TechTudo

06/01/2013 08h42 - Atualizado em 30/01/2013 19h53

Confira a lista de jogos para PC lançados no primeiro semestre de 2012

Rafael Monteiro Para o TechTudo

O ano de 2012 foi recheado de grande lançamentos para os PCs. Com a popularidade dos serviços Origin e Steam, muitos foram os gamers que turbinaram suas máquinas para aproveitar os lançamentos e promoções periódias. Confira uma lista com os melhores lançamentos para PC em 2012:

Diablo 3 (Foto: Divulgação) (Foto: Diablo 3 (Foto: Divulgação))Diablo 3 (Foto: Divulgação)

JANEIRO

- Guild Wars Complete Collection

Aqueles que não puderam acompanhar Guild Wars no ano em que foi lançado poderão se atualizar de uma só vez com essa coleção. The Guild Wars: Complete Collection possui as três principais campanhas, Prophecies, Factions e Nightfall, além da expansão Eye of the North.

Guild Wars: The Complete Collection (Foto: Divulgação)Guild Wars: The Complete Collection (Foto: Divulgação)

A coletânea garante a jogadores oito slots de criação de personagens, além de uma quest exclusiva, chamada M.O.X. Não há qualquer tipo de melhoramento no funcionamento do jogo original, mas ela acompanha upgrades como o 1 Million Edition Upgrade, que equivale ao Game of the Year Upgrade e Guild Wars 2008 Upgrade, deixando o título o mais atualizado possível.

- Q.U.B.E.

Seguindo a inspiração de jogos como o popular Portal, Q.U.B.E. traz um quebra-cabeça com blocos em primeira pessoa semelhante ao título da Valve. Usuários ficarão presos em salas futuristas constituídas de blocos brancos e terão que utilizar blocos coloridos para escapar.

Q.U.B.E. (Foto: Divulgação)Q.U.B.E. (Foto: Divulgação)

Cada sala possui um certo número de blocos coloridos, os quais o jogador pode manipular com suas luvas especiais. Cada cor de bloco tem um efeito diferente, como os amarelos que costumam vir em grupos, os vermelhos que podem ser arrastados e os azuis que servem para quicar. Dominar cada um deles é o caminho para vencer.

- Choplifter HD

Inspirado no clássico dos fliperamas, esta nova versão ressuscita o divertido conceito do original com direito a muitas novidades. Choplifter sempre foi uma série que se destacou por não se tratar apenas de mais um título de combate, mas sim por trazer um jogo de helicóptero baseado em resgatar pessoas.

Choplifter HD (Foto: Divulgação)Choplifter HD (Foto: Divulgação)

Choplifter HD tem grandes fases a serem exploradas, todas com progressão alteral 2D, apesar de os gráficos serem em 3D. Seu objetivo é resgatar um certo número de pessoas, enfrentando tudo que estiver no caminho. As fases são tão grandes que não é difícil encontrar segredos divertidos, como galinhas gigantes ou participações especiais de outros personagens, como Super Meat Boy e até mesmo Duke Nukem.

- Sonic CD

Considerado pelos fãs como o ápice da série, Sonic CD foi lançado originalmente para o Sega CD em 1993, e agora está disponível também em uma versão mais completa para PC. Este capítulo traz elementos de sucesso do ouriço azul com belas músicas e cenas de animação.

Sonic CD (Foto: Divulgação)Sonic CD (Foto: Divulgação)

Não foi difícil para Sonic CD cair nas graças do público, já que era de longe o jogo mais veloz do personagem, e com mais elementos graças ao upgrade do Sega CD. Para se ter uma ideia, o título apresentou um conceito de viagem no tempo, onde cada fase existe em 4 tempos diferentes, passado, presente, futuro bom, onde Sonic venceu Robotink, e futuro ruim, onde Sonic foi derrotado e o mundo dominado.

- Sonic The Hedgehog 4 - Episode I

A versão PC de Sonic 4 chegou com um certo atraso em relação a outras plataformas, mas não deixou de ser um título bastante esperado pelos fãs da franquia. Sonic 4: Episode 1 tenta resgatar as origens dos clássicos jogos do mascote, trazendo de volta a jogabilidade totalmente em 2D, mesmo enquanto se utiliza de gráficos 3D para produzir os visuais.

Sonic 4: Episode 1 (Foto: Divulgação)Sonic 4: Episode 1 (Foto: Divulgação)

Infelizmente, o jogo não conseguiu atender às expectativas dos fãs, que esperavam algo digno do legado dos primeiros Sonic the Hedgehog. A física e a jogabilidade decepcionaram um pouco, e no PC ele ainda foi lançado no mesmo dia que Sonic CD, permitindo amplas comparações, nada positivas, para Sonic 4.

- Serious Sam: Kamikaze Attack

Produzido pela Be-Rad Entertainment, Serious Sam: Kamikaze Attack coloca jogadores no papel de um dos mais icônicos inimigos da franquia, o Beheaded Kamikaze. Ele faz parte de uma série de jogos independentes, a Serious Sam Indie Series, criados para promover o lançamento de Serious Sam 3: Before First Encounter.

Serious Sam: Kamikaze Attack (Foto: Divulgação)Serious Sam: Kamikaze Attack (Foto: Divulgação)

A jogabilidade lembra os jogos de corrida infinita para smartphones, com a diferença que você não está fugindo de algo, mas sim tentando alcançar Serious Sam, para explodi-lo. Durante seu trajeto, vários obstáculos tentarão impedi-lo e o próprio Sam irá atacar com suas muitas armas.

- Serious Sam: The Greek Encounter

Este é outro jogo da série Serious Sam Indie Series, dessa vez produzido pela Epic Ruth. Aqui a aventura é em um estilo retrô, 8 bits, proveniente de consoles como o Nintendinho ou Master System. Sam é visto por uma câmera aérea e tem que eliminar exércitos inimigos na antiga Grécia.

Serious Sam: The Greek Encounter (Foto: Divulgação)Serious Sam: The Greek Encounter (Foto: Divulgação)

Segundo os fãs, este não é dos produtos mais inspirados da Epic Ruth e realmente decepciona por ser superficial demais. As fases não são mais do que arenas que servem de cenário para a matança, e o próprio combate não é tão interessante assim, apesar de trazer todo o estilo de Serious Sam.

- Law & Order: Legacies

Baseado na série policial de TV, Lei & Ordem, Legacies é um jogo com sete histórias, onde é possível interagir com vários personagens do programa. Entre eles estão nomes como Rey Curtis, Lennie Briscoe, Anita Van Buren, Abby Carmichael, Jack McCoy, Mike Logan, Michael Cutter, Adam Schiff e até mesmo Olivia Benson, da subsérie Lei & Ordem: Unidade de Vítimas Especiais.

Law & Order: Legacies (Foto: Divulgação)Law & Order: Legacies (Foto: Divulgação)

O título foi desenvolvido pela Telltale Games e segue o estilo de apontar e clicar característico da empresa. A ação é dividida entre investigações com os detetives e participações nos tribunais, com os promotores. Em alguns momentos percebe-se a falta de um pouco mais de participação do jogador, o que torna certas partes do jogo parecidas com episódios interativos.

FEVEREIRO

- The Darkness 2

Dois anos após a história do primeiro The Darkness, jogadores voltam a encarnar o papel de Jackie Estacado, que suprimiu seus poderes sombrios durante todo esse tempo. Porém, ele se tornou um grande criminoso e quando uma facção rival tenta matá-lo, acaba cedendo às sombras novamente para sobreviver e eliminá-la.

The Darkness 2 (Foto: Divulgação) (Foto: The Darkness 2 (Foto: Divulgação))The Darkness 2 (Foto: Divulgação)

A apresentação do jogo lembra bastante a de uma história em quadrinhos, considerando que várias artes foram inclusive desenhadas à mão pelos artistas envolvidos. Além da aventura principal, The Darkess 2 ainda conta com uma segunda campanha no modo multiplayer, chamada Vendettas, que pode ser jogada offline ou cooperativamente online com quatro pessoas.

- Gotham City Impostors

Imagine um jogo do Batman, porém sem a presença do Homem-Morcego. Parece bizarro, mas seguindo a onda dos populares títulos Batman: Arkham Asylum e Arkham City, a Monolith Productions criou Gotham City Impostors, um jogo de tiro multiplayer onde jogadores incorporam o papel de imitadores do Batman e do Coringa.

Gotham City Impostors (Foto: Divulgação) (Foto: Gotham City Impostors (Foto: Divulgação))Gotham City Impostors (Foto: Divulgação)

As partidas ocorrem com 12 pessoas, divididos em times de 6 Batmans e 6 Coringas. Cada participante pode personalizar seu visual e escolher bugigangas que o ajudem no combate. Além de tudo, os combates utilizam armas de fogo, algo que o Cavaleiro das Trevas jamais aprovaria pessoalmente.

- Kingdoms of Amalur Reckoning

Às vezes referenciado como o The Elder Scrolls V: Skyrim da Electronic Arts, este foi um projeto que teve um verdadeiro Dream Team de desenvolvimento. Estavam envolvidos nomes como R.A. Salvatore, escritor de contos de Forgotten Realms, Ken Rolston, designer original da série The Elder Scrolls, e Todd McFarlane, criador do personagem Spawn.

Kingdoms of Amalur: Reckoning (Foto: Divulgação) (Foto: Kingdoms of Amalur: Reckoning (Foto: Divulgação))Kingdoms of Amalur: Reckoning (Foto: Divulgação)

Jogadores encarnam o papel de um herói que morreu e ressuscitou sem memórias, tornando-se a única criatura verdadeiramente livre em um mundo onde seu destino sempre está traçado. Em comparação com Skyrim, a arte é mais viva e o sistema de batalha é interessante, mas o jogo desaponta em outras questões. A produtora, 38 Studios, acabou falindo quando as vendas não atingiram sua meta.

- Fallout: New Vegas – Ultimate Edition

Diferente do que o título pode sugerir, New Vegas não é uma sequência de direta de Fallout 3, mas obviamente utiliza-se de elementos familiares do jogo anterior para constituir sua identidade. No papel de Courier, um mensageiro, jogadores terão que revirar New Vegas para recuperar um importante pacote que lhes foi roubado.

Fallout: New Vegas - Ultimate Edition (Foto: Divulgação) (Foto: Fallout: New Vegas - Ultimate Edition (Foto: Divulgação))Fallout: New Vegas - Ultimate Edition (Foto: Divulgação)

A versão Ultimate Edition de Fallout: New Vegas é basicamente o mesmo jogo porém com todos os DLCs lançados posteriormente para a aventura já inclusos, além de todos os consertos liberados através de atualizações. Esta versão inclui os pacotes de DLC: Dead Money, Honest Hearts, Old World Blues, Lonesome Road, Gun Runners’ Arsenal e Courier’s Stash.

- Alan Wake

Com uma atmosfera que parece baseada nos clássicos de Stephen King, Alan Wake é um jogo de ação e suspense que se passa em um mundo não tão diferente do nosso. O popular escritor Alan Wake e sua esposa Alice viajam para a pequena cidade de Bright Falls buscando um pouco de descanso e inspiração, quando uma sombria força desconhecida começa a agir.

Alan Wake (Foto: Divulgação) (Foto: Alan Wake (Foto: Divulgação))Alan Wake (Foto: Divulgação)

Jogadores assumem o papel do próprio Alan Wake, vagando por florestas e outros locais da cidade, enfrentando pessoas que foram possuídas pelas trevas e tentando manter sua sanidade. Ao lutar contra as sombras, meros postes podem ser refúgios e até mesmo uma lanterna pode ser uma arma. No mundo de Alan Wake a escuridão não é apenas a ausência de luz, mas um mal com consciência própria.

- Syndicate

Apesar de utilizar o nome da clássica série de estratégia Syndicate, este reboot da franquia segue por um caminho bastante diferente. Produzida pela Starbreeze Studios e publicado pela Electronic Arts, a nova versão agora é um FPS, jogo de tiro em primeira pessoa, com grande foco no multiplayer online.

Syndicate (Foto: Divulgação) (Foto: Syndicate (Foto: Divulgação))Syndicate (Foto: Divulgação)

A história se passa em 2069, um futuro onde grandes corporações lutam entre si utilizando grupos de mercenários para realizar suas missões. A temática permite que os mapas multiplayer ofereçam objetivos a serem completados além da matança tradicional e a tecnologia futurista traz novos pontos de vista para o combate.

- Microsoft Flight

Após muitos anos com a série Microsoft Flight Simulator, a empresa decidiu fazer um movimento diferente, criando Microsoft Flight. O jogo ainda é um avançado simulador de aviação que permite que você voe por vários locais do mundo, porém se tornou gratuito para atingir um público maior, cobrando por itens extras, como cenários marcantes ou aeronaves especiais.

Microsoft Flight (Foto: Divulgação) (Foto: Microsoft Flight (Foto: Divulgação))Microsoft Flight (Foto: Divulgação)

Microsoft Flight teve uma aceitação razoável, mas a parte de simulação sofreu um pouco na transição. Não era incomum um jogador casual pegar os jogos antigos e mal conseguir decolar. Já nesta nova versão os controles se tornaram mais fáceis de operar, o que a torna mais acessível. Algo que os entusiastas de aviação não vão achar tão interessante.

MARÇO

- Angry Birds Seasons

Com o sucesso de Angry Birds, a Rovio Entertainment lançou um episódio especial de Halloween que fez bastante sucesso. Logo a empresa viu o potencial dessa ideia e criou Angry Birds Seasons. Usuários pagavam pelo jogo apenas uma vez, mas recebiam constantes atualizações temáticas baseadas em datas especiais durante todo o ano.

Angry Birds Seasons (Foto: Divulgação) (Foto: Angry Birds Seasons (Foto: Divulgação))Angry Birds Seasons (Foto: Divulgação)

Enquanto outros capítulos de Angry Birds são um pouco estáticos, Seasons sempre recebe novidades curiosas, como novas fases e até mesmo novos personagens. Na expansão Back to School por exemplo, foi introduzida a primeira fêmea do grupo, um pássaro rosa conhecido como Bubble Bird. Devido a sua flexibilidade, Angry Birds Seasons é uma ótima pedida em qualquer plataforma.

- Mass Effect 3

Após dois outros Action RPGs aclamados pelo público e pela crítica, Mass Effect 3 vem para fechar a trilogia, finalmente trazendo o final da história que encerra essa épica saga. Ainda respondendo por suas ações nos jogos anteriores, o Comandante Shepard irá novamente enfrentar os Reapers, dessa vez com direito até mesmo a um modo multiplayer cooperativo online.

Mass Effect 3 (Foto: Divulgação) (Foto: Mass Effect 3 (Foto: Divulgação))Mass Effect 3 (Foto: Divulgação)

A série ficou conhecida pelo seu profundo sistema de escolhas e informações que são passadas de um título para o outro, permitindo realmente uma aventura contínua. Porém, se envolveu em uma certa polêmica sobre seu final quando alguns fãs não ficaram satisfeitos que algumas de suas decisões pareceram não importar. Isso não deve, no entanto, diminuir a grandeza do título.

- The Sims 3: Showtime

Mais uma das muitas expansões de The Sims 3, Showtime traz o divertido mundo do Show Business para a vida dos seus Sims. Se estiver cansado do seu emprego de sempre, você poderá virar um cantor famoso, um DJ descolado ou mesmo tentar ganhar a vida como um mágico ou acrobata.

The Sims 3: Showtime (Foto: Divulgação) (Foto: The Sims 3: Showtime (Foto: Divulgação))The Sims 3: Showtime (Foto: Divulgação)

O desafio fica por conta de administrar suas novas carreiras e até mesmo preparar tudo para seus shows, como o palco. É possível personalizá-lo com itens especiais e até mesmo salvar essa arrumação para usá-la sempre. O jogo também recebeu uma edição especial de colecionador que acompanhava itens extras com temática da cantora Katy Perry.

- Total War: Shogun 2

Apesar de sempre muito aclamada, a série de jogos de estratégia Total War havia se distanciado um pouco de suas origens, mostrando um pouco mais de guerra moderna. Porém, Total War: Shogun 2 resgata todo o charme das batalhas disputadas entre clãs de samurais rivais no Japão feudal do século XVI.

Total War: Shogun 2 (Foto: Divulgação) (Foto: Total War: Shogun 2 (Foto: Divulgação))Total War: Shogun 2 (Foto: Divulgação)

O jogo mistura elementos de administração onde jogadores devem tomar conta de suas terras, garantindo a captação de recursos e produção de equipamentos militares, com seções em que você realmente toma o controle do seu exército. Muitos dos elementos mais complexos da franquia foram simplificados, atraindo uma nova geração de fãs.

- Angry Birds Space

Após conquistarem o mundo do entretenimento, os pássaros zangados resolveram ir onde nenhuma ave jamais foi antes: o espaço. Angry Birds Space traz novas variações dos clássicos personagens, apresentados em versões espaciais e futuristas, para enfrentar fases com novas mecânicas de gravidade.

Angry Birds Space (Foto: Angry Birds Space)Angry Birds Space (Foto: Angry Birds Space)

Em Angry Birds Space, ao invés de simples fases com porcos inimigos protegidos por construções, temos vários planetas com suas gravidades próprias que influem no seu arremesso. Isso significa que você pode lançar um pássaro e a gravidade de um plano puxar o arco do arremesso para outra direção, permitindo várias estratégias.

- Ridge Racer Unbounded

Apesar de muito conhecida nos consoles, este capítulo da série de corrida Ridge Racer marca a primeira vez em que a franquia chega aos PCs. Tal mudança não foi aleatória, Unbounded realmente trouxe várias novidades para a franquia, introduzindo elementos de destruição de cenário à corrida.

Ridge Racer Unbounded (Foto: Divulgação)Ridge Racer Unbounded (Foto: Divulgação)

A escolha de uma nova direção para a série obviamente dividiu os jogadores. Alguns torceram o nariz enquanto outros abraçaram as mudanças, que provavelmente conquistaram alguns novos fãs. A ideia de partes do cenário serem destruídas ajudou a jogabilidade a se tornar mais dinâmica, mas também afastou um pouco o foco das corridas. Porém, extras como o editor de fases deverão satisfazer todos os públicos.

- Rayman Origins

Após muito tempo na geladeira, a Ubisoft trouxe seu clássico mascote de volta em grande estilo. Rayman Origins conta as origens do estranho herói sem braços em um inesperado jogo de plataforma completamente 2D, inclusive nos gráficos, que são talvez os mais belos e bem animados da geração.

Rayman Origins (Foto: Divulgação) (Foto: Rayman Origins (Foto: Divulgação))Rayman Origins (Foto: Divulgação)

O título demonstra claramente que bebeu da fonte de New Super Mario Bros. Wii, trazendo multiplayer para quatro jogadores. O primeiro usuário controla Rayman, o segundo fica com seu bonachão amigo Globox, e os outros dois controlam criaturinhas chamadas Teensies, personalizando-os com roupas diferentes. Para quem sentia saudade dos antigos jogos de plataforma, não há como errar com este.

ABRIL

- Blacklight Retribution

A produtora do jogo, a Zombie Inc., surpreendeu a todos ao revelar que a sequência de Blacklight: Tango Down seguiria o modelo de serviço Free to Play, gratuito. Blacklight: Retribution é um FPS multiplayer online onde jogadores podem se enfrentar através de vários modos de jogo e mapas.

Blacklight: Retribution (Foto: Divulgação) (Foto: Blacklight: Retribution (Foto: Divulgação))Blacklight: Retribution (Foto: Divulgação)

Há uma boa quantidade de modos tradicionais, como Deathmatch, Team Deathmatch e Capture the Flag, além de outros mais exóticos, como Domination, Kill Confirmed e Siege. Neste último você tem que invadir com um tanque o território inimigo. Infelizmente não há campanha single player, apenas bots para treinar offline.

