11/12/2013 10h40 - Atualizado em 11/12/2013 10h40

Batman: Arkham Origins: como jogar o Multiplayer do novo game do herói

Felipe Velloso
por
Para o TechTudo

Batman: Arkham Origins tem uma das experiências de multiplayer mais interessantes dos últimos anos, especialmente graças a sua assimetria. Em jogos assimétricos, os jogadores não são todos iguais, não jogam da mesma forma e tem objetivos diferentes. Ainda que essa seja uma característica muito comum em jogos de tabuleiro, ela raramente aparece em jogos virtuais. Entenda como funciona e veja dicas para se dar bem no modo online:


Pela primeira vez um jogo da série Arkham ganha um componente multiplayer (Foto: Divulgação)Pela primeira vez um jogo da série Arkham ganha um componente multiplayer (Foto: Divulgação)

Neste multiplayer, oito jogadores - divididos em três times - se enfrentam em uma arena . Duas gangues de três jogadores, chamados Elites, devem se enfrentar por territórios. Entre elas, estão Batman e Robin, que das sombras devem tentar vencer ambos os times ao derrotar o maior número de vilões. Para completar, existe uma porta que em um momento da partida permitirá que um dos gangster apareça como um supervilão, muito mais poderoso e letal do que os demais personagens.

Como jogar com o Batman e Robin

Se você for sorteado no início, poderá jogar com um dos membros da dupla dinâmica que funcionam exatamente iguais ao modo Single Player do jogo principal, exceto é claro pelo número um pouco menor de Gadgets. Seu objetivo é completar o símbolo do Batman (Intimidation) antes que uns dos gangsters consigam controlar todos os checkpoints do mapa.

Lembre-se de ser paciente, você ainda é humano e morre rapidamente para os tiros dos inimigos, por isso use sempre o elemento surpresa e estude seus inimigos antes de atacar. Se você derrubar um Elite, lembre-se de finalizá-lo rapidamente no chão.

Sempre faça diferentes takedowns (movimentos de finalização), pois isto aumenta a sua pontuação no medidor de intimidação. Não repita as mesmas táticas. Alfred sempre vai apontar quem sãos os “líderes” das gangues para você, derrotá-los lhe dá pontos extras de intimidação.

Esteja sempre acima dos seus inimigos (Foto: Divulgação)Esteja sempre acima dos seus inimigos (Foto: Divulgação)

Você está sempre vulnerável no chão, seu lugar é acima ou abaixo dos inimigos. Use o Gel explosivo para armar armadilhas, escolha locais estratégicos como cachês de armas e a porta de entrada de super-vilões. Quanto a estes, lembre-se de nunca enfrentá-los no mano a mano, se valendo apenas de takedowns, já que eles são muito fortes. Se eles não forem derrotados, saia de perto, já que super-vilões atordoam todos a sua volta quando levantam.

Apesar de heróis não poderem dominar os checkpoints do jogo, eles podem usar um pequeno gadget, o Scrambler, para embaralhar a frequência dos inimigos e garantir que eles demorem mais capturar determinado ponto. Se as gangues estiverem muito juntas, tente usar gadgets para dispersá-los. Outra dica importante é sempre se focar na gangue perdedora que normalmente tem menos pontos de respawn e é mais previsível graças ao seu desespero, negando assim a vitória.

Como jogar com os Elites

Conheça a Gangue do Coringa (Foto: Divulgação)Conheça a Gangue do Coringa (Foto: Divulgação)

Na maioria das partidas, você será um elite, isto é, um soldado que pertence a Gangue do Coringa ou do Bane. Aqui os controles são um pouco diferentes do usual, ainda que semelhantes aqueles encontrados em quase todo jogo de tiro em terceira pessoa (como Uncharted). Para atirar você usará a combinação L1+R1 (LB+RB no Xbox), Bola (B) para entrar em cobertura e X (A) para correr. Os gangsters ainda contam uma espécie de modo detetive de curta duração (no L2 do PS3 e LT do Xbox) e uma granada/bomba (R2/RT).

