De Final Fantasy a Castlevania, relembre games que fazem 20 anos em 2017

Vários jogos clássicos completam duas décadas esse ano e resolvemos falar um pouco sobre eles


Por André Luiz de Mello Pereira, ´para Techtudo

007, Age of Empires, Final Fantasy, Castlevania e muitos outros jogos completam 20 anos em 2017. Mesmo com um futuro promissor no mundo dos games, com tecnologia de realidade virtual, há 20 anos os jogadores se entusiasmaram com os lançamentos de 1997 e fazem parte, hoje, da lista de fãs de videogame. Confira os títulos que completam 20 anos em 2017.

Vale lembrar que a lista é apenas uma pequena amostragem com os maiores lançamentos de 1997 e não representa todos os títulos lançados naquele ano. Caso algum game tenha ficado de fora, você pode lembrá-lo nos comentários abaixo.

Final Fantasy VII

FInal Fantasy 7 segue um dos capítulos mais famosos da franquia (Foto: Divulgação/Square Enix) FInal Fantasy 7 segue um dos capítulos mais famosos da franquia (Foto: Divulgação/Square Enix)

FInal Fantasy 7 segue um dos capítulos mais famosos da franquia (Foto: Divulgação/Square Enix)

Considerado até hoje como um dos maiores RPGs já lançados para consoles, Final Fantasy 7 marca o primeiro titulo da franquia da Square Enix (na época, ainda Squaresoft) a ser lançado em 3D. Após um longo período de produção, em que diferentes versões foram planejadas para o Nintendo 64, o game acabou sendo lançado em janeiro de 1997 para o PlayStation.

Com trama adulta, mas com vários momentos de humor e personagens icônicos, Final Fantasy 7 foi um sucesso de público e crítica, tornando-se o título com o maior número de vendas da série. Tanto é que por anos os fãs clamavam por um remake do jogo em plataformas mais potentes, como o PS3. Finalmente, a Square Enix já está em produção desse remake, que deve ser lançado para PS4.

Star Fox 64

Quando o Nintendo 64 chegou às lojas em 1996, o console trazia uma boa linha de jogos de lançamento, mas foi em 1997 que ele realmente começou a ter destaque, graças a jogos como Star Fox 64. Uma sequência do jogo de Super Nintendo, o game trazia gráficos estiizados que aproveitavam o poder (e até as limitações) do console, entregando uma aventura espacial na medida para o videogame da Nintendo.

Peppy Hare, Slippy Toad, Fox McCloud e Falco Lombardi eram da equipe Starfox no N64 (Foto: Divulgação/Nintendo) Peppy Hare, Slippy Toad, Fox McCloud e Falco Lombardi eram da equipe Starfox no N64 (Foto: Divulgação/Nintendo)

Peppy Hare, Slippy Toad, Fox McCloud e Falco Lombardi eram da equipe Starfox no N64 (Foto: Divulgação/Nintendo)

Outro elemento que fez de Star Fox 64 um enorme sucesso foi o fato de o game acompanhar o Rumble Pak, um aparelho que, quando acoplado ao controle do Nintendo 64, trazia a função Rumble, que tremia o controle conforme o que acontecia no jogo. Na época, isso foi uma grande novidade.

Parappa the Rapper

Em 1997, era muito comum que, ao comprar um novo PlayStation, você recebesse alguns discos com demos de jogos que estavam para chegar às lojas. Um jogo que apareceu nesses discos foi Parappa the Rapper, que colocava o jogador no controle de um pequeno rapper tentando lidar com tarefas mundanas na base da música e kung-fu.

Parappa the Rapper aprendendo kung-fu através da música (Foto: Divulgação/Sony) Parappa the Rapper aprendendo kung-fu através da música (Foto: Divulgação/Sony)

Parappa the Rapper aprendendo kung-fu através da música (Foto: Divulgação/Sony)

Antes mesmo de poder colocar as mãos no game, ele já era querido por muita gente, o que acabou acarretando em um bom lançamento nos EUA em 1997.

Age of Empires

Em 1997, o gênero de estratégia em tempo real seguia forte nos PCs, com títulos como Command & Conquer e Warcraft 2 como seus maiores exemplos de sucesso. A Microsoft lançou Age of Empires para ser o principal concorrente de Civilization. Em AoE, o jogador controla uma nação durante um longo período, passando pela Idade da Pedra e Idade do Ferro.

Age of Empires se tornou um dos clássicos do seu gênero (Foto: Divulgação/Microsoft) Age of Empires se tornou um dos clássicos do seu gênero (Foto: Divulgação/Microsoft)

Age of Empires se tornou um dos clássicos do seu gênero (Foto: Divulgação/Microsoft)

O game fez sucesso nos PCs, vendendo milhares de cópias e tornando-se um dos nomes mais importantes do gênero.