- Shoot Many Robots

Este é um jogo de ação e plataforma produzido pela Demiurge Studios, constituída por membros da equipe que desenvolveu BioShock. Jogadores pegarão grandes armas e, como o título sugere, irão atirar em muitos robôs através de fases frenéticas com direito a grandes chefes no final. Há ainda um modo apenas com hordas de inimigos e suporte a cooperativo para até quatro pessoas.

Shoot Many Robots (Foto: Divulgação) (Foto: Shoot Many Robots (Foto: Divulgação))Shoot Many Robots (Foto: Divulgação)

Você começa com um personagem básico, podendo equipá-lo com uma arma padrão de munição infinita e uma arma especial com munição limitada. Como você irá personalizá-lo a partir de então depende de quantas porcas de parafuso, a moeda do jogo, você ganhará em suas batalhas.

- Superbrothers: Sword & Sworcery EP

Inicialmente, este parece ser um título de aventura comum com o clássico estilo de apontar e clicar com o mouse, porem Superbrothers surpreende com uma maior inclinação para o lado artístico. Todo o mundo do jogo tem um grande foco em passar uma marcante experiência audiovisual para o usuário.

Superbrothers: Sword & Sworcery EP (Foto: Divulgação) (Foto: Superbrothers: Sword & Sworcery EP (Foto: Divulgação))Superbrothers: Sword &; Sworcery EP (Foto: Divulgação)

Seu objetivo será guiar um monge guerreiro que tem uma missão a completar nesse mundo. Você poderá explorar, lutar com sua espada e até mesmo invocar magias para resolver quebra-cabeças. Porém, o mais curioso é como o mundo real influi no jogo. Superbrothers altera-se com base nas fases da Lua e interage diretamente com o Twitter em um engenhoso sistema que deixa pistas para outros usuários.

- Botanicula

Aqui temos outro jogo de aventura do gênero apontar e clicar voltado para o lado artístico, porém focando-se agora em botânica e no carisma dos personagens. Botanicula conta a história de cinco criaturinhas vegetais que precisam proteger a última semente da árvore onde moravam, a qual agora está infestada de parasitas maléficos.

Botanicula (Foto: Divulgação) (Foto: Botanicula (Foto: Divulgação))Botanicula (Foto: Divulgação)

Com esta premissa inocente o jogo cativa através de uma comunicação abstrata, permitindo aos usuários explorar mais de 150 locais enquanto acompanham as aventuras do grupo. Além disso, cada personagem tem sua própria personalidade e habilidades. Animações engraçadas completam a atmosfera desse jogo extremamente simpático.

- A Valley without Wind

Viva uma jornada sem roteiro ou caminhos lineares, essa é a proposta de A Valley Without Wind. O mundo da aventura pode ser explorado da maneira que você quiser e se adapta a sua maneira de jogar. É possível focar-se em combates e obter novas magias ou construir sua própria cidade e criar um refúgio seguro para sobreviventes.

A Valley without Wind (Foto: Divulgação) (Foto: A Valley without Wind (Foto: Divulgação))A Valley without Wind (Foto: Divulgação)

Seu objetivo final é salvar o mundo do maléfico Overlord, o qual você pode enfrentar a qualquer momento, mas será necessário muito poder para vencê-lo. É possível ficar mais forte aprendendo habilidades através de missões, explorando o mundo em busca de itens mágicos ou mesmo mandando os habitantes de sua cidade fazerem isso para você. E se precisar de ajuda, ainda há suporte para multiplayer.

- The Walking Dead: The Game

Baseado nas histórias em quadrinhos de The Walking Dead, e também conhecido pela série de TV, o jogo da Telltale Games surpreendeu a todos quando foi revelado que seu gênero seria de apontar e clicar. Porém, o que ninguém esperava era que ele se tornasse uma das aventuras mais intensas lançadas esse ano.

The Walking Dead: Episode 1 - A New Day (Foto: Divulgação) (Foto: The Walking Dead: Episode 1 - A New Day (Foto: Divulgação))The Walking Dead: Episode 1 - A New Day (Foto: Divulgação)

O formato, como outros títulos da Telltale Games, é episódico, com 5 episódios planejados no total. A história segue a jornada de Lee Everett, um sobrevivente no início do apocalipse zumbi de The Walking Dead, que encontra uma menina chamada Clementine e começa a tomar conta dela. Um dos pontos altos do jogo é o sistema de decisões, que influenciam pesadamente a história.

- Sniper Elite V2

Nesta sequência do popular Sniper Elite, jogadores poderão novamente encarnar um atirador de elite na Segunda Guerra Mundial, visando alterar o curso da história. No papel de Karl Fairburne, um soldado dos Estados Unidos em Berlim, sua missão será impedir que a tecnologia V2 de foguetes alemães caia nas mãos da Rússia, nos anos que precederam a Guerra Fria.

Sniper Elite V2 (Foto: Divulgação) (Foto: Sniper Elite V2 (Foto: Divulgação))Sniper Elite V2 (Foto: Divulgação)

A jogabilidade consiste em se movimentar sem ser percebido pela velha Berlim, observando seus alvos e abatendo-os. Isso tudo com a violência de uma câmera que acompanha a trajetória do projétil e exibe em detalhes o dano causado por ele. Jogadores também terão que ajudar cientistas dispostos a debandar para os Estados Unidos e eliminar aqueles que estejam mais inclinados a ajudar os russos.

MAIO

- Diablo 3

O terceiro jogo da série Diablo, asssim como seus antecessores, segue como um RPG clássico, desenvolvido pela Blizzard Entertainment, que faz sucesso entre os adeptos do estilo. Seu lançamento oficial foi em 15 de maio de 2012, mas a espera era de cerca de 10 anos desde o anúncio da produção do game.

diablo3_2 (Foto: diablo3_2)Diablo 3 (Foto: Divulgação)

 

O jogador tem a possibilidade de escolher uma das cinco classes de personagens existentes: Arcanista (Wizard), Bárbaro (Barbariam), Caçador de Demônios (Demon Hunters), Feiticeiro (Wich Doctor) e Monge (Monk). O título impressiona com seus gráficos, repletos de efeitos e belas animações, e com uma intensa experiência de combate. Além disso, o jogo foi totalmente traduzido para o português.

- Sonic the Hedgehog 4: Episode 2

Como continuação do Sonic the Hedgehog 4, o novo episódio promete superar o título anterior que não foi bem aceito pelos gamers e nem pela crítica especializada. Nesta nova versão, o jogo conta ainda com a presença de Tails, melhor amigo do Sonic, em incríveis cenários tridimensionais.

Sonic the Hedgehog 4: Episode 2 (Foto: Gematsu) (Foto: Sonic the Hedgehog 4: Episode 2 (Foto: Gematsu))Sonic the Hedgehog 4: Episode 2 (Foto: Gematsu)

A jogabilidade melhorou em relação a seu predecessor, o que pode garantir que Sonic the Hedgehog 4: Episode 2 tenha uma boa aceitação por parte dos fãs. Por outro lado, a trilha sonora ainda deixa a desejar. De qualquer modo Sonic ainda é Sonic. O clássico porco espinho azul em busca de muita ventura.

- Resident Evil Operation Raccoon City

Em Resident Evil: Operation Raccoon City você é um soldado do serviço de segurança da Umbrella (U.S.S) com um único objetivo: eliminar Leon Kennedy. O grande diferencial desta série é justamente estar do lado oposto dos protagonistas das séries anteriores. Além disso, foi adicionado o modo Multiplayer que permite ao jogador comandar seu esquadrão contra outros times e contra as criaturas afetadas pelo T-Virus. Confira detalhes dos modos multiplayer aqui.

Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação) (Foto: Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação))Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação)

Apesar dos esforços e novidades do título, os fãs da série não aprovaram as mudanças. Talvez por terem sido drásticas demais a ponto de assustar a primeira vista. Segundo comentários dos gamers, a jogabilidade é o que mais foi afetado nesta versão, os controles simplesmente não respondem, a mecânica é ruim e o jogo é bem curto.

- Alan Wake American Nightmare

Na continuação de Alan Wake, em Alan Wake’s American Nightmare o protagonista luta contra o psicopata das trevas: Mr.Scratch. O cenário se passa no Arizona, onde Alan se mantém em modo de sobrevivência utilizando-se de artifícios, armas, e a já conhecida lanterna, que tem poder de tornar os inimigos das trevas vulneráveis a seu arsenal.

Alan Wake's American Nightmare (Foto: Divulgação) (Foto: Alan Wake's American Nightmare (Foto: Divulgação))Alan Wake's American Nightmare (Foto: Divulgação)

Vários inimigos assustadores, um grande poder de fogo à disposição, além de uma jogabilidade divertida e ao mesmo tempo desafiadora . Porém, muitos ainda reclamam do roteiro repetitivo, diálogos estranhos e na falta de suspense, que foi o ponto forte do primeiro jogo.

- DiRT Showdown

Desenvolvido pela Codemasters, DiRT Showdown é a continuação de DiRT, que se popularizou pelas corridas e competições off-road além dos belos gráficos. A ideia agora é focar nas manobras, diversão e muita destruição.

DiRT Showdown (Foto - Divulgação) (Foto: DiRT Showdown (Foto - Divulgação))DiRT Showdown (Foto - Divulgação)

A campanha de Showdown é composta por 52 eventos que mesclam quatro tipos diferentes de competição, focando em disputas que colocam a toda prova habilidades do jogador em realizar truques e manobras, possibilitando novas e divertidas maneiras de destruir seus oponentes.

- Command & Conquer: Tiberium Alliances

Nesta versão do game, o objetivo dos jogadores é controlar o centro do mundo. Logo no início, cada um deles estabelece uma base em uma fatia do mapa, com proteção garantida contra ataques por uma semana – tempo suficiente para avançar com suas construções e tecnologias.

Command & Conquer: Tiberium Alliances (Foto: Divulgação) (Foto: Command & Conquer: Tiberium Alliances (Foto: Divulgação))Command & Conquer: Tiberium Alliances (Foto: Divulgação)

Após esse tempo, é possível batalhar com outros jogadores para desenvolver cada vez mais sua nação e conquistar novos territórios.O jogo é gratuito e traz a versão para navegadores através da rede social Facebook.

