06/08/2012 09h15 - Atualizado em 21/10/2013 11h00

O que são fotografias superexpostas e subexpostas?

Mariana Coutinho
por
Para o TechTudo

Certamente você já tirou uma foto que ficou clara demais ou escura demais e por isso não ficou boa. Isso depende da quantidade de luz a que uma fotografia é exposta. Se ela é exposta a muita luz e fica muito clara, dizemos que foi superexposta. Se, ao contrário, a foto é exposta a pouca luz e por isso fica escura, dizemos que ela foi subexposta.

Confira também as dicas de como fazer montagem de fotos online

Foto superexposta e subexposta (Foto: Mariana Coutinho)Foto superexposta e foto subexposta. Fotografias tiradas na praia de Icaraí, em Niterói, no mesmo ponto e no mesmo horário (Foto: Mariana Coutinho)

A fotografia é extremamente dependente da luz.  Os raios luminosos são captados pela lente da câmera e ficam gravados na superfície fotossensível (o sensor ou o filme). A abertura do diafragma determina a quantidade de luz captada. Quanto maior a abertura, mais luz será captada e vice-versa. A velocidade do obturador controla o tempo que a foto ficará exposta aos raios luminosos. Quanto mais tempo, mais clara a imagem. Assim, a exposição depende desses dois fatores: a velocidade do obturador e a abertura do diafragma .

Quando uma foto é superexposta, vários pontos da imagem ficam “estourados”, ou seja, ficam brancos e sem informação. Enquanto em uma foto subexposta, muitos pontos ficam pretos, sem informação da mesma forma.  

A super e a subexposição, no entanto, nem sempre são um erro. Os fotógrafos profissionais usam esses efeitos a seu favor. Assim, eles aproveitam o excesso ou a falta de luz para destacar aspectos das imagens que lhes sejam convenientes.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Felipe Corrêa
    2012-08-07T09:15:22

    Mariana, acho que vale esclarecer mais um ponto aqui. Ok, as pessoas entenderão mais ou menos do que se trata, até pelo fato de você ter explicado o que é obturador e diafragma, mas seria muito legal explicar como melhorar/solucionar isso, caso esse efeito não seja proposital. Por exemplo, explicar que em câmeras com opção de ajuste manual o fotógrafo pode encontrar o meio-termo na exposição de luz, enquanto em câmeras estritamente automáticas (maioria no mundo) esse resultado pode ser um pouco mais difícil, já que ela pode ajustar a iluminação a partir de um ponto que não o principal da foto.