29/05/2013 11h53 - Atualizado em 14/04/2014 10h26

Saiba o que pode ser feito em um roteador com DD-WRT

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

Depois de instalar o DD-WRT em seu roteador, é hora de descobrir o que ele pode oferecer. E para ajudar, o TechTudo preparou esse tutorial pelas para entender as opções do sistema que podem ser importantes para o usuário, acompanhe.

Qual o endereço IP do roteador TP-Link? (Foto: Qual o endereço IP do roteador TP-Link?)Roteador TP-Link (Foto: Divulgação)

O usuário notará que alguns dos recursos listados estão disponíveis em roteadores existentes e que não executam o DD-WRT. Entretanto, ainda que a função já esteja presente no firmware padrão do roteador, o DD-WRT sempre expande essas funcionalidades, o que justifica a instalação dele no roteador.

Na verdade, os recursos mostrados abaixo apenas arranham a superfície do que você pode fazer com o DD-WRT, pois ele tem diversas possibilidades. Ciente disso, vejamos o que pode ser feito com o sistema.

Mudar o canal da rede sem fio para evitar interferências

O DD-WRT oferece algumas maneiras de melhorar seu sinal wireless. A primeira tarefa a ser feita é descobrir qual é o melhor canal para a sua rede sem fio, o que pode ser feito usando um aplicativo para escanear redes como o Netstumbler.

Com um programa desses é possível ver quais canais estão sendo ocupados pelos roteadores e então escolher um canal que não esteja sendo usado e que fique distante dos usados nas redes sem fio próximas, para que ele não sofra nenhum tipo de interferência. Depois, é só mudar o canal no DD-WRT, fazendo o seguinte:

Passo 1. Execute um navegador em um computador com acesso ao roteador que o DD-WRT está instalado. Digite o endereço de IP de acesso do roteador e tecle “Enter”. Quando solicitado, digite o usuário e a senha do DD-WRT;

Acessando o painel do DD-WRT pelo navegador (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando o painel do DD-WRT pelo navegador (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 2. Dentro do painel do DD-WRT, clique na aba “Wireless”;

Acessando a aba "Wireless" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando a aba "Wireless" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 3. Dentro de “Wireless”, se não estiver selecionada, clique na sub aba “Basic Settings” (configurações básicas);

Passo 4. Clique na seta ao lado do campo “Wireless Channel” (Canal da rede sem fio) e no menu que aparece, clique no canal que você quer usar. Em seguida, clique em “Save”;

Mudando o canal da rede sem fio (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Mudando o canal da rede sem fio (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 5. Clique em “Save”, e em seguida, clique em “Apply Settings”;

Aumentar a potência do sinal

O DD-WRT pode melhorar seu sinal wireless fazendo seu roteador realmente transmitir com mais potência. Mas não tente colocar seu roteador no máximo, você corre o risco de transformá-lo em um aquecedor. Em vez disso, defina a potência de transmissão (Tx Power) para 71, isso vai aumentar a potência sem gerar muito estresse no aparelho. Para fazer isso:

Passo 1. Dentro do painel do DD-WRT, clique na aba “Wireless” e depois na sub aba  “Advanced Settings” (configurações avançadas);

Acessando a sub aba "Advanced Settings" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Acessando a sub aba "Advanced Settings" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 2. Dentro de “Advanced Settings”  procure a opção “Tx Power” dentro do quadro “Advanced Wireless Settings” e mude o valor do campo para “71”. Infelizmente, talvez não seja possível fazer essa mudança em algumas versões mais recentes do DD-WRT, por isso, boa sorte;

Mudando a configuração "Tx Power" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Mudando a configuração "Tx Power" (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 3. Clique em “Save” e, em seguida, clique em “Apply Settings”.

Ativar o QoS para prevenir sobrecarga na rede

O QoS (Quality of Service) é um conjunto de regras que impede devoradores de largura de banda detonem a banda de sua rede, seja ele uma pessoa (seu companheiro de quarto) ou um aplicativo (BitTorrent). O DD-WRT permite usar esse importante recurso para evitar abusos em sua rede, veja como ativá-lo.

Passo 1. Dentro do painel do DD-WRT, clique na aba “NAT / QoS”e, em seguida, clique na sub aba QoS;

Passo 2. Marque a opção “Enable” e preencha as configurações dos campos ”port” (WAN, LAN ou “Both”, ou seja, os dois), Packet Scheduler (HTB ou HFSC, sendo HTB o padrão recomendado), Uplink e Downlink. Nesses dois últimos você pode definir um limite para a largura de banda de rede total que pode ser usada em sua rede.

Ativando o QoS no DD-WRT (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) Ativando o QoS no DD-WRT (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 3. Clique em “Save” e, em seguida, clique em “Apply Settings”.

Configurar o encaminhamento de porta para acessar um computador da rede local

Quando você está navegando a sua rede local não é visível para os outros computadores ligados à internet, e você tem apenas um endereço IP que é mostrado ao mundo. Com o encaminhamento de porta você pode direcionar uma porta no seu endereço que fica visível na web para uma porta em uma de suas máquinas locais. Isso é útil quando precisamos que outras pessoas possam acessar um serviço específico na sua rede local, em momentos que elas estão distantes dela. Vejamos como usar esse recurso no DD-WRT.

Passo 1. Dentro do painel do DD-WRT, clique na aba “NAT / QoS” no painel do DD-WRT e, em seguida, a sub aba “Port Forwarding”;

Passo 2. Dentro de “Port Forwarding”, clique no botão “Add” (Adicionar) para criar uma nova regra de encaminhamento de porta e preencha a regra conforme a seguir;

Passo 3. Na opção “Application” (Aplicação), você pode usar qualquer texto descritivo que informe o nome do aplicativo que você está encaminhando para esta porta;

Passo 4. No item “Port to”, informe a porta que será usada em seu endereço IP local. Por exemplo, se o encaminhamento for para um servidor VNC em um computador local, você irá preencher este campo com o valor  5900, que á a porta padrão do VNC;

Passo 5. Em “Port from”, informe a porta que receberá as solicitações no seu endereço IP externo;

Passo 6. Na opção “Protocol”, você especifica se o serviço usa o protocolo TCP, UDP ou ambos. Na maioria dos casos só o protocolo é TCP, mas é preciso ter certeza, por isso, quando você olhar a porta a ser encaminha, verifique também qual protocolo será usado;

Passo 7. Em “Enable”, você informa se a regra está ativa. Isso é útil porque você pode criar as regras e só ativ´-alas quando forem realmente necessárias.

Passo 8. Quando terminar de adicionar uma regra de encaminhamento de porta, clique em “Save”.

Passo 9. Quando terminar de adicionar todas suas regras, clique em “Apply Settings”.

Criando regras de encaminhamento no DD-WRT (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Criando regras de encaminhamento no DD-WRT (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Agora que esses recursos estão configurados, sua rede ficará bem menos problemática, com mais qualidade, mais acessível, e consequentemente, mais produtiva. Depois de tudo isso, o que você achou do DD-WRT?

Ficou com alguma dúvida sobre DD-WRT? Pergunte no Fórum TechTudo.

  • imprimir
Seja o primeiro a comentar


Imagem do usuário
Sair

Quer realmente sair da globo.com?

Imagem do usuário

recentes

populares

  • PAULO CORRÊA
    2013-05-30T20:46:53

    Parecia simples mas não é. Pesquisei meu roteador e lá estava a firmware para o WR842ND. Instalada e 2 horas tentando, meu wi-fi nem conseguia conectar uma máquina via cabo. Minha conexão é Veloz e mudei para PPPoE mas várias configurações para se ajustar simplesmente não se acha. Complicada e falta uma luz mais precisa de como fazer funcionar essa firmware. Deve ser ótima se alguém souber configurar. Por fim, voltei a velha Firmware WR842ND que ao menos conecta mas com probleminhas.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário