Utilitários

21/09/2016 07h00 - Atualizado em 21/09/2016 07h00

Como comprar e vender milhas online; dicas

Felipe Vinha
por
Para o TechTudo

As milhas acumuladas em voos de suas viagens, pelo programa de fidelidade ou pontos de empresas aéreas, podem valer algum dinheiro. Em alguns casos, as milhas são acumuladas também pelos pontos do seu cartão de crédito. Na Internet, usuários destes programas comercializam suas milhas para obter renda extra. O programa de milhas acumula pontos diretamente em perfis que a pessoa registra nos programas de fidelidade, como Multiplus, Smiles, Tudo Azul ou Amigo, por exemplo. Porém, para não perdê-las, é preciso registrar os voos comprados com dinheiro real, utilizando os dados do passageiro, aeronavo e outros.

Conheça os melhores aplicativos de viagens

Já as milhas do cartão de crédito funcionam de forma diferente. São acumuladas conforme o gasto em compras comuns no crédito, seja rotativo ou parcelado. De ambas as fontes é preciso acumular bastante milha para poder resgatar algum tipo de nova viagem ou passagem mais cara.

Suas passagens podem valer milhas, que por sua vez valem algum dinheiro (Foto: Reprodução/TravelTru)Suas passagens podem valer milhas, que por sua vez valem algum dinheiro (Foto: Reprodução/TravelTru)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Vender ou usar?

Usar as milhas pode ser uma grande vantagem, já que rendem viagens “de graça” nos programas de fidelidade das companhias aéreas. Entretanto, muita gente opta por vendê-las, já que demora algum tempo para somar a quantia suficiente para resgatar em uma viagem longa ou até para local próximo.

Não há uma tabela fixa e universal sobre o custo de compra de milhas, isso varia de acordo com o serviço oferecido. Mas os sites podem render pelo menos R$ 200 em uma venda mais “básica”. Isto é, com o mínimo de pontos que os sites de compra e venda costumam oferecer.

Empresas aéreas possuem programas próprios para cliente acumular milhas (Foto: Reprodução/Camila Peres)Empresas aéreas possuem programas próprios para cliente acumular milhas (Foto: Reprodução/Camila Peres)

Quem pode comprar?

Qualquer usuário registrado em um dos sites de compra e venda pode ofertar suas milhas. Normalmente, estes sites deixam que todos se cadastrem de forma segura e vejam uma espécie de “mercado aberto de milhas”, podendo fazer ofertas ou buscar uma certa quantidade de pontos para comprar.

Qual aplicativo de mapas é melhor? Comente no Fórum do TechTudo.

Vale a pena?

É preciso verificar se o preço da milha vendida pode ser mais vantajoso do que voar um trecho pagando sua passagem normalmente. Se a sua viagem custar, por exemplo, cerca de R$ 500, e em milhas vale 40 mil pontos, talvez seja melhor manter as milhas e pagar no dinheiro – já que, em teoria, 40 mil milhas vão se converter em cerca de R$ 750 nos serviços de compra e venda.

Passagens aéreas viram milhas de diversas formas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) (Foto: Passagens aéreas viram milhas de diversas formas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha))Passagens aéreas viram milhas de diversas formas (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Se desejar, neste exemplo prático e rápido, é possível vender estas milhas e pagar a viagem em dinheiro, além de sobrar alguma quantia para gastos adicionais durante o seu passeio, por exemplo.

Serviços

Há diversos serviços de compra e venda de milhas operando hoje no Brasil. Entre os principais estão o <b>Hot Milhas</b>, Max Milhas, <b>Elo Milhas</b> e <b>Busca Pontos</b>. Possuem funcionamento e regras variadas. Mas, em teoria, oferecem o mesmo serviço, com algum custo para quem vende, já que precisam obter lucro de algum lugar. Uma pequena quantia, já calculada previamente, é descontada do vendedor, quando este comercializa algo com sucesso nos sites.

Milhas pode ser vendidas e compradas em sites especializados (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)Milhas pode ser vendidas e compradas em sites especializados (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

No Max Milhas, por exemplo, o usuário cria um cadastro gratuito e já registra de forma prévia as milhas que deseja vender e a quantidade. Serão divulgadas no site para eventuais compradores, como um grande mercado. O próprio site não faz a compra, apenas a ponte entre os dois lados interessados.

Quando vendidas, o dinheiro das milhas costuma ser transferido entre 15 e 20 dias para a conta bancária do vendedor, também previamente cadastrada no sistema do Max Milhas. Todo o processo é legal em território nacional e costuma valer para qualquer tipo de milhas, de todas companhias aéreas que tenham um programa de fidelidade no país. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares