Pen

A caneta S Pen também passou por modificações. Está maior e mais fina comparada com a original. A caneta tátil agora possui 1024 níveis de sensibilidade ao toque, um aumento monstruoso se comparado aos meros 256 níveis da original. Porém as maiores modificações estão no software.

A interação com a caneta ganhou diversas melhorias, com destaque para o Air View e o Popup Note. O Air View exibe uma pequena janela de pré-visualização das pastas ao aproximar a caneta do display, e isto ocorre para aplicativos como galeria de fotos, vídeos ou e-mails. Já o Popup Note possibilita ao usuário criar notas escritas durante a execução de um aplicativo, uma ligação ou um vídeo, sem precisar fechá-lo.

A S Pen possui novos recursos (Foto: Reprodução)A caneta S Pen do Galaxy Note 2 possui novos recursos (Foto: Reprodução)

 

Software

Olhando como um todo, o Galaxy Note 2 é uma melhoria agradável em comparação com o primeiro Note, pois a Samsung reconstruiu quase todos os elementos do dispositivo. Além do fato de que ele sairá de fábrica com o Android 4.1 Jelly Bean e com a nova interface TouchWiz UX.

Mas as mudanças não se resumem somente à nova versão do sistema operacional. Novos recursos direcionados a execução de multi-tarefas foram implementados. Estão lá também o assistente virtual S Voice - o "Siri da Samsung" - e o Smart Stay, que detecta a presença do usuário e ativa ou desativa a tela automaticamente. Além disso, a caneta S Pen agora é capaz de um novo gesto chamado Comando Rápido, que possibilita ativar com maior praticidade os apps usados ​​com maior frequência.

Mais poderoso, porém diferente (Foto: Reprodução)O Note 2 é mais poderoso que o Galaxy S3, mas é um aparelho diferente (Foto: Reprodução)

O Galaxy Note 2 é efetivamente mais poderoso do que o Galaxy S3, porém seu tamanho não é considerado prático para ser usado como celular, o que pode ser considerado um grande ponto fraco. Além disso, como o aparelho pertece ao segmento dos foblets - híbrido de tablet com smartphone -, a comparação entre os dois novos modelos da Samsung é de certa forma injusta. Em linhas gerais, o Galaxy S3 continua sendo "o melhor smartphone do mundo", e o Note 2, ao que parece, deve se tornar o "melhor tablet-smartphone".

  • imprimir