25/03/2014 08h00 - Atualizado em 25/03/2014 08h00

Quais as diferenças entre os processadores AMD e Intel

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O processador é um dos principais componentes de um computador, e a escolha dele é fundamental para que a máquina atenta às necessidades do consumidor. Mas qual deles é o melhor: AMD ou Intel? Quais são as diferenças entre uma marca e outra? Confira um resumo comparativo entre suas características.

Conheça os tipos de processadores existentes e saiba como instalar no PC

AMD ou Intel: qual é o melhor? (Foto: Divulgação)AMD ou Intel: quais as principais diferenças entre eles? (Foto: Divulgação)

Desempenho

A começar pelo desempenho. Os processadores da Intel levam vantagem na batalha com a AMD neste quesito. Testes realizados por sites especializados, como o CPU Benchmark, indicam que, entre os processadores de alto desempenho, os 30 melhores são Intel e apenas depois deles é que aparece o primeiro AMD na classificação, seguido de mais outros 13 da Intel até aparecer o segundo AMD.

Entre os modelos mais econômicos, porém, a briga é muito mais acirrada – e é vencida pela AMD, que possui seis dos 10 principais, e 14 dos 20 mais recomendados pelo site. Somente estes dois dados já mostram, basicamente, uma diferença crucial entre estas empresas: os produtos da AMD parecem mais voltados para o público mais básico e os da Intel são mais avançados.

Atualmente, a campeã em desempenho é a linha de processadores Xeon, da Intel. Até 40% mais eficiente no consumo de energia e com performance até 35% maior do que seus antecessores. Segundo o CPU Benchmark, o Intel Xeon E5-2697 v2 de 2,7 GHz pode ser considerado o melhor processador do momento. Ele tem 12 núcleos, soquete FCLGA2011 e chega a uma velocidade turbo de 3,5 GHz.

É perfeito para rodar qualquer tipo de conteúdo e tem quase o dobro do número de pontos do principal modelo da AMD no teste do site. O AMD FX-8350, de oito núcleos, possui um clock de 4 a 4,2 GHz e soquete AM3+, mas ainda está atrás de uma grande lista de chips fabricados pela Intel, como Intel Core i7-3770, i7-3770K, i7-4770, i7-4770K, i7-3930K e i7-4930K, por exemplo.

Custo-benefício

Se por um lado a Intel orgulha-se de ter os processadores mais rápidos, a AMD tem duas vantagens: as placas gráficas ATI Radeon, que costumam ser melhores do que todas as onboard da Intel em níveis semelhantes, e, principalmente, o preço. Os processadores da empresa normalmente são bem mais baratos do que os equivalentes da Intel.

Atualmente, a maioria dos aparelhos vêm de fábrica com processadores Intel, porém um AMD não é difícil de encontrar, especialmente em produtos HP e Asus, das linhas com o hardware de intermediário para básico. Obviamente, é possível montar modelos top com processadores avançados da AMD, mas o melhor dela é a área intermediária e barata.

Quais as melhores fabricantes de placa de vídeo? Opine no Fórum.

O Phenom II X6 e o AMD FX-6200 Six-Core, por exemplo, são equivalentes a alguns i5 e i7 da Intel, mas têm preços mais em conta. A AMD tem ainda a vantagem de ser grande parceira de NVIDIA e IBM. Produtos com processadores AMD de alto nível costumam ter placas GeForce de alta qualidade e tecnologia de 90 nm para consumir menos energia.

Por isso, para o usuário do dia a dia ou para aquele que gosta de jogar os games mais avançados, o custo-benefício da AMD parece mais interessante. Afinal, nas linhas que são mais acessíveis para o público em geral, ela tem desempenho igual ou até melhor comparada à Intel, e apresenta preços normalmente mais baixos.

Futuro: o que vem por aí

Este foco de “mais por menos” da AMD deve ser mantido em 2014. A empresa já deu detalhes da Mantle, sua nova API gráfica que promete grandes melhorias voltadas pro consumidor econômico e intermediário, e do chip Kaveri, mais econômico, menor e o mais interessante de tudo: mesmo assim, mais potente.

A Intel, por sua vez, anunciou um nova série de processadores 64-bit e também o seu primeiro chip octa-core com suporte a memória DDR4. A empresa apresenta um foco grande em um trabalho para dispositivos portáteis e também em alto desempenho nos computadores.

Conclusão

Não há tantas diferenças entre comprar um processador Intel e um AMD em termos de compatibilidade, funcionamento e desempenho do computador para um usuário básico, cujas tarefas são apenas navegar na web, checar e-mails, usar o Pacote Office e jogar um game ou outro.

Se este é o seu perfil, basta apenas pesquisar os processadores equivalentes de cada marca e pesquisar qual tem o melhor custo-benefício – ponto em que, normalmente, os AMD levam vantagem. Mas para quem pretende ter o mais avançado possível, com um hardware super potente para tarefas pesadas, o pensamento deve ser outro.

Os produtos da Intel, especialmente da linha Xeon, são os grandes protagonistas deste mercado no momento. Pelo menos até a linha Kaveri da AMD chegar ao mercado. Mas no geral, eles devem ter, basicamente, o desempenho semelhante. Sendo assim, além deles, o que fará diferença é mesmo o conjunto de outras especificações.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Everson Oliveira
    2014-03-25T09:36:41

    a materia é sobre os processadores e não sobre graficos... a unica parceria entre amd e nvidia é em favor do opengl pq em qualquer outra coisa elas são rivais ate a morte

  • Carlos Lopes
    2014-05-24T10:44:48

    Thiago, você precisa estudar um pouco mais antes de escrever uma matéria dessas! Você cita como comparativo a um Xeon um AMD 8350? Concorrente do Xeon é o Opteron, pois ambos são processadores para servidor. O Xeon tem que ter um processamento muito superior ao 8350, pois os processadores para servidor são otimizados para processamento de dados em massa. Você dizer que os processadores INTEL no geral tem desempenho superior aos AMD para o usuário comum, concordo com você. Mas no seguimento servidores isso não se repete, só pra citar a linha opteron conta com processadores de até 16 núcleos.