Jogos de estratégia

20/05/2015 08h01 - Atualizado em 20/05/2015 09h17

Alan Wake completa cinco anos; relembre a série de terror e suspense

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Alan Wake é uma franquia de terror e suspense para Xbox 360 e PC que está completando cinco anos essa semana. Concebido inicialmente como um grandioso jogo exclusivo para o console, o game sofreu pesados atrasos. Quando finalmente foi lançado não correspondeu às expectativas e caiu um pouco no esquecimento. Relembre um pouco sobre a série.

Alan Wake: confira dicas para mandar bem no jogo de terror

Clássico Alan Wake completa 5 anos de terror e suspense (Foto: Reprodução/ICMX)Clássico Alan Wake completa 5 anos de terror e suspense (Foto: Reprodução/ICMX)

Alan Wake (2010 – Xbox 360 / 2012 – PC)

O primeiro Alan Wake foi o jogo que mais criou expectativa da série, que prometia ser um grande exclusivo do Xbox 360. Desenvolvido pela Remedy Entertainment, a mesma produtora que adaptou Max Payne para os videogames, Alan Wake prometia trazer gráficos incríveis e uma atmosfera incrivelmente assustadora, com fortes influências do escritor Stephen King, gênio do suspense.

A história se desenrola ao redor de Alan Wake, um escritor que está com um bloqueio para criar seu próximo livro e decide tirar férias junto com sua esposa Alice e seu agente Barry na pacata cidade de Bright Falls. As coisas começam a se complicar conforme Alan têm pesadelos estranhos e sua esposa é raptada, lançando-o ao seu resgate.

Bright Falls revela-se como a prisão de uma força maligna, a qual precisa do poder de criação de escritores para se libertar. Aos poucos essa força consegue influenciar várias pessoas da cidade, transformando-os em servos das trevas. Alan utiliza uma combinação de luz proveniente de uma lanterna e armas para combater os inimigos.


Alan Wake: The Signal / The Writer
(2010 – Xbox 360 / 2012 – PC)

Curiosamente, apesar de a narrativa ser o ponto forte de Alan Wake, a história acaba em um gancho, sem dar uma conclusão satisfatória para o jogador. O enredo continuou em dois novos capítulos disponibilizados por DLC. O primeiro, The Signal, era gratuito para quem comprou o game no Xbox 360, enquanto The Writer foi vendido separadamente. Ambos acompanhavam a versão para PC gratuitamente.

Talvez o mais irônico é que nem mesmo The Signal e The Writer esclareceram completamente o que aconteceu com Alan Wake. Ambos são partes de uma mesma história que conta o que aconteceu com o escritor após a conclusão da campanha, mas nunca chegam a dar uma resposta definitiva.


Alan Wake: American Nightmare
(2012 – Xbox Live e PC)

Dois anos se passaram desde o primeiro Alan Wake e seu misterioso final. O escritor esteve desaparecido do mundo real durante todo esse tempo, quando então consegue fugir para a cidade fictícia de Night Springs. Nesta realidade paralela Alan terá que enfrentar um sósia maléfico, Mr. Scratch, na esperança de voltar a sua vida normal.


Alan Wake 2
(Cancelado)

Com as baixas vendas da franquia, as possibilidade de um novo capítulo caíram bastante, porém a Remedy chegou a preparar um protótipo do que poderia ser o jogo. Algumas das ideias acabaram encontrando a luz do dia com Alan Wake: American Nightmare, o qual a produtora confirmou que não era Alan Wake 2.

Segundo o diretor criativo da Remedy, Sam Lake, o protótipo foi cancelado pois não seria realmente a sequência que a série merecia, afirmando que o momento não era o certo. Atualmente o estúdio está trabalhando no exclusivo Quantum Break para o Xbox One.


Bright Falls
(2010)

Antes do lançamento de Alan Wake a Microsoft publicou uma série de seis episódios chamada Bright Falls, filmada com atores de verdade. Tratava-se de uma prequel do game, contando eventos semelhantes que aconteceram com o repórter Jake Fischer antes de Alan Wake chegar à cidade.


Night Springs
(2010)

A cidade fictícia de Alan Wake: American Nightmare é na verdade parte do universo do primeiro jogo, como um programa de TV no estilo do clássico “Além da Imaginação” (Twilight Zone), também com atores. Em televisões do game original era possível assistir alguns desses curtos episódios que contavam histórias bizarras, curiosas e às vezes até macabras.


Qual o melhor game de terror?
Comente no Fórum do TechTudo!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Raja Casablanks
    2015-05-20T15:15:34

    Ficou ótimo a gameplay do 2 e não deviam ter cancelado,mas devem remasteriza-lo no xone e quem sabe um novo game.

  • Vitor Figueiredo
    2015-05-20T11:25:37  

    unico jogo q joguei na vida que nao joguei sozinho e uqe mais mexeu no meu psicologico !

    recentes

    populares

    • Vitor Figueiredo
      2015-05-20T11:25:37  

      na epoca 14 , pq se lesse a noticia saberia que faz 5 anos , pq ? voce com 14 anos jogava sudoku e via debate politico na tv ?

    recentes

    populares

    • Vitor Figueiredo
      2015-05-20T11:25:37  

      Nessa época eu jogava bola na rua, e procurava por meninas ao invés de ficar em casa jogando video game.

  • Lalala Sousa
    2015-05-20T12:04:12  

    Melhor parte desse jogo é que não existe "códigos".. Só assim evita os "apelões"

    recentes

    populares

    • Lalala Sousa
      2015-05-20T12:04:12  

      é mesmo ? me fale mais sobre os vários trainers encontrados na net ...

  • Pedro Leonel
    2015-05-20T11:17:05

    ta parecendo mais silent hill origins pra ps2

  • Danilo
    2015-05-20T09:41:07

    O jogo no começo é legal mas depois de um tempo enjoa devido a falta de cenários,quando você sai da floresta acontece algo (geralmente o Alan vê alguma coisa e escorrega de volta) e você volta pra floresta ou seja,raramente vê um cenário diferente,sem contar a falta de criatividade com os inimigos.