Redes sociais

05/03/2017 07h00 - Atualizado em 05/03/2017 07h00

Data Selfie analisa todos os seus passos no Facebook; veja relatório

Isabela Giantomaso
por
Para o TechTudo

Alguma vez você já pensou em quantas informações pessoais ficam registradas no Facebook? O Data Selfie, uma extensão para Chrome, pode ajudar a resolver a questão. O plugin analisa todos os seus passos na rede social durante o uso no computador e gera um relatório com dados online entregues à plataforma — de maneira consciente ou não.

Como usar plugins e extensões do Google Chrome no modo anônimo

Segundo os desenvolvedores, a ferramenta não armazena os dados registrados do usuário, deixando todas as informações apenas no seu PC. Em inglês, o Data Selfie permite visualizar quantas horas você passou na plataforma e com quais amigos e páginas mais interagiu.

Data Selfie acompanha cada ação que você faz no Facebook (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo)Data Selfie acompanha cada ação que você faz no Facebook (Foto: Gabrielle Lancellotti/TechTudo)

Além disso, analisa dados detalhados ao longo do tempo — quanto tempo for necessário — e pode revelar até mesmo quais suas preferências de compras e como é sua personalidade no ambiente profissional.

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Com tantas informações, uma das promessas do plugin é indicar aos usuários o que estão compartilhando no Facebook e como os dados armazenados podem ser usados por empresas para exibirem publicidades, por exemplo. Diferente do StalkScan, o Data Selfie não usa o Graph Search, mas machine learnings (máquinas de aprendizado) que interpretam e reúnem insights ocultos nos algoritmos da plataforma.

Um recado para os leigos

“O Data Selfie foi projetado como uma ferramenta open source (de código aberto) que visa criar consciência na sociedade sobre a erosão da privacidade. Nossos algoritmos estão definindo cada vez mais nossas vidas. Portanto, é importante — especialmente para quem é indiferente a essa questão — estar ciente do poder e da influência que seus próprios dados têm sobre você”, afirmam os desenvolvedores do Data Selfie no site oficial da ferramenta para aqueles ainda leigos no assunto.

O relatório

Logo após instalar a extensão no Chrome, no Windows ou no macOS, o Data Selfie passa a rodar atrás do seu Facebook no computador. A única configuração possível do plugin é de quantos segundos ele deve esperar até começar a contar que você está lendo um post (de cinco a quinze segundos). Ao reunir a quantidade mínima de dados já é possível conferir o relatório em alguns poucos dias.

Data Selfie revela atividades dos últimos dias (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)Data Selfie revela atividades dos últimos dias (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)

Os dez amigos mais próximos

Nos primeiros dias, o Data Selfie mostra atividades que você executou no Facebook: o que olhou, quais posts curtiu ou reagiu, links externos em que clicou e comentários e mensagens privadas digitadas. Além disso, revela os dez amigos e páginas que você passou mais tempo vendo as publicações e a quem pertencem os textos, fotos ou vídeos que você mais gostou no seu feed de notícias.

Primeiros dias com o Data Selfie também revelam top 10 de amigos, páginas e likes (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)Primeiros dias com o Data Selfie também revelam top 10 de amigos, páginas e likes (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)

Previsões de Personalidade

Os dados iniciais podem ser bastante surpreendentes, mas os detalhes mais impressionantes sobre o uso do Data Selfie são revelados após pelo menos um mês de uso da rede social com a extensão instalada no PC. Depois desse tempo, o Data Selfie mostra palavras-chaves de conteúdos visualizados, características da sua personalidade e as preferências sociais.

Na aba “Previsões de personalidade” do relatório, a machine learning transforma as informações em aspectos sobre você. De 0 a 100% a máquina classifica seu perfil profissional, político e emocional, por exemplo. Já em “Preferências” o plugin interpreta o que foi digitado em comentários e mensagens para apontar detalhes sobre compras, atividades físicas e lugares que aparecem no seu discurso.

Com ajuda de machine learning, plugin identifica orientações e preferências (Foto: Divulgação/Data X)Com ajuda de machine learning, plugin identifica orientações e preferências (Foto: Divulgação/Data X)

O que cada dado quer dizer

Online: há quanto tempo está usando o Facebook no navegador desde a última vez que fez login ou abriu a página da rede social.

Total: número de horas que passou no Facebook desde que ativou o Data Selfie no computador.

Atividade: o que você olhou (passou mais de cinco segundos no post), curtiu (gostou ou reagiu), clicou (links para sites externos) e digitou (em comentários ou mensagens privadas). As ações são indicadas por dias e horários e detalhadas ao passar o mouse por cima de cada uma.

Top: os dez amigos e páginas que você mais passou tempo (em segundos) vendo um post. Em “Likes” indica de quem ou do que você mais curtiu textos, fotos ou vídeos.

Keyword: relevância e sentimento de importantes palavras-chaves no conteúdo que você olhou no feed de notícias.

Entidades: relevância e sentimento de pessoas, organizações ou lugares no conteúdo que você olhou no feed de notícias.

Previsões de personalidade: resultado do que você digita e vê em páginas. As características são indicadas de 0 a 100% e podem definir variação emocional, imposição no ambiente profissional, comunicação e opinião política.

Orientações: inclinações religiosas e políticas resultantes das páginas visitadas.

Preferências: desejos e reprovações baseados no que foi digitado em comentários ou mensagens. Podem revelar o que gosta de comprar, atividades físicas que não gosta de fazer e lugares que prefere.

Data Selfie só está disponível para PC e é possível baixar relatório (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Data Selfie só está disponível para PC e é possível baixar relatório (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Para guardar o relatório para futuras consultas, o Data Selfie permite exportar todos os dados coletados. As informações ficam armazenadas em um arquivo .JSON (converta para Excel), padrão para grande volume de texto. No macOS é possível abrir o download em programas nativos, já no Windows é provável que precise de um conversor ou um app específico depois de baixar.

Facebook no celular

O Data Selfie só lê informações do Facebook em navegadores tradicionais de PCs ou notebooks, o que pode desanimar usuários da rede social no smartphone. Segundo os desenvolvedores, ativar a extensão para funcionar em um software para celular ainda é impraticável.

“Nós reconhecemos que a maioria do uso das redes sociais é feita em celulares. Porém, não é possível para nós acessar a aplicação nativa do Facebook móvel (e isso é uma coisa boa!)”, revelam os criadores, indicando que o obstáculo é, na verdade, uma segurança aos dados pessoais.

Tudo o que o Facebook sabe sobre você; vídeo


Via Data Selfie

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Dj Maya
    2017-03-06T10:34:25

    Muito útil para quem sabe o que fazer com os dados. Para a maioria não serve pra nada, e ainda pode ser perigoso se tiver dados roubados e nesses dados forem esse relatório.

  • Jotta Ferrari
    2017-03-06T10:19:11

    é por essa e outras que muita gente está deixando as redes sociais..