Sempre fique junto e dê cobertura um para o outro, trabalho em equipe é a chave para vencer aqui. Lembre-se de ficar atento aos gárgulas, cantos, exaustores de ar e outros lugares utilizados pelos heróis. Se a sua gangue não puder mais trazer reforços, concentre-se em eliminar os heróis, que quando mortos trazem de volta todos os seus teamates. Da mesma forma, se o morcego que mostra o nível de intimidação ficar muito alto, se concentre em matar os heróis.

Use e abuse da sua esquiva (o botão X do PS3 duas vezes) para se manter vivo, se por acaso for atingido, lembre-se que a sua vida se recupera com o tempo, por isso, depois de todo embate, recua um pouco para recuperá-la. O seu detective mode possui duração limitada, sendo assim use-o em rápidos lampejos para entender melhor os seus arredores.

Fique atento para as portas especiais, é nelas que você deve entrar para vira um super-vilão. Por fim, lembre-se que existem dezenas de esquemas de controles diferentes para escolher, opte por aquele que você se sente mais confortável.

Como jogar com os super-vilões.

Bane é o melhor combatente corporal do jogo, sendo quase imparável neste aspecto (Foto: Divulgação)Bane é o melhor combatente corporal do jogo, sendo quase imparável neste aspecto (Foto: Divulgação)

Quando chegar mais ou menos na metade da partida, uma entrada será marcada no mapa. O elite que conseguir alcançá-la mais rapidamente, poderá se tornar o líder de sua gangue, ou seja, poderá optar entre o Coringa ou o Bane.

Bane é praticamente um tanque, com movimentos amplos como o seu ground pound, um soco no chão que atordoa a todos em volta, além da sua habilidade de arremessar os outros jogadores. Se você acertar um outro personagem inimigo com este movimento, ambos perdem suas vidas na hora. Ele também usa um rocket launcher como arma, podendo causar muito dano de maneira rápida.

O Coringa, como deveria ser, é imprevisível e mortal (Foto: Divulgação)O Coringa, como deveria ser, é imprevisível e mortal (Foto: Divulgação)

O Coringa tem sua bizarra pistola como principal arma. Seu tiros acabam por soltar dezenas de fragmentos diferentes que podem acertar diversos alvos. Se não bastasse, as balas ainda tem a capacidade de ricochetearem em superfícies, o que torna tudo muito mais imprevisível e letal. Ele também possui um mini-rocket launcher para dar dano em alvos menores e mais focados. Por fim, os ataques corpo-a-corpo do personagem são acompanhados por um poderoso choque oriundo de sua “campainha” nas mãos.

Estes personagens são bem diferentes dos demais. Primeiramente eles não são capazes de recuperar vida, apesar de terem uma resistência acima do normal. Eles também não podem usar cobertura ou o modo detetive, em compensação, ambos são muito rápidos e podem correr indefinidamente. O principal defeito de Bane e Coringa é a sua vulnerabilidade a takedowns da dupla dinâmica, que podem tirar até um terço da vida destes personagens.

Qual é a sua opinião sobre o Multiplayer de Batman: Arkham Origins? Deixe a sua opinião no Fórum Tehctudo.

 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Isac Coutinho
    2014-04-09T22:19:07

    Boa noite! Ágüem pode me ajudar ? Eu já fiz todas as missões do batman arkhaman origins mas ainda esta em 46 % eu pensei que já tinha zerado pq completei as missões tipo coringa enigman etc..como faço para zerar o jogo? E 2cd é continuação de historia ou só modo oline ?

  • Marlon Saibert
    2013-12-13T21:51:48

    A warner conseguiu estragar com um dos multiplayer mais criativos dos últimos tempos. Fiquei duas semanas inteiras tentando jogar o multplayer do dessa batman e consegui jogar no máximo umas 10 partidas, a maioria dos erros devido a conexão (e tenham absoluta certeza, culpa de minha internet não é, já que jogo outras franquias sem problema algum). Aparentemente, agora o problema esta resolvido (das ultimas vezes que tentei jogar, não ocorreu mais erro algum) mas também ninguém mais esta disposto a jogar, o multiplayer esta sempre vazio.

  • Romulo Pina
    2013-12-11T15:08:17

    game muito infantil !