Goldeneye 007

É praticamente impossível falar sobre jogos de tiro em primeira pessoa nos consoles e ignorar Goldeneye 007. O game, baseado no filme "007 Contra Goldeneye", é tão responsável quanto Doom e Wolfenstein na popularização do gênero FPS e aquele que conseguiu mostrar que jogos do tipo podem funcionar com um controle.

Goldeneye 007 segue como um dos clássicos do gênero FPS (Foto: Foto: Reprodução/YouTube) Goldeneye 007 segue como um dos clássicos do gênero FPS (Foto: Foto: Reprodução/YouTube)

Goldeneye 007 segue como um dos clássicos do gênero FPS (Foto: Foto: Reprodução/YouTube)

Lançado para o Nintendo 64, o jogo aproveitava bem o controle do console, e trazia um modo multiplayer local, com a tela dividida em quatro partes, que traz lembranças para milhares de jogadores.

Tekken 3

A série de luta Tekken já tinha garantido uma boa base de fãs com seus dois primeiros games, mas com Tekken 3 a franquia alcançou um público maior, graças ao maior número de lutadores disponíveis e melhorias no seu gameplay.

O capoeirista Eddie Gordo é um dos personagens mais conhecidos de Tekken 3 (Foto: Divulgação/Bandai Namco) O capoeirista Eddie Gordo é um dos personagens mais conhecidos de Tekken 3 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

O capoeirista Eddie Gordo é um dos personagens mais conhecidos de Tekken 3 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

Além de ter passado no PlayStation de muitos jogadores, Tekken 3 também foi lançado em arcades, o que aumentou ainda mais o seu alcance.

Gran Turismo

Até o lançamento de Gran Turismo, simuladores de corrida pareciam ser exclusivos de PCs, enquanto consoles recebiam, em sua maioria, jogos com uma jogabilidade mais leve. O game de PlayStation mudou isso, apesar de ainda contar com alguns elementos de seu gameplay que não afastavam jogadores mais casuais.

Gran Turismo foi um dos primeiros simuladores de corrida do PS1 (Foto: Reprodução/YouTube) Gran Turismo foi um dos primeiros simuladores de corrida do PS1 (Foto: Reprodução/YouTube)

Gran Turismo foi um dos primeiros simuladores de corrida do PS1 (Foto: Reprodução/YouTube)

Com vários veículos licenciados, o game foi o pontapé inicial de uma franquia que dura até hoje, e um dos títulos que firmaram um gênero dentro dos consoles.

Turok: Dinosaur Hunter

Muito se fala de Goldeneye 007, mas outro jogo de tiro em primeira pessoa lançado em 1997 ajudou bastante a firmar o gênero nos consoles. O game, uma adaptação dos quadrinhos do mesmo nome, colocava o jogador no controle de Turok, um americano que lutava contra um ser malígno que tentava dominar o universo.

Turok coloca o jogador no controle de um nativo americano contra dinossauros (Foto: Reprodução/YouTube) Turok coloca o jogador no controle de um nativo americano contra dinossauros (Foto: Reprodução/YouTube)

Turok coloca o jogador no controle de um nativo americano contra dinossauros (Foto: Reprodução/YouTube)

O game tinha uma diferença considerável no seu gameplay, que utilizava melhor o analógico do controle do Nintendo 64 para mirar, aliado aos botões C. De certa forma, ele serviu como uma alternativa e percurssor daquilo que vemos hoje, com a disponibilidade de dois analógicos nos controles.

Castlevania: Symphony of the Night

Considerado até hoje como o melhor capítulo da sua franquia e um dos maiores games já feitos, Castlevania: Symphony of the Night coloca o jogador no controle de Alucard, filho do Conde Dracula, invadindo o castelo do pai para impedir que ele ressurja e traga uma nova era de trevas à Terra.

Castlevania: SoTN é considerado um dos melhores jogos de todos os tempos (Foto: Reprodução/Youtube) Castlevania: SoTN é considerado um dos melhores jogos de todos os tempos (Foto: Reprodução/Youtube)

Castlevania: SoTN é considerado um dos melhores jogos de todos os tempos (Foto: Reprodução/Youtube)

O game conta com bons gráficos, jogabilidade, exploração (com pitadas de RPG), uma trilha sonora incrível e dificuldade em um pacote que até hoje é excelente.

Qual o melhor jogo antigo de fliperamas? Comente no Fórum do TechTudo.

Jogos clássicos do PlayStation 1 serão relançados nos smartphones

MAIS DO TechTudo