05/02/2015 06h00 - Atualizado em 05/02/2015 06h00

Crash Bandicoot: relembre os melhores jogos do clássico personagem

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Crash Bandicoot é um dos mais famosos personagens da época do PlayStation One, que até funcionou como uma espécie de mascote quando a Sony não pretendia ter um. Eventualmente, com o lançamento do PlayStation 2 e mudanças no desenvolvimento, a série acabou tendo problemas e sendo esquecida. Relembre os melhores jogos do protagonista.

Crash Bandicoot e Wipeout: veja franquias que poderiam voltar para o PS4

Crash Bandicoot era praticamente um mascote da Sony na época do PlayStation One (Foto: GENGame)Crash Bandicoot era praticamente um mascote da Sony na época do PlayStation One (Foto: GENGame)

Crash Bandicoot (1996)

O primeiro game do personagem, Crash Bandicoot, era um título de plataforma 3D comum para o PlayStation One, porém muito divertido. Ele colocava jogadores em fases que eram como corredores, onde só se podia seguir para frente. Enquanto Super Mario 64 criava um mundo em 360° para se explorar, Crash era uma conversão mais direta dos clássicos jogos de plataforma, que apenas trocava o movimento lateral pela profundidade do 3D.


Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back (1997)

Apesar da popularidade do jogo original, foi a sequência que realmente estabeleceu o sucesso de Crash, evoluindo tudo do primeiro título. Jogabilidade mais precisa, maior quantidade e variedade de fases, gráficos mais bonitos e menos linearidade, porém ainda mantendo a fórmula dos estágios em “corredor”. Para muitos fãs este foi o ápice da série.


Crash Bandicoot 3: Warped (1998)

O terceiro capítulo da série Crash seguiu novamente a fórmula de expandir o conteúdo de seu antecessor, porém dessa vez com menos impacto. Os gráficos de Warped são provavelmente os mais bonitos apresentados no PlayStation One, mas o grande destaque ficou pela estreia de Coco Bandicoot, irmã de Crash, que apareceu pela primeira vez como uma personagem jogável.


Crash Team Racing (1999)

A primeira vez que Crash se aventurou fora do gênero de plataforma foi seguindo a clássica fórmula de Mario Kart, a qual na época ainda não era tão estabelecida assim. Crash trouxe um bom jogo de corrida de karts, definitivamente o melhor do PlayStation One. Ele ainda incorporou elementos como o multiplayer para quatro pessoas de Mario Kart 64 e o modo história de Diddy Kong Racing.


Crash Bandicoot: The Huge Adventure (2002)

Curiosamente a estreia de Crash em um portátil foi no GameBoy Advance da Nintendo, marcando a quebra de exclusividade do personagem em consoles PlayStation. The Huge Adventure fez um trabalho excepcional em transpor a experiência 3D de Crash Bandicoot para uma nova perspectiva 2D.


Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex (2001)

Após o sucesso da trilogia original, Crash deu o salto para a próxima geração com um jogo para o PlayStation 2. No entanto, o estúdio dos primeiros jogos, a Naughty Dog, não estava mais envolvida na produção e isso acabou se refletindo na qualidade do título. The Wrath of Cortex não é um jogo ruim, mas decepcionou na época por não apresentar inovações significantes no novo console.


Crash Bandicoot: Twinsanity (2004)

Por outro lado, o capítulo Twinsanity tentou compensar a falta de inovação do jogo anterior, trazendo uma série de novidades. Com isso, Crash perdeu o que restava de sua identidade, focando-se mais em elementos de aventura do que de plataforma. Um detalhe interessante desse título é que Crash forma uma aliança com seu maior inimigo, o Dr. Neo Cortex, para tentar salvar sua ilha.


Crash Bandicoot Purple: Ripto’s Rampage (2004)

Voltando aos portáteis, o GameBoy Advance foi palco de um estranho crossover, no qual os personagens Crash Bandicoot e Spyro the Dragon se cruzaram e acabaram lutando um contra o vilão do outro. Assim como o marsupial ganhou uma “versão roxa” do jogo na cor de Spyro, o dragão recebeu uma “versão laranja” na cor de Crash.


Crash of the Titans (2007)

Quando a série Crash já estava sumida há um bom tempo nos consoles, eis que surgiu uma tentativa de reboot com Crash of the Titans. O personagem e todo o seu mundo teve o visual refeito e toda a jogabilidade foi alterada. O foco se tornou uma mecânica de controle de monstros, deixando Crash em segundo plano. Ainda assim, ele ganha mais atenção nesse jogo do que na sequência Mind Over Mutant.


Quais jogos de PS1 ou PS2 você gostaria de ver no PS4? Comente no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Eider Cursino
    2015-02-05T10:42:18  

    Esqueceram que depois de Crash 3, houve o Crash Bash para o PS One, um ótimo e desafiante jogo. Só o cito aqui pois se foram para Crash Kart, acho justo falar dele

    recentes

    populares

    • Eider Cursino
      2015-02-05T10:42:18  

      bem lembrado elder, o BASH era o massa tbm, jogava com meu irmao direeeto

  • And Luz
    2015-02-05T17:20:12

    Um remake dos 3 primeiros seria épico para quem viveu no auge do Crash.