Sistemas Operacionais

09/05/2016 08h00 - Atualizado em 09/05/2016 08h00

Seis dicas para quem quer usar o Ubuntu

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

O Ubuntu é a distro Linux mais conhecida e está entre as mais amigáveis, mesmo para quem está acostumado com o Windows ou Mac OS, graças à interface gráfica fácil de configurar e ao esforço da Canonical em concentrar cada vez mais recursos do sistema em ferramentas fáceis que não intimidam tanto, como as linhas de comando onipresentes em outras distribuições Linux. Na lista a seguir, você vai conhecer uma série de dicas simples que vão te ajudar a se dar bem no mundo do sistema operacional livre da Canonical, permitindo que você tenha um controle mais profundo sobre as configurações, personalização e comportamento do sistema no geral.

Como usar o WhatsApp no Ubuntu

Ubuntu 16.04 terá suporte a pacotes snaps, para facilitar a vida de usuários e desenvolvedores (Foto: Divulgação/Canonical) (Foto: Ubuntu 16.04 terá suporte a pacotes snaps, para facilitar a vida de usuários e desenvolvedores (Foto: Divulgação/Canonical))Confira dicas para melhorar o uso do Ubuntu (Foto: Divulgação/Canonical)

1) Use o AppGrid para encontrar apps

Até o lançamento da versão 16.04, o Ubuntu tinha como loja de aplicativos oficial a Central de Programas. Sempre muito criticada pela lentidão, interface e oferta de apps, essa loja acabou substituída pela Software do GNOME. Outra opção que você pode considerar para usar no seu Ubuntu é o AppGrid.

AppGrid é uma loja de apps alternativa que vale à pena considerar no seu sistema Ubuntu (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)AppGrid é uma loja de apps alternativa que vale à pena considerar no seu sistema Ubuntu (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

No AppGrid, o usuário encontra aplicativos e jogos de diversas origens. É fácil navegar entre as categorias e itens ofertados, além de ser possível ter acesso à avaliação realizada por outros usuários para saber se um programa é bom ou não. Outro motivo importante para considerar o AppGrid é que, ao contrário da Central de Programas, ele consegue registrar corretamente PPAs, coisa que a Central de Programas nem sempre faz direito.

Para instalar, basta baixar o pacote de instalação e executá-lo no Ubuntu. O AppGrid é compatível com o Ubuntu 14.04 e superiores.

2) Como mover o launcher do Ubuntu para a borda inferior da tela

O Ubuntu 16.04 resolveu uma antiga queixa da comunidade de usuários: o sistema passou a permitir que a barra de atalhos da interface Unity seja movida para a parte inferior da tela, adotando um aspecto comum no Windows e no Mac.

Unity Tweak Tool também permite mover o launcher para a parte debaixo da tela (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Unity Tweak Tool também permite mover o launcher para a parte debaixo da tela (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

Para fazer isso é bem simples, e há dois métodos: via Terminal, basta entrar o seguinte comando:

gsettings set com.canonical.Unity.Launcher launcher-position Bottom

Isso colocará a barra na parte inferior da tela. Se você quiser movê-la para a esquerda, na posição padrão do Ubuntu, substitua “Bottom” no fim do comando por “Left” – sem as aspas.

É possível usar um comando simples no Terminal para mover o launcher (lançador) do Ubuntu (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)É possível usar um comando simples no Terminal para mover o launcher (lançador) do Ubuntu (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

Outro método para realizar essa modificação envolve o Unity Tweak Tool. Basta acessar “Lançador” no aplicativo e selecionar a posição “Bottom” para mandar a barra para a parte inferior da tela.

Qual é a melhor distribuição Linux? Comente no Fórum do TechTudo

3) Usando o Unity Tweak Tool

Aliás, o Unity Tweak Tool (ou Ferramenta de Ajuste do Unity) é uma ferramenta indispensável para quem deseja personalizar bastante o Ubuntu. Esse programa conta com uma série de regulagens profundas, que afetam a aparência e o funcionamento da interface gráfica do sistema operacional.

Ferramenta dá acesso a diversas configurações da interface que ficam escondidas no Ubuntu (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Ferramenta dá acesso a diversas configurações da interface que ficam "escondidas" no Ubuntu (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

Para instalar a ferramenta, é só buscar por “Unity Tweak Tool” na Central de Programas. Uma vez instalado, você pode usar o aplicativo para personalizar atalhos com o mouse (mover o cursor para determinado canto mostra o desktop, alterna janelas e etc), usar a ferramenta para forçar o Ubuntu a exibir seu nome na barra superior, ou mover o Launcher para a parte inferior da tela.

4) Como remover o acesso de convidado da tela de login?

Por padrão, o Ubuntu oferece a possibilidade de que um usuário não cadastrado no sistema acesse o computador via sessão de convidado. Se você não quer que essa porta esteja aberta para que estranhos loguem na sua máquina, basta desabilitar o recurso.

Acesso de convidado pode permitir que outras pessoas usem seu computador (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Acesso de convidado pode permitir que outras pessoas usem seu computador (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

Para fazer isso, abra o Terminal do sistema e use o seguinte comando:

sudo gedit /usr/share/lightdm/lightdm.conf.d/50-ubuntu.conf

Reproduza o comando e a alteração para eliminar o acesso de visitante na tela de bloqueio (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Reproduza o comando e a alteração para eliminar o acesso de visitante na tela de bloqueio (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

Um editor de texto será aberto com um arquivo de configuração. Crie uma nova linha e insira o valor: allow-guest=false – certifique-se de que está igual à imagem e salve. Pronto, o Ubuntu não permitirá mais acesso de visitantes a partir da tela de bloqueio.

5) Mude o comportamento de bloqueio do sistema

Nas configurações padrão, o Ubuntu vai bloquear o computador depois de alguns minutos de inatividade, exigindo que você digite sua senha para desbloquear o desktop.

Altere o intervalo de tempo que o Ubuntu usa para bloquear o sistema (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Altere o intervalo de tempo que o Ubuntu usa para bloquear o sistema (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

Nas configurações de “Brilho e Bloqueio”, você pode definir quanto tempo o Ubuntu deverá esperar para bloquear a estação de trabalho. Se desejar, também é possível desligar a obrigatoriedade de senha ao retornar.

6) Deixe o PC em dia com o BleachBit

Quem usa o Windows já deve ter usado o CCleaner, aplicativo desenvolvido para limpar o computador e manter o sistema em ordem. O BleachBit é um app para Linux para esse tipo de necessidade. Você pode encontra-lo nas lojas de apps do Ubuntu: Software GNOME (16.04 em diante), Central de Programas e no AppGrid.

BleachBit limpa o sistema para abrir espaço no HD, apagando arquivos inúteis e limpando configurações do sistema (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)BleachBit limpa o sistema para abrir espaço no HD, apagando arquivos inúteis e limpando configurações do sistema (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

Uma vez instalado, o aplicativo é bem simples de usar: basta determinar as configurações, escolher o tipo de análise e usar o app para limpar arquivos e configurações presentes no disco rígido.

Download grátis do app do TechTudo
: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares