Jogos simuladores

04/02/2015 08h01 - Atualizado em 19/06/2015 17h38

SimCity: conheça as versões mais obscuras do simulador de cidades

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

A série SimCity é muito conhecida em seus capítulos principais, desde o original de 1989, passando por SimCity 2000 e 3000, até o SimCity atual para PC. Porém, além desses capítulos principais, há um conjunto de jogos paralelos e conversões para as mais diversas plataformas que não são muito conhecidas. Confira algumas das versões mais obscuras do game.

Confira nosso review completo de SimCity

SimCity 2000 para GameBoy Advance oferecia uma conversão competente (Foto: YouTube)SimCity 2000 para GameBoy Advance oferecia uma conversão competente (Foto: YouTube)

SimCity Social (Facebook)

Durante a febre dos jogos de Facebook, SimCity recebeu uma versão para a rede social, com as tradicionais mecânicas de angariar recursos, esperar que sua energia se recarregasse para realizar ações e microtransações com dinheiro real. Além de poucas pessoas terem realmente experimentado o título, ele só funcionou durante um ano, entre junho de 2012 até junho de 2013, encerrando rapidamente suas atividades.


SimCity (Super Nintendo)

A ideia de passar um jogo tão complexo quanto SimCity para os videogames era estranha na época, mas a popularidade da série convenceu. Para auxiliar na transição, a Nintendo criou o personagem Dr. Wright, baseado no criador do simulador, Will Wright, o qual até apareceu em capítulos da série Super Smash Bros. Este capítulo não foi tão obscuro assim em sua época, mas é desconhecido para os jogadores atualmente.


SimCity DS (Nintendo DS)

Com a chegada das telas de toque nos videogames, SimCity com certeza parecia uma ótima opção para o Nintendo DS. O título é uma espécie de versão portátil do SimCity 3000, bastante simplificado, com algumas mudanças e extras. Um elemento bastante interessante é que jogadores podiam apagar incêndios simplesmente assoprando no microfone do aparelho.


SimCity Creator (Nintendo Wii)

Inicialmente não parece haver nada de tão excepcional assim em SimCity Creator, porém é um capítulo que dá um passo extra na personalização de suas cidades. Não só isso, a adição do Wii Remote permite jogar minigames no meio da sua metrópole e até mesmo controlar catástrofes de uma forma nunca antes vista para destruí-la.


SimCity 2000 (GameBoy Advance)

Antes mesmo de os portáteis terem potência para rodar versões parrudas de SimCity, o GameBoy Advance já tentava dar conta do recado com uma conversão bem bacana com gráficos isométricos. Apesar de pouco prático de jogar, o game se focava mais no micro gerenciamento da cidade, quadrado por quadrado.


SimCity Societies (PC)

Apesar de SimCity sempre ter tido seu público, os jogos da série sempre foram considerados muito complexos, até mesmo pelo seu criador, Will Wright. Societies tentou mudar isso, focando-se mais no lado social da série e menos na administração extremamente detalhista. Obviamente o público não curtiu a mudança de direção e este capítulo acabou não fazendo muito sucesso.


O que você acha da polêmica sobre SimCity? Comente em nosso Fórum.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Claudio Barroo
    2016-03-18T18:15:13

    Po o Sim city devia lançar versões pro ps4 e xbox, né?