JUNHO

- Max Payne 3

Consagrado em suas versões anteriores, Max Payne 3 é um jogo de ação em 3ª pessoa onde o protagonista é Max Payne, um ex-detetive de Nova York que procura retomar sua vida no Brasil. No desenrolar da história, Max acaba cruzando com o crime organizado de São Paulo e se vê obrigado a voltar à ativa.

Max Payne 3 (Foto: Divulgação) (Foto: Max Payne 3 (Foto: Divulgação))Max Payne 3 (Foto: Divulgação)

O game traz de volta o efeito “Bullet-Time“, que permite ao jogador quase parar o tempo e observar detalhes das ações do personagem, como encher de balas um criminoso, por exemplo. O modo “Last Man Standing“ dá a Max um alívio da morte por um pequeno período, se ele tiver um analgésico com ele. Se o jogador for capaz de acertar o inimigo que o feriu com balas ele irá então recuperar a energia suficiente.

- The Sims 3 Katy Perry’s Sweet Treats

The Sims 3 Katy Perry’s Sweet Treats é uma expansão para The Sims 3 que permite que os jogadores utilizem objetos em forma de doces, além de poder utilizar as roupas da cantora Katy Perry em seus Sims. Há também novos locais baseados em guloseimas açucaradas, é claro.

The Sims 3 Katy Perry's Sweet Treats. (Foto: Divulgação) (Foto: The Sims 3 Katy Perry's Sweet Treats. (Foto: Divulgação))The Sims 3 Katy Perry's Sweet Treats. (Foto: Divulgação)

Assim como todas as expensões lançadas, The Sims 3 Katy Perry’s Sweet Treats requer o The Sims 3 original previamente instalado.

- Civilization V: Gods & Kings

Assim como nas outras expansões de Civilization V, o novo pacote traz novas tecnologias, unidades, maravilhas, construções e civilizações, é claro. Cenários, sistema de combate melhorado e espionagem diplomática também estão presentes.

Expansão - Sid Meier's Civilization V: Gods & Kings (Foto: Divulgação) (Foto: Expansão - Sid Meier's Civilization V: Gods & Kings (Foto: Divulgação))Expansão - Sid Meier's Civilization V: Gods &; Kings (Foto: Divulgação)

A expansão inclui 27 novas unidades, 9 novas Maravilhas, 13 novas construções, e 9 novas civilizações (Holanda – Guilherme I, Príncipe de Orange; Celtas – Boadiceia e os Maias – Pacal, o Grande). Além disso, ela permite ainda fundar uma religião e disseminá-la para todas as nações no mundo. Prato cheio para os fãs da série.

- Brave: The Video Game

Brave (Valente, no Brasil) é um jogo baseado na animaçãoda Pixar - criadora de Toy Story. O jogo permite correr, saltar e abrir caminho pelas paisagens montanhosas da Escócia. Os jogadores controlam a aventureira princesa Merida, personagem central do filme, podendo utilizar espadas e arco e flechas para derrotar seus inimigos. O objetivo é desfazer uma maldição e salvar o reino.

Brave: The Video Game (Foto: Divulgação) (Foto: Brave: The Video Game (Foto: Divulgação))Brave: The Video Game (Foto: Divulgação)

Brave: The Video Game tem gênero de ação e aventura em terceira pessoa e prometia ir além da história contada no filme. Porém, infelizmente o jogo não foi muito aceito pela crítica por seus gráficos mal acabados e história curta demais.

- LEGO Batman 2: DC Super Heroes

A história de LEGO Batman 2 faz uma homenagem ao universo de super-heróis dos quadrinhos, com referências a desenhos, filmes e outras produções - como Superman. O homem de aço pode ser utilizado para auxiliar a carregar objetos mais pesados, por exemplo. Este título traz ainda falas dubladas e muito humor.

LEGO Batman 2: DC Super Heroes (Foto: Divulgação) (Foto: LEGO Batman 2: DC Super Heroes (Foto: Divulgação))LEGO Batman 2: DC Super Heroes (Foto: Divulgação)

Quanto à jogabilidade, um ponto forte que permanece desde as sagas anteriores, é o modo multiplayer. Afinal de contas, é sempre bom jogar com outra pessoa, já que a resolução de muitos quebra-cabeças na aventura requer que dois jogadores cooperem entre si. Além disso, neste modo os jogadores podem explorar locais diferentes por toda Gotham para receber e conculir missões específicas.

- Quantum Conundrum

Um dos maiores puzzles de ação e aventura do ano, Quantum Conundrum é um quebra cabeça completo. O jogo segue o mesmo estilo de Portal, que foi um dos títulos mais premiados do ano passado. Inclusive, Quantum Conundrum foi desenvolvido pela designer Kim Swift, uma das mentes por trás do jogo da Valve.

Quantum Conundrum (Foto: Divulgação) (Foto: Quantum Conundrum (Foto: Divulgação))Quantum Conundrum (Foto: Divulgação)

Através de uma luva mágica, o jogador controla todas as quatro dimensões disponíveis e deverá ser capaz de desvendar todos os quebra-cabeças envolvidos na história do jogo. Basta utilizar o raciocínio lógico, mover objetos de um lado para o outro, utilizar a gravidade a seu favor e pronto.

