21/06/2014 08h00 - Atualizado em 25/06/2014 13h10

Vale a pena investir em automação para casa?

Pedro Zambarda
por
Para o TechTudo

A automação consiste na substituição do trabalho do homem pelo o das máquinas. Ou seja, no lugar de um funcionário, são colocados robôs e sistemas automáticos para executar tarefas, muitas vezes, de maneira ainda mais eficiente. O recurso vem sendo usado principalmente na indústria, no entanto cada vez mais surgem aparelhos que buscam deixar as atividades domésticas mais fáceis. 

O TechTudo fez uma seleção de soluções automatizadas que já estão disponíveis no mercado ou em processo de produção. Confira e descubra se vale a pena investir em automação para sua casa - os preços ainda são de assustar.

Dispositivo permite que usuários conversem com aparelhos de sua casa

A automação surgiu na indústria, está ficando cada vez mais digital e está nas casas agora (Foto: Wikimedia Commons)A automação surgiu na indústria, está ficando cada vez mais digital e presente nas casas agora (Foto: Wikimedia Commons)

MyWay Home Automation

MyAway cria integração entre diversos dispositivos da casa (Foto: Reprodução/MyAway)MyAway cria integração entre diversos dispositivos da casa (Foto: Reprodução/MyAway)


O MyWay Home Automation é um sistema que garante a integração e controle através de de smartphones, tablets ou PC com tela touch da iluminação, eletrodomésticos, áudio e vídeo e dispositivos elétricos. De acordo com a fabricante, a instalação do sistema não requer reformas nem grandes trabalhos, afinal toda a tecnologia usada é sem fio.

Mas é necessário instalar sensores e receptores especiais que permitam realizar as tarefas através dos dispositivos móveis. O preço varia de acordo com o nível de automatização desejado pelo cliente.

Software nacional OptiPro da OptiArt

A empresa OptiArt é uma da poucas que investe em software próprio no mercado de automação residencial brasileiro. Trabalhando em parceria com marcas consagradas, como a Cisco, eles desenvolveram o OptiPro AuCe - Automatic Center, que ajusta Internet, projetor de vídeo, equipamentos, persianas das janelas e até câmeras de filmagem para segurança da casa. 

O sistema iOS, da Apple, é bastante utilizado em automação residencial (Foto: Divulgação)O sistema iOS, da Apple, é bastante utilizado em automação residencial (Foto: Divulgação)

Para produtos de alta qualidade e mais específicos, a empresa trabalha com outras marcas, como a AMX. O orçamento deles para automação doméstica oscila entre R$ 15 mil e R$ 500 mil. 

Segurança pela biometria

Reconhecimento de íris e de digitais fazem parte do sistema de segurança da Engetax (Foto: Divulgação) (Foto: Reconhecimento de íris e de digitais fazem parte do sistema de segurança da Engetax (Foto: Divulgação))Reconhecimento de íris e de digitais fazem parte do sistema de segurança da Engetax (Foto: Divulgação)


Automação na segurança doméstica e de empresas também está em alta, inclusive no Brasil. A empresa nacional Engetax faz a instalação de sensores de digitais ou da íris dos olhos, para controlar a entrada de pessoas em ambientes mais seguros. É a chamada leitura biométrica. O aluguel da máquina fica entre R$ 300 e R$ 900 mensais, dependendo do tipo de aparelho contratado.

 Automação até para quem está fora de casa

O controle do sistema do Grupo Feliza também é feito por smartphones ou tablets (Foto: Divulgação)O controle do sistema do Grupo Feliza também é feito por smartphones ou tablets (Foto: Divulgação)

Por valores entre R$ 10 mil e R$ 90 mil, o Grupo Feliza revende o sistema Control4, que automatiza home theater, ar condicionado, mecanismos de segurança, televisão, som e outros recursos domésticos. A solução deles também visa a economia de eletricidade e de água. A novidade no sistema é que tudo pode ser controlado por smartphones e tablets tanto dentro quanto fora de casa, permitindo um acompanhamento mais centralizado e ao vivo do proprietário.

Como resolver o problema da chuva atrapalhando o sinal da TV? Descubra no Fórum do TechTudo.

Grupo Feliza também tem opções de automação doméstica apenas para home theater (Foto: Divulgação)Grupo Feliza também tem opções de automação doméstica apenas para home theater (Foto: Divulgação)

Um home theater 5.1 com sonorização ambiente, caixas Cambridge Audio e controlado através da automação sai por R$ 15 mil. Um segundo modelo com caixas da marca BOSE sobe o valor para R$ 25 mil.

Casa controlada pelo Galaxy Gear, da Samsung

Já imaginou controlar sua casa através de um smartwatch? A iHouse acredita nisso (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)Já imaginou controlar sua casa através de um smartwatch? A iHouse acredita nisso (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo)

Com orçamentos em cerca de R$ 5 mil, a iHouse lançou um aplicativo para o relógio inteligente Galaxy Gear, da Samsung. O software que funciona na pequena tela de 1,63 polegada permite controlar a intensidade da luz da casa, escolher a temperatura do ar condicionado, baixar as persianas ou assistir um filme e controlar o Blu-ray ou aparelho de DVD através do seu pulso.

Automação residencial open source com Arduino

Arduino é uma placa com software de código aberto que pode se comunicar com outras máquinas (Foto: Wikimedia Commons)Arduino é uma placa com software de código aberto que pode se comunicar com outras máquinas (Foto: Reprodução/Wikimedia Commons)

Para quem não quer gastar muito com automação doméstica e tem conhecimento de programação ou de engenharia da computação, a placa Arduino sempre é uma alternativa. Custando apenas R$ 90, ela pode ser conectada com dispositivos Android para construir uma rede Wi-Fi automatizada. 

Luminária troca de cor com sistema de automação da placa Arduino (Foto: Divulgação) (Foto: Luminária troca de cor com sistema de automação da placa Arduino (Foto: Divulgação))Luminária troca de cor com sistema de automação da placa Arduino (Foto: Divulgação)


Um grupo formado pelos estudantes de Ciência da Computação da Universidade Federal Fluminense (UFF),  Álvaro Justen, André de Oliveira e Diego Guimarães desenvolveu uma luminária RGB que trocava suas cores por conexão sem fio com a placa. O Arduino vale, principalmente, para pesquisas de mercado e acadêmicas no ramo de automação de casas open source.

Conclusão

Ainda não são muitas as opções existentes no mercado nacional para automatizar as tarefas de casa. Além disso, boa parte delas ainda é muito cara e exige um grande investimento. Para quem tem condições financeiras e está disposto a gastar, a automação é algo que pode facilitar e melhorar o estilo de vida. São muitos os projetos do gênero que ainda estão em desenvolvimento e que buscam, inclusive, reduzir custos de produção e valor final dos produtos. Portanto, para a grande maioria, talvez seja melhor esperar um pouco antes de comprar itens do gênero.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Manoel Santos
    2014-06-21T22:27:43

    Google e Apple já compraram algumas empresas deste ramo, quando eles desenvolverem produtos para automacao aí os preços vão despencar...

  • Juliano Lacerda
    2014-06-21T12:17:23

    o preço está muito fora da realidade... só pra rico mesmo!!... o jeito é esperar por novos softwares e hardwares, para que esses caiam de preço. ou esperar uns 20 anos para estar com preço acessivel