Internet

28/01/2015 15h28 - Atualizado em 28/01/2015 15h28

Vai na Campus Party? Veja dicas de campuseiros experientes e caravanas

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

A Campus Party é conhecida tanto pelo conteúdo que oferece quanto por seus participantes. Os chamados campuseiros chegam aos milhares no primeiro dia de evento e compartilham quase uma semana de conhecimento e, é claro, muita amizade. Mas, conviver com tanta gente requer alguns cuidados e, por isso, falamos com alguns participantes experientes para lhe trazer dicas de como aproveitar o evento ao máximo e da melhor forma, especialmente se este for o seu primeiro ano.

Acompanhe a cobertura da Campus Party 2015

Campus Party 2014 vai dar R$ 1 milhão de prêmio em concurso para desenvolvedores (Foto: Renato Bazan/TechTudo)Área de camping na Campus Party 2014, no Anhembi (Foto: Renato Bazan/TechTudo)



Filas

Filas para entrar são inevitáveis, a não ser que você decida perder a abertura e um dia inteiro de Campus. Portanto, tenha paciência ou chegue no fim do dia ou à noite. No primeiro dia não acontecem palestras, então é um momento de rever os amigos e se organizar nas bancadas e barraca de camping. Chegando a noite, não terá filas grandes e o campuseiro conseguirá se organizar rapidamente.

A partir do segundo dia, é importante ir bem cedo se você quiser um lugar bom nas melhores palestras, especialmente nas falas dos magistrais ou webcelebridades. Uma estratégia é chegar antes de terminar a anterior e revezar com um amigo, deixando a mochila para guardar a vaga – vigiando sempre, é claro.

Camping

Faça uma lista com o básico que deve levar, incluindo um colchão para dormir mais confortável. Não esqueça de produtos de higiene pessoal, remédios, documentos e preservativos. Para melhorar a ida ao banheiro, leve um cabide para pendurar suas roupas, sabonete líquido e até fita adesiva para fechar a lona na hora de tomar banho – se as duchas da edição 2015 tiverem porta, será um problema a menos.

Não se pode escolher o local da barraca, já que é tudo feito pela organização de forma prévia. Se você puder trocar com um amigo de caravana, prefira a área que fica no final do camping para ter mais silêncio e ficar mais próximo das duchas; ou no começo se preferir ficar perto da “confusão”.

É importante também ir direto para sua barraca assim que chegar. Há relatos de que alguns campuseiros pegam qualquer uma sem permissão, o que pode gerar dor de cabeça. São milhares de pessoas compartilhando o mesmo local, por isso tenha paciência e chame alguém da organização para reportar o problema e conseguir outra barraca caso isso ocorra com você.

Campuseiros reclamam dos preços abusivos dos alimentos na feira (Foto: TechTudo/Melissa Cruz)Campuseiros reclamam dos preços abusivos dos alimentos na feira (Foto: TechTudo/Melissa Cruz)

Alimentação

Apesar de toda a infraestrutura, um ponto em comum na lista de reclamações dos campuseiros é a alimentação oferecida: cara demais e nem sempre afeita ao gosto de todos. A boa notícia é que há diversas alternativas, como levar sua própria comida ou pedir delivery.

Se optar pela primeira opção, vale de tudo. Os campuseiros recomendam levar congelados, pães, sucos e frutas em um isopor ou caixa térmica com gelo que possa ser reabastecido no supermercado mais próximo. Basta então levar talher e copos de plástico e usar os micro ondas disponíveis para economizar.

Se você preferir pedir comida, é possível encontrar grupos maiores para dividir, normalmente, pizzas – ano passado, alguns até se organizaram online. Caso prefira pedir algo só para você ou um grupo pequeno de pessoas, é preciso combinar um local de fácil acesso e ficar atento para que o entregador o identifique facilmente.

Campuseiros dão "jeitinho" para fugir do calor na Campus Party em 2014 em São Paulo (Foto: Melissa Cruz)Campuseiros dão jeitinho para fugir do calor na Campus Party em 2014 em SP (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)

Além disso, é sempre possível aproveitar algum tipo de comida oferecido pelos patrocinadores, ou até comprar produtos no mercado paralelo instalado pelos próprios campuseiros – como os preços oficiais são altos, há quem aproveite para vender refrigerante e macarrão instantâneo para quem não quer gastar muito.

Segurança

De novo, a Campus Party é um ambiente compartilhado por uma multidão durante seis dias, e há todo tipo de gente. Tome cuidado redobrado com seus pertences. A organização etiqueta o computador de cada campuseiro, mas todo o resto é de sua responsabilidade.

Use trava para notebook e cadeados para fechar sua barraca, mala e mochila. Evite ao máximo deixar dinheiro vivo guardado no camping. A dica, aliás, é manter o máximo de coisas com você, até mesmo fixadas no corpo.

“Parece brincadeira, mas é verdade! Meu celular sempre fica preso em uma cordinha e amarrado na calça”, confessa Karoline Miranda, organizadora da caravana UaiFi, de Belo Horizonte.

Meu celular sempre fica preso na cordinha e amarrado na calça 
Karoline Miranda, campuseira

Caravanas

Para quem vai de caravana de outros estados para São Paulo, a Campus Party já começa na viagem. Vale levar DVDs com filmes e seriados para passar o tempo, além de lanches e muito assunto para esgotar ao longo do caminho – dependendo da distância, o trajeto pode durar mais de um dia.

“Não paramos de conversar um segundo durante a viagem e acaba sendo bem divertido”, conta Emilio Hoffmann, organizador de uma caravana do Rio Grande do Sul. Ele e outros líderes recomendam que, na chegada, todos andem juntos, assim um pode ajudar a vigiar o outro e facilitar o credenciamento da caravana, que deve ser feito em conjunto.

Os vestibulandos devem lembrar também que a Campus Party pode coincidir com período de matrículas em Universidades ou em programas do governo, como Sisu e Prouni. Para se precaver, basta deixar algum parente munido de procuração reconhecida em cartório para que possa realizar qualquer tipo de inscrição por você.

Gadgets indispensáveis

Campuseiro de verdade sempre leva consigo muitos gadgets. Eles podem variar dos essenciais notebooks, desktops e smartphones até câmeras profissionais, fones de ouvido e seu próprio roteador. Afinal, a conexão de 50 GB oferecida pela Telefônica/Vivo é somente via cabo, sendo necessário criar um hotspot pessoal para usar Wi-Fi.

Para os amantes de games, vale levar caixas de som, TV e muitos adaptadores. Em alguns casos, participantes chegam a encher um carrinho de compras inteiro com suas coisas no primeiro dia de Campus Party – o limite depende somente da sua disposição para vigiar e carregar tudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares