Players

15/08/2015 09h03 - Atualizado em 17/08/2015 13h41

Plano Família: tudo o que você precisa saber sobre Spotify e outros

Felipe Alencar
por
Para o TechTudo

Os serviços de streaming de música, como Spotify, Deezer, Rdio e Apple Music, vieram para ficar. A maioria deles possui o chamado “Plano Família”, uma modalidade de assinatura que permite que duas ou mais pessoas usem a mesma conta sem que as preferências musicais de um interfira nas do outro. Confira todos os detalhes do plano e veja se vale a pena assinar com o amigo, irmão ou namorado. 

Streaming de música: veja preços e compare pacotes pagos, sem anúncios

Spotify divulga uma lista com os 20 estilos top so serviço (Foto: Lucas Mendes/TechTudo) (Foto: Spotify divulga uma lista com os 20 estilos top so serviço (Foto: Lucas Mendes/TechTudo))Ouça músicas em família com várias contas conectadas ao serviço de streaming (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)


Spotify

No Spotify, um dos mais populares serviços de streaming no mundo todo, o Plano Família permite que até cinco contas Premium compartilhem uma assinatura mensal. Destas cinco, apenas o administrador paga o preço cheio da mensalidade, os demais ganham desconto de 50%. Assim, o Plano Família mais barato custa R$ 22,35 (com duas pessoas) e o mais caro, com quatro subcontas, sai por R$ 44,90.

Todos os membros do Spotify Family têm acesso ilimitado a mais de 30 milhões de músicas com transmissão de alta qualidade. Cada usuário pode ouvir músicas offline em até três dispositivos diferentes; há a possibilidade de se criar e compartilhar playlists entre os membros da família e as preferências musicais de um não afetam em nada as sugestões de faixas, álbuns e playlists dos outros.

Spotify (Foto: Reprodução/Spotify)Spotify tem plano Família que pode sair mais em conta no fim do mês (Foto: Reprodução/Spotify)

O plano não dá direito à promoções ou ao pagamento usando cartões-presentes do Spotify ou do iTunes, por exemplo. Além disso, um ponto importante sobre o Spotify Family é que se o administrador cancelar a assinatura, as demais contas voltarão para o plano grátis no fim do ciclo de cobrança (com anúncios). Você só pode adicionar um membro ao Family se ele morar na mesma casa que você.

Imagine também que você assinou o Spotify Family com duas pessoas e, depois, quer adicionar mais uma. Infelizmente, é preciso cancelar a sua conta e, ao fim do período de cobrança, você deve refazer a assinatura, agora incluindo o usuário extra e convidando os que já faziam parte do plano novamente.

Rdio

O Rdio, serviço de streaming de música, também possui um Plano Família, com os mesmos recursos do Rdio Ilimitado, com a função de adicionar usuários extras. Ao se tornar administrador, você será o único a ser cobrado. Os demais usuários não pagam pelo serviço. 

Assim como ocorre com o Spotify, o administrador do Família paga o valor integral da assinatura e a cada membro extra há um desconto. Com duas contas, o plano custa R$ 22,40. Cada membro adicional acrescentará R$ 7,50 ao valor da assinatura e é possível cadastrar mais de cinco contas diferentes. 

Rdio (Foto: Reprodução/Raissa Delphim )Rdio tem grande acervo e aplicativos para smartphones e PCs (Foto: Reprodução/Raissa Delphim )

Ao ser adicionado a um plano família, o seu perfil, coleções, playlists e demais configurações permanecerão intactos. É importante ressaltar que apenas o administrador da conta pode remover as contas secundárias. Portanto, se você quiser sair de um plano família, mas não é o administrador, precisa solicitar que o retirem. Após isso, você volta para o plano grátis do serviço de streaming.

No caso do administrador do plano família querer encerrar o grupo e retornar ao plano Rdio Ilimitado, ele precisa remover todos os membros do plano família antes de voltar para o plano anterior.

Apple Music

O Apple Music não possui um plano família propriamente dito, mas é possível compartilhar sua conta com até cinco usuários adicionais com o Compartilhamento Familiar. O plano individual do Apple Music custa US$ 4,99 (cerca de R$ 17) e para usar o Compartilhamento Familiar a mensalidade sobe para US$ 7,99 (cerca de R$ 27). A grande vantagem do plano no serviço da Apple em relação ao seus concorrentes é que o preço não muda em relação ao número de usuários extras. Tanto faz você ter duas ou seis contas no Compartilhamento Familiar, o valor a ser pago é de apenas US$ 7,99.

O Compartilhamento Familiar do iOS permite compartilhar a conta do Apple Music (Foto: Maria Clara Pestre/TechTudo)O Compartilhamento Familiar do iOS permite compartilhar a conta do Apple Music (Foto: Maria Clara Pestre/TechTudo)

O Compartilhamento Familiar dá as mesmas regalias dos planos famílias dos concorrentes, como a possibilidade de ouvir qualquer música ou playlist sem que as suas preferências musicais se misturem com a de outros usuários, sem anúncios, podendo baixar offline e outros recursos.

Além disso, é importante ressaltar que o Compartilhamento não dá acesso apenas ao Apple Music. Com o recurso ativado, todos os usuários terão acesso aos aplicativos comprados e, o mais preocupante, todos os membros poderão comprar no iTunes, iBooks e App Store usando o seu cartão de crédito e sem pedir autorização. As fotos e contatos também são compartilhados entre os membros.

Deezer

O Deezer não possui um plano família. Porém, no serviço francês Deezer você pode comprar um vale-presente para dar a amigos e parentes. O pacote premium individual custa R$ 14,90 por mês.

Deezer com marca (Foto: Reprodução/Raissa Delphim )Deezer permite compra de vale-presente (Foto: Reprodução/Raissa Delphim )

Google Play Music

Até o momento, a Google Play Music não divulgou nenhuma intenção de implementar os planos de compartilhamento ao seu serviço de streaming. O valor unitário do pacote custa também R$14,90 por mês.

Qual é o melhor streaming e por quê? Comente no Fórum do TechTudo.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares