Wearables

18/12/2015 09h01 - Atualizado em 18/12/2015 09h01

Como saber se a Mi Band é original

Helito Bijora
por
Para o TechTudo

A Mi Band, pulseira fitness da Xiaomi, teve lançamento no Brasil em novembro, após várias especulações sobre o preço. Por um valor bem abaixo do que é cobrado por produtos similares de outras marcas, o wearable vem equipado com um monitor de atividades físicas e de sono. O gadget estima o número de passos, distância percorrida e calorias queimadas pelo usuário ao longo do dia.

Como usar a Mi Band: dicas para configurar a pulseira

O preço sugerido pela fabricante da Mi Band no país é de R$ 95. Entretanto, por um valor ainda mais atraente, é possível encontrar o acessório em diversas lojas online. Apesar de ser possível comprar o produto original pagando menos, muito do que é vendido não passa de imitação.

Confira o nosso review da pulseira Mi Band  (Foto: Helito Bijora/TechTudo)Confira como descobrir se a sua Mi Band é original ou falsificada (Foto: Reprodução/Helito Bijora)


Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Para ajudá-lo na tarefa de identificar uma Mi Band pirata, o TechTudo preparou uma lista com as principais diferenças entre a pulseira original, vendida pela loja online da Xiaomi, e a cópia comprada no site eBay. Confira!

– Anúncio

Se você pretende comprar uma Mi Band mais barata no eBay, além das qualificações do vendedor, é importante ler todo o anúncio. Por mais que o título informe que se trata de um produto original da Xiaomi, verifique o item “Marca”, na descrição. Não compre se ele não estiver especificado ou se aparecer a mensagem “Sem marca” ou “Genérico”.

Verifique todos os detalhes do anúncio (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Verifique todos os detalhes do anúncio (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

– Embalagem

Apesar do preço relativamente barato, a Mi Band tem a embalagem bem acabada, com a logomarca da Xiaomi na frente e um adesivo com as especificações do produto na parte inferior. Por outro lado, a pulseira falsificada vem em um revestimento simples, sem marca e com nome genérico – note que não aparece Xiaomi ou Mi Band.

Embalagem da Mi Band é simples e bem acabada (Foto: Helito Bijora/TechTudo)Embalagem da Mi Band é simples e bem acabada (Foto: Helito Bijora/TechTudo)


– Produto

Se a Mi Band for usada sem a embalagem, é possível descobrir se é original ao observar algumas marcações no produto. Dentre elas, a marca Mi na parte inferior da “pílula” e a frase “designed by Xiaomi” no interior da pulseira. Ambas as inscrições são em relevo no plástico ou borracha.

Marca da Xiaomi na parte de trás do sensor (Foto: Helito Bijora/TechTudo)Marca da Xiaomi na parte de trás do sensor (Foto: Helito Bijora/TechTudo)
Pulseira traz a frase em relevo (Foto: Helito Bijora/TechTudo)Pulseira traz a frase em relevo (Foto: Helito Bijora/TechTudo)


– Aplicativo

O aplicativo para celular usado para sincronizar com a Mi Band é o Mi Fit, também desenvolvido pela Xiaomi e disponível para iPhone (iOS) e Android. Em contrapartida, a pulseira pirata usa um app similar e de qualidade duvidosa chamado “Movnow”. O software oficial da Mi não é capaz de detectar ou sincronizar com a Mi Band falsificada.

Essa é a cara do aplicativo Mi Fit para iOS (Foto: Reprodução/Helito Bijora) Essa é a cara do aplicativo Mi Fit para iOS (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Essas são as principais diferenças entre a Mi Band original e a falsificada. Com essas dicas básicas, você dificilmente será enganado por uma cópia.

Com o Android Wear os relógios inteligentes finalmente vão emplacar? Comente no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares