Internet

25/03/2014 10h00 - Atualizado em 25/03/2014 10h00

Como monitorar o tráfego de rede?

Daniel Ribeiro
por
Para o TechTudo

Saiba como monitorar o uso da sua rede. Existem vários softwares gratuitos que fazem o monitoramento em tempo real das taxas de transferências de dados da rede, tais como: Network Probe, NetSpeedMonitor, NetWorx, Edge Security Profiler, Network Inspector, etc.

Cinco dicas deixam o computador mais rápido em poucos minutos; teste

Neste tutorial, o TechTudo mostra como fazer uma rápida análise do tráfego da rede pelo Windows e como utilizar o NetTraffic, para visualizar melhor a quantidade de dados transferidos, e o WireShark, para fazer um monitoramento mais profundo e detalhado.

Passo 1. Aperte com o botão direito do mouse sobre o ícone da barra de tarefas que indica a sua conexão com a Internet e selecione a opção “Abrir a Central de Rede e Compartilhamento”;

Clique com o botão direito do mouse sobre o ícone da conexão e selecione a opção em destaque (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Clique com o botão direito do mouse sobre o ícone da conexão e selecione a opção em destaque (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Passo 2. Será aberta a ferramenta de conexões de rede do Painel de Controle de seu computador. Aperte sobre a indicação da conexão com a Internet que você estiver utilizando;

Aperte na rede que indica a sua atual conexão com a internet (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Aperte na rede que indica a sua atual conexão com a internet (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Passo 3. Uma janela com o status da rede será exibida. Observe a taxa de transferência de dados, verificando a quantidade de Bytes que foram enviados e recebidos desde que a conexão foi iniciada;

Verifique a atividade da rede através do quadro que exibe as quantidades de dados enviados e recebidos (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Verifique a atividade da rede através do quadro que exibe as quantidades de dados enviados e recebidos (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Passo 4. Instale o NetTraffic e acesse seus comandos através de seu ícone na barra de tarefas, que poderá estar escondido dentre as de ícones ocultos;

Acesse os comandos do NetTraffic  por seu atalho na barra de tarefas (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Acesse os comandos do NetTraffic por seu atalho na barra de tarefas (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Passo 5. Clique com o botão esquerdo do mouse sobre o ícone do programa para exibir um pequeno gráfico com as taxas de transferência de sua rede. Apertando com o botão direito do mouse, aperte em “Configurações” para especificar detalhes sobre o monitoramento;

Clique no ícone para abrir o gráfico de monitoramento e em “Configurações” para especificar a análise da rede (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Clique no ícone para abrir o gráfico de monitoramento e em “Configurações” para especificar a análise da rede (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Passo 6. Selecionando a opção “Estatísticas”, o NetTraffic irá apresentar um quadro de análises sobre a rede, apresentando mais detalhes sobre o volume de dados recebidos e enviados;

Apertando na opção “Estatísticas” você poderá visualizar um quadro que mostra o volume de dados transferidos por sua rede (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Apertando na opção “Estatísticas” você poderá visualizar um quadro que mostra o volume de dados transferidos por sua rede (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Passo 7. Utilize o WireShark para fazer um monitoramento mais aprofundado sobre o tráfego de sua rede. Assim que o programa for iniciado, escolha qual conexão será analisada nas opções abaixo de “Start” e clique em “Capture Options”;

Execute o WireShark, escolha a rede que será monitorada e clique em “Capture Options” (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Execute o WireShark, escolha a rede que será monitorada e clique em “Capture Options” (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Passo 8. Uma janela com as opções para configurar a supervisão das conexões será aberta. Confirme a rede que será analisada e clique no botão “Start” para que o monitoramento possa começar;

Por que não consigo anunciar por rede Wi-Fi aberta? Descubra no Fórum do TechTudo.

Confirme a conexão que será monitorada e clique em “Start” para começar a sua análise (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Confirme a conexão que será monitorada e clique em “Start” para começar a sua análise (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Passo 9. O WireShark passará a exibir uma listagem com todos os pacotes de dados transmitidos por sua placa de rede, permitindo identificar possíveis problemas através das cores com que cada item é apresentado. Para visualizar o significado da indicação dos status, clique no botão indicado na figura;

Visualize a listagem dos pacotes de dados recebidos e enviados por sua rede e clique no botão em destaque para saber o significado das cores de status (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Visualize a listagem dos pacotes de dados recebidos e enviados por sua rede e clique no botão em destaque para saber o significado das cores de status (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)





Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Renan Guimaraes
    2016-08-20T03:21:13  

    esse wireshark é interessante, mas caso você nao use conexão cabeada ele só irá mostrar os dados enviados e recebidos do seu dispositivo, não da rede inteira, correto?

    recentes

    populares

    • Renan Guimaraes
      2016-08-20T03:21:13  

      Quando recebo um número muito alto de bytes e elação ao enviado significa que estou sendo um "zumbi"?

    recentes

    populares

    • Renan Guimaraes
      2016-08-20T03:21:13  

      Em relação