TechTudo

08/08/2012 09h45 - Atualizado em 08/08/2012 13h53

Veja dicas para fazer fotos de alimentos de dar água na boca

Luiza Junqueira
por
Para o TechTudo

Hoje em dia todo mundo está compartilhando fotografias de comidas por toda a Internet. Seja com uma câmera compacta, uma DSLR ou mesmo com o celular, fotografar o prato é tão gostoso quanto comê-lo. Caso você não tenha a pretensão de se tornar um especialista e mesmo assim queira melhorar as fotos dos seus pratos, confira as nossas dicas!

Fotografia de comida não é tão simples quanto parece. É muito comum vermos fotos feias de pratos gostosos, ou até fotos bonitas de pratos exóticos. O importante em uma boa fotografia de comida é fazer com que o prato, seja ele qual for, pareça apetitoso.

Luz

Muita luz! Uma boa fotografia de alimento é sempre bem iluminada, com todos os detalhes do prato corretamente expostos.

Fotógrafos profissionais de comida, quando trabalham em estúdio, costumam usar grandes fontes de luz branca, equipadas com difusores, para mimetizar a luz natural. Sendo assim, se você não tiver todo esse aparato, a melhor opção é fotografar de dia, perto de uma grande janela. Certifique-se de que seu flash esteja desligado.

Usando a janela como fonte de luz (Foto: Reprodução)Usando a janela como fonte de luz (Foto: Reprodução)

Uma boa dica é usar um rebatedor para distribuir melhor a luz no prato. Qualquer superfície branca serve como rebatedor. Na foto abaixo, foi usada uma cartolina para rebater a luz vinda da janela, eliminando sombras muito duras.

Rebatendo a luz com cartolina (Foto: Reprodução)Rebatendo a luz com cartolina (Foto: Reprodução)

Como a luz do dia tem uma temperatura de cor muito alta (é muito azulada), é preciso ficar atento para o balanço de branco na sua câmera para que o seu prato não fique com uma coloração diferente da que ele tem de fato. Normalmente as câmeras de hoje em dia possuem os ajustes do balanço de branco adequados para cada condição de iluminação (natural, tungstênio, fluorescente).

Tente evitar ao máximo o uso do flash ao fotografar seus pratos, mesmo se você estiver em algum ambiente escuro como um restaurante. Para evitar que a sua foto fique escura, tente estabilizar a câmera de alguma forma (apoiando em um copo, por exemplo). Dessa forma, você poderá diminuir bem a velocidade do diafragma, fazendo com que sua foto fique corretamente exposta sem ficar tremida.

Enquadramento

Enquadrando de cima para baixo (Foto: Reprodução)Enquadrando de cima para baixo
(Foto: Reprodução)

Há várias formas de se enquadrar adequadamente uma fotografia de comida. Depende do que você quer mostrar. Geralmente, a maior parte dos pratos fica boa quando enquadrada de cima para baixo, em um ângulo de 45º. Esse enquadramento simula a visão de alguém sentado em frente ao prato.

Outra forma que funciona é enquadrar o prato na altura do mesmo, aproximando o máximo que o foco da câmera permitir. Esse enquadramento permite que sejam mostrados todos os detalhes do alimento além de tornar o prato mais "majestoso". Essa técnica funciona bem com alimentos simples (frutas, legumes) ou com pratos em que se queira mostrar os ingredientes que foram usados (massas, sanduíches, bolos recheados).

Bolo detalhe (Foto: Reprodução)Bolo detalhe (Foto: Reprodução)

Profundidade de campo

Geralmente as fotografias de comida ficam melhores com uma menor profundidade de campo. Isso significa que o foco é muito preciso, tudo o que estiver mais a frente ou mais atrás fica borrado. Em uma fotografia de alimento, esse efeito ajuda a tirar a atenção do fundo, priorizando apenas o assunto principal.

Para conseguir esse efeito, basta abrir o diafragma o máximo que a câmera permitir. Câmeras compactas sem ajustes manuais possuem a opção Macro (geralmente ilustrada com uma florzinha), que também produz o mesmo efeito.

Composição

A composição é sempre importante em qualquer tipo de fotografia. Na fotografia de gastronomia, a composição tem que ser muito bem pensada. Você pode optar pelo mais certo: compor apenas com a comida, deixando aparecer o menor número de objetos possível. É quase impossível errar com esse tipo de enquadramento.

Mas alguns pratos ficam estranhos se não tiverem alguns objetos para compor. Peças de carnes são exemplos de pratos que pedem uma composição mais cuidadosa para que a fotografia fique mais atraente. Se esse for o caso; componha com tábuas, facas, utensílios ou até frutas e legumes.

Composição cuidadosa para peça de carne (Foto: Reprodução)Composição cuidadosa para peça de carne (Foto: Reprodução)

Independente da composição, da luz, do enquadramento, da profundidade de campo ou da câmera que você estiver usando, uma boa fotografia de comida tem que dar fome acima de tudo.

Foto pronta? Veja dicas para editar a imagem no Photoshop!

  • imprimir
Seja o primeiro a comentar


Imagem do usuário
Sair

Quer realmente sair da globo.com?

Imagem do usuário

recentes

populares

  • Lidia Santos
    2013-08-17T18:12:06

    Realemnte,deu até água na boca

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário