Monitor

13/03/2014 11h24 - Atualizado em 13/03/2014 16h17

Vale a pena comprar uma TV ou monitor 4K?

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O 4K é a tecnologia do momento, também conhecida como Ultra HD, ela trabalha com 3840 x 2160 pixels, quatro vezes a resolução Full HD (1080p). Mas será que isso realmente dá algum benefício perceptível para o usuário? Esta diferença vale o preço alto que cobram pelos monitores e TVs 4K atualmente? Provavelmente, não.

Como medir a distância ideal da TV pelo tamanho da tela?

TV da Panasonic é a primeira a usar a tecnologia HDMI 2.0 (Foto: Divulgação)Empresas vêm lançando muitas TVs 4K, mas preço não diminui por aqui (Foto: Divulgação/Panasonic)


Pesquisas apontam que muitas pessoas não conseguem enxergar a diferença entre as imagens em HD (720p) e as Full HD (1080p) a cerca de 2 metros e meio – uma distância razoável para posicionamento de uma TV em uma sala, por exemplo. Portanto, a resolução maior não deve fazer tanta diferença para o consumidor comum.

A não ser que a imagem seja projetada em uma tela gigante como a de um cinema, onde o formato 4K já é bastante utilizado. Ou então que seja em um produto com o qual vai ser feito um contato mais próximo, como smartphones, tablets ou computadores. A qualidade de imagem detalhada, menos pixelada, é mais perceptível assim.

TVs OLED valem mais a pena do que as Ultra HDs (4K)? Comente no Fórum.

Monitor 4K da ASUS é apresetando na Computex 2013 (Foto: Reprodução/The Verge)No Brasil ainda conta com poucos modelos de monitores 4K (Foto: Reprodução/The Verge)

Portanto, um monitor 4K talvez seja uma boa ideia. Mas não agora. Os preços deles são ainda muito acima da média dos "normais" disponíveis no mercado, e não há nem tanto conteúdo feito nativamente para esta resolução que esteja acessível de maneira fácil. O Ultra HD ainda não é popular (provavelmente ainda demore a ser por aqui) e isso é um grande problema.

Os serviços de streaming não usam 4K, os videogames não usam 4K, não há canais que façam transmissões em 4K. Ou seja, o usuário terá uma ótima qualidade de imagem que ficará até um pouco “subvalorizada” tendo em vista a ausência de conteúdos feitos com a resolução Ultra HD nativa.

Novos modelos das TVs 4K já contam com a ferramenta de "upscaling", que estica as imagens nativas para tentarem se parecer com uma imagem em Ultra HD. O resultado acaba ficando com cara de vídeo com qualidade baixa rodando no YouTube. 

Os pontos são bem mais contra a compra de um aparelho do que a favor: preço alto, um conteúdo ainda limitado e pouca diferença perceptível aos olhos para televisões. Portanto, não, por enquanto, ainda não vale a pena comprar uma TV ou monitor 4K. Talvez quando os valores caírem e os serviços de streaming passarem a usar a resolução.

 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Jose Gomes
    2014-06-09T09:40:31  

    Há que se esperar, principalmente quando se estica uma tecnologia além dos limites úteis para a massa dos consumidores. Lembre-se do SACD (super áudio CD) que depois de vencer a batalha com o DVD áudio, acabou não dando em nada do ponto de vista de mercado. No Brasil, onde tecnologia de ponta é taxada ao extremo pelo (des)governo, mais um argumento para esperar...Além do mais, para a TV aberta, 4K não tem chance: teria que quadruplicar o espectro radioelétrico (já saturado), ou conseguir uma compactação 4x maior que o H264, uma impossibilidade física com a tech que hoje temos.

    recentes

    populares

    • Jose Gomes
      2014-06-09T09:40:31  

      h265 ja esta ai...

  • Iago Silva
    2014-03-13T16:13:06

    Tenho pra mim que se multiplicarmos 2x1920 vai dar resultado igual a 3840 e se fizermos o mesmo com 1080 vai dá resultado de 2160. Então acredito que eles quiseram dizer isso!

  • assahi ltda
    2014-05-18T07:34:09

    Adquiri um monitor dell 28 4k, uso como tv(usando um aparelho semp como sintonizador), e também como monitor (hdmi)o preço foi aproximado 2 mil em 8x. Foi a compra mais feliz que ja fiz.

  • Mauricio Alencar
    2014-03-13T17:34:17  

    Essa resolução é a quantidade de pixels. Se você multiplicar, uma TV Full HD (1920 x 1080) tem 2.073.600 pixels, ou seja, 1K. Uma TV de 4K (3840 x 2160) tem 8.294.400 pixels. 4 vezes mais, ou seja, 4K! Há alguma dificuldade nisso? oO

    recentes

    populares

    • Mauricio Alencar
      2014-03-13T17:34:17  

      Você fez uma pequena confusão na sua explicação. A quantidade de pixels não é o motivo destas TVs se chamarem 4K... uma TV FULL HD tem 2mb pixels ( 2 megapixels), e não 1K como você falou... Essas TVs 4k são chamadas assim por terem resolução QUATRO VEZES MAIOR QUE A FULL HD e suportam 8mb ( 8 megapixels) ..elas também são chamadas de QUAD FULL HD, mas não é um nome tão comercial como 4K.

    recentes

    populares

    • Mauricio Alencar
      2014-03-13T17:34:17  

      Adquiri um monitor dell 28 4k, uso como tv(usando um aparelho semp como sintonizador), e também como monitor (hdmi)o preço foi aproximado 2 mil em 8x. Foi a compra mais feliz que ja fiz.

  • Alexandre Lima
    2014-03-15T17:05:08

    A PRÓPRIA TV 'GROBO' não consegue transmitir a maioria dos seus programas em alta definição imagine então em Ultra Definição. Sem chance !!!

  • Rodrigo Neves
    2014-03-13T12:44:00  

    Vamos ensinar todo o pessoal do G1 que 3840 x 2160 é o quadrúplo de 1920 x 1080 ao invés do dobro, já sairam eplicações disso aqui mesmo no site, mas pelo jeito nem todo mundo pegou.

    recentes

    populares

    • Rodrigo Neves
      2014-03-13T12:44:00  

      Isso mesmo, 4K é 4 vezes a resolução de 1920 x 1080. Outra coisa da matéria que informa que não existem monitores 4K no Brasil, a Dell já vende modelos 4K aqui no pais.