- Ghost Recon: Future Soldier

Ghost Recon, da Ubisoft, é uma franquias das mais respeitadas entre os gamers. Neste novo título Tom Clancy’s Ghost Recon: Future Soldier, a história se passa em um futuro não muito distante, onde soldados precisam retomar a paz em determinados locais do planeta. Para isso, eles contam com um arsenal mais do que moderno para auxiliar em missões estratégicas e arriscadas.

Tom Clancy's Ghost Recon: Future Soldier (Foto: Divulgação) (Foto: Tom Clancy's Ghost Recon: Future Soldier (Foto: Divulgação))Tom Clancy's Ghost Recon: Future Soldier (Foto: Divulgação)

Um dos pontos positivos deste título são os cenários inspirados em locais reais, como Noruega, Meio Oeste, Ásia e Rússia. As armas e equipamentos são bem futuristas, garantindo uma boa ação no jogo e um tiroteio digno dos grandes títulos deste gênero.

- Spec Ops: The Line

Spec Ops: The Line é um jogo de tiro em terceira pessoa que se passa na cidade de Dubai após uma tempestade de areia que soterrou o local. Uma equipe é enviada para tentar salvar os sobreviventes depois que um sinal de rádio misterioso foi recebido por eles.

Spec Ops: The Line (Foto: Divulgação) (Foto: Spec Ops: The Line (Foto: Divulgação))Spec Ops: The Line (Foto: Divulgação)

Comandar uma equipe de soldados para cumprir missões é um dos principais objetivos neste de jogo de pura ação. No controle da equipe está o Capitão Martin Walker. A jogabilidade está incrível, há uma enorme diversidade de armas e os gráficos não ficam para trás em comparação a outras franquias..

- London 2012: The Official Video Game of the Olympic Games

Baseado nas olimpíadas de 2012 em Londres, o game traz diversas modalidades de esporte. O jogo inclui mais de 45 eventos olímpicos que têm reproduções fiéis dos diferentes locais na cidade de Londres, como ciclismo no Velódromo, salto sincronizado no Centro Aquático e trampolim na North Greenwich Arena.

London 2012 - The Official Video Game of the Olympic Games (Foto: Divulgação) (Foto: London 2012 - The Official Video Game of the Olympic Games (Foto: Divulgação))London 2012 - The Official Video Game of the Olympic Games (Foto: Divulgação)

 

O jogo apresenta os modos single e multiplayer, além de partidas e rankings online. Esses rankings, segunda a SEGA, computam todas as medalhas recebidas nos eventos enquanto se joga online, além das melhores pontuações e tempos. Cada medalha ganha irá ajudar a aumentar o ranking de um determinado país, criando cada vez mais momentos de glória e fama esportiva ao redor do mundo.

- The Walking Dead: Episode 2 – Starved for Help

Muita tensão e ação no segundo episódio da série garantem membros e muito sangue rolando na tela. A história retoma a mesma jornada por sobrevivência de Lee Everett e a menina Clementine no primeiro episódio. Três meses se passaram desde o primeiro capítulo, e a dupla agora se encontra bem longe, chegando a uma fazenda.

The Walking Dead: Episode 2 - Starved for Help (Foto: Divulgação) (Foto: The Walking Dead: Episode 2 - Starved for Help (Foto: Divulgação))The Walking Dead: Episode 2 - Starved for Help (Foto: Divulgação)

No segundo episódio de “The Walking Dead”, a Telltale consegue preservar os elementos que funcionaram no capítulo inicial, ao mesmo tempo em que resolve os problemas de câmera e aumenta a tensão e suspense da aventura. As tomadas de decisão devem ser rápidas e precisas para salvar a própria pele.

Confira a lista de jogos para PC lançados no segundo semestre de 2012.

  • imprimir
  • Compartilhar no Orkut
  • Enviar para um Amigo
140 caracteres

Verificação de segurança

Gênero

  • Dewce Begalow
    2013-01-13T01:46:18

    Resident Evil Op. Raccon City e PES 2013: Melhores jogos de COMÉDIA! hahaha Só faltou o RE6 pra completar a lista de fiasco. Pena que o de PC desse não saiu em 2012.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • David Santos
    2013-01-07T14:54:42

    Faltou em Outubro o lançamento do Euro Truck Simulator 2. É fantástico

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Dhyego Barbosa
    2013-01-07T00:51:49

    quero só ver se vão postar meu comentário

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Dhyego Barbosa
    2013-01-07T00:50:51

    SÓ LEMBRANDO AOS EDITORES DA MATÉRIA QUE O WORLD OF WARCRAFT MOP TEVE SEU LANÇAMENTO OFICIAL NO DIA 25 DE SETEMBRO.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Manu Barba
    2013-01-06T20:02:32

    ¬¬ aff

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário

TechTudo.com.br © Copyright 2010-2014 Globo Comunicação e Participações S.A. Política de Privacidade