Computadores

30/03/2017 10h16 - Atualizado em 30/03/2017 10h16

Como crimpar um cabo Ethernet de qualquer comprimento

Edivaldo Brito
por
Para o TechTudo

Você já precisou de um cabo Ethernet curto, mas todos os que possui são maiores que seis metros de comprimento? Para resolver o problema, você poderia apenas enrolar o excesso, ou até mesmo encurtar o cabo, o que nem sempre é conveniente ou esteticamente bonito.

Como montar um PC gamer por até R$ 2.500

Além disso, como cabos pré-fabricados só vêm em comprimentos específicos, pode ser que o tamanho que você precisa não esteja disponível. Ou seja, a melhor saída para essa situação, é crimpar seus próprios cabos Ethernet, com o comprimento que deseja.

notebook Samsung Style S50 (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo)notebook Samsung Style S50 (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo)

Material necessário

Para fazer esse procedimento, você precisará ter em mãos os seguintes materiais e ferramentas:

Cabo ethernet;
Conectores RJ-45;
Alicate de crimpagem RJ-45;
Cortadores de fio, decapantes ou tesouras.

Passo 1: Medindo o comprimento que você precisa

Pegue seu cabo Ethernet e meça o comprimento que você precisa e corte-o com um cortador de fio ou tesoura.

Não se preocupe em obter o tamanho exato, você pode passar um pouco da medida. Nesse caso, é melhor errar por excesso do que for falta. E depois, se for realmente necessário, você sempre pode cortar o excesso. Além disso, esse pequeno excesso no final, pode ser usado para compensar quaisquer discrepâncias e erros.

Passo 2: Removendo uma parte da capa de cada extremidade do cabo

Use o alicate de crimpagem (ou um estilete) para retirar uma parte da capa de cada extremidade do cabo (algo entre 3 e 5 centímetros). Para fazer isso, introduza o cabo na parte que possui uma lâmina e corte o revestimento, mas não os fios no interior.

Desencapando o cabo com o crimpador (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Desencapando o cabo com o crimpador (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Encaixe o cabo até a lamina ficar posicionada no ponto em que será cortada a capa. Em seguida, aperte suavemente a ferramenta de crimpagem e gire-a para cortar completamente o revestimento.

Cabo depois de remover parte da capa da extremidade  (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Cabo depois de remover parte da capa da extremidade (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Passo 4: Desenrolando e separando todos os fios

Depois de expor os fios internos, você notará que existem quatro pares de fios torcidos juntos, resultando em um total de oito fios. Estes pares vêm em cores diferentes, com um que é de uma cor mais forte e o outro que possui a mesma cor, só que mais fraca.

Visualizando os quatro pares de fios do cabo (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Visualizando os quatro pares de fios do cabo (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Desenrole todos os quatro pares, de modo que no final, você tenha oito fios separados. Como o desenrolar dos fios pode deixá-los um pouco ondulados, também é uma boa ideia aplainar os fios para melhor visualização.

Desenrolando os oito fios do cabo (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Desenrolando os oito fios do cabo (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Passo 5: Colocando os fios na ordem correta e crimpando

Agora, é necessário organizar os oito fios em uma ordem específica, para depois crimpar o cabo no conector RJ-45. Tecnicamente, você pode ter os fios em qualquer ordem que quiser, desde que ambas as extremidades sejam iguais.

No entanto, cabos Ethernet possuem padrões para a seqüência da fiação, conhecido como T-568A e T-568B. A única diferença entre os dois é que os pares de fios laranja e verde são comutados. Em cabos comuns, você pode usar qualquer um dos dois padrões nas duas pontas.

Padrões T-568A e T-568B  (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Padrões T-568A e T-568B (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Mas por que existem dois padrões diferentes? A resposta para isso são os chamados cabos Crossover, que são usados para conectar duas máquinas em uma mesma rede diretamente, sem a necessidade de um roteador. Nesse tipo de cabo, uma extremidade usa o padrão T-568A e a outra usa T-568B.

Por questões de compatibilidade e popularidade, nesse tutorial será usado o padrão T-568A. Com isso definido, vamos ao procedimento de crimpagem:

Coloque os oito fios em ordem, seguindo o padrão T-568A, e alinhe todos eles em paralelo. Ao fazer isso, coloque os fios no lado do dedo indicador e esprema-os com o polegar para mantê-los no lugar.

Posicionando os fios no padrão T-568A (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Posicionando os fios no padrão T-568A (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Uma vez que você tem os fios em ordem, junte-os e, em seguida, comece a trabalhar os fios para manter todos bem próximos e endurecê-los, mantendo um dedo pressionando os fios durante este processo.

Em seguida, pegue sua tesoura (ou o alicate de crimpagem) e corte o excesso de fiação de modo que reste apenas cerca de 1,5 centímetros entre o final do cabo e o começo da capa externa.

Cortando os fios do cabo para poder crimpar (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Cortando os fios do cabo para poder crimpar (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Pegue o conector Ethernet, e com a parte superior de frente para você e os fios verdes voltados para o chão, deslize os fios para dentro, certificando-se de que cada um deles entre em seu próprio caminho corretamente, baseando-se no padrão T-568A.

Posicionando o cabo dentro do conector para poder crimpar  (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Posicionando o cabo dentro do conector para poder crimpar (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Depois, olhe atentamente e certifique-se que nenhum dos fios tenha saltado para fora da ordem. Se isso acontecer, retire o conector, corrija os fios e tente novamente.

Empurre o cabo completamente até que todos os oito fios estejam tocando a extremidade do conector. Em seguida, pegue seu alicate de crimpagem e encaixe o conector no slot. Ele só vai de uma maneira, então, se ele não entrar em todo o caminho de um lado, basta virar a ferramenta ao redor e reinserir o conector. O conector inteiro deve caber dentro da ferramenta de crimpagem. Uma vez que o conector estiver encaixado corretamente, aperte o crimpador para prendê-lo e pressione um pouco mais para efetivar a crimpagem. Uma vez feito isso, remova o cabo da ferramenta e inspecione toda a conexão para se certificar de que está tudo certo.

Encaixando o conector e crimpando o cabo  (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Encaixando o conector e crimpando o cabo (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Repita o procedimento na outra ponta do cabo e estará pronto.

Cabo finalizado, com o conector crimpado (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Cabo finalizado, com o conector crimpado (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Agora que você já sabe como criar seu próprio cabo, dificilmente usará algum que venha pronto.

Como montar um PC gamer? Veja dicas no fórum do TechTudo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Alexandre
    2017-04-05T12:43:24

    AS ordens das cores que complica..porque não fazem um cabo menos problemático.

  • Magrelo Pokokilo
    2017-04-01T16:19:59  

    Seus mize-raveis , queimo tudo aqui em casa , queimo rotiador , modem , placa de rede , cpu , monitor , gabinete , cortina , sofa , quartos ,sala , cozinha a casa pego fogo .

    recentes

    populares

    • Magrelo Pokokilo
      2017-04-01T16:19:59  

      pobre diz que não tem nada, vem a enchente e diz que perdeu tudo, este é o seu caso filé de borboleta kkkkk