Jogos de RPG

30/03/2016 12h00 - Atualizado em 30/03/2016 12h00

Veja diferentes versões de Chrono Trigger, do Super Nintendo ao DS

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Chrono Trigger ganhou diversas edições desde o seu lançamento, da original no Super Nintendo em 1995 até a do DS, que muitos fãs consideram a versão definitiva. Nesta lista, o TechTudo reuniu diferentes versões de Chrono Trigger. Abaixo, você confere o que cada produção adicionou ao jogo e quais títulos devem ser evitados.

Chrono Trigger: como conseguir todos os finais no DS, Android e iPhone

Chrono Trigger do Super Nintendo (1995)

O clássico na versão original. Chrono Trigger conquistou muitos fãs com seu “Dream Team” composto por Hironobu Sakaguchi, criador de Final Fantasy, Akira Toriyama, criador do desenho animado Dragon Ball, e o famoso compositor Nobuo Uematsu. O game trouxe uma aventura cheia de carisma para o Super Nintendo, com belos gráficos para a época e uma trilha sonora excepcional.

Chrono Trigger foi um grande marco para o Super Nintendo e até hoje é considerado um dos melhores RPGs do console (Foto: Reprodução/Chrono Wikia)Chrono Trigger foi um grande marco para o Super Nintendo e até hoje é considerado um dos melhores RPGs do console (Foto: Reprodução/Chrono Wikia)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Chrono Trigger do PlayStation One (1999)

O primeiro relançamento de Chrono Trigger foi no PS1 e situou jogadores sobre a série antes da chegada da sequência Chrono Cross no console. As principais adições dessa versão foram algumas cenas animadas feitas pelo estúdio de Akira Toriyama, espalhadas através de pontos importantes do game, entre elas a linda abertura. Infelizmente, a conversão não foi muito bem feita – o jogo sofria com terríveis loadings que atrapalhavam a experiência.


Chrono Trigger do Nintendo DS (2008)

A versão para o portátil da Nintendo marcou a primeira vez que a Square Enix mexeu diretamente no conteúdo do game. Alguns diálogos foram alterados para melhor entendimento, a tradução foi revisada para ficar mais próxima ao original, há minigames extras, novos dungeons e até mesmo um novo chefe que leva a um final extra. Para melhorar, ela contém ainda as animações do PlayStation One, porém sem os loadings, o que a faz ser considerada a melhor versão do jogo até hoje.

Chrono Trigger do Nintendo DS é considerada a versão definitiva do game (Foto: Reprodução/IGN e Chrono Wikia)Chrono Trigger do Nintendo DS é considerada a versão definitiva do game (Foto: Reprodução/IGN e Chrono Wikia)

Chrono Trigger do iOS e Android (2011/2012)

Nos smartphones e tablets com sistemas iOS e Android, Chrono Trigger traz todos os extras e mudanças da versão Nintendo DS, mas com algumas diferenças. A fonte do texto e a interface foram mudadas, o que afeta bastante a estética do jogo. No entanto, o maior problema é que a tela de toque não se adapta bem a essa nova interface. Alguns botões são pequenos, próximos uns dos outros ao ponto de causar erros e muitas vezes não funcionam.

Interface da versão iOS e Android de Chrono Trigger atrapalha a experiência apesar dos extras (Foto: Reprodução/iTunes)Interface da versão iOS e Android de Chrono Trigger atrapalha a experiência apesar dos extras (Foto: Reprodução/iTunes)

Chrono Trigger do Nintendo Wii (2011)

O game original do Super Nintendo foi relançado no serviço Virtual Console do Nintendo Wii em 2011, mas é a mesma versão de 1995 – não há nenhum dos extras do PlayStation One ou Nintendo DS. A única vantagem é poder parar o jogo quando quiser e depois retornar exatamente onde parou, função tradicional dos games de Virtual Console do Nintendo Wii. Como outros jogos de Super Nintendo, é necessário ter um controle Pro do console ou um joystick de GameCube para jogá-lo.

Chrono Trigger no Nintendo Wii traz o clássico original sem extras (Foto: Reprodução/The Adventure Gamer)Chrono Trigger no Nintendo Wii traz o clássico original sem extras (Foto: Reprodução/The Adventure Gamer)

Chrono Trigger do PlayStation 3, PSP e PS Vita (2011)

A Sony também relançou a sua versão de Chrono Trigger do PlayStation One em 2011 para PS3 e PSP, atualmente compatível também com o PS Vita. Esta versão não tem os extras do Nintendo DS, mas permite usar filtros gráficos para suavizar o visual do jogo. Também há a opção de deixar os loadings mais rápidos, o que em algumas ocasiões corta a espera pela metade.

Versão PSOne Classic de Chrono Trigger para PS3, PSP e PS Vita reduz o tempo dos loadings (Foto: Reprodução/RotoRob Gaming)Versão PSOne Classic de Chrono Trigger para PS3, PSP e PS Vita reduz o tempo dos loadings (Foto: Reprodução/RotoRob Gaming)

Vocês ainda jogam games retrô nos consoles? Comente no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Eduardo Nakamura
    2016-04-01T19:10:20

    Comprei recentemente um NDSi só por causa desse jogo. Que delícia! Melhor rpg ever, do tempo que a square ainda fazia jogo bom.

  • Roberto Junior
    2016-04-01T12:56:19

    Excelente jogo. Mas precisamos de um novo jogo da série Chrono para as gerações atuais.

  • Rafael Barbosa
    2016-03-31T16:01:26

    Veredito final o do DS é o melhor