Câmera

18/08/2016 07h00 - Atualizado em 18/08/2016 07h00

Conheça 10 recursos para procurar em uma câmera nova antes de comprar

Karen Malek
por
Para o TechTudo

Na hora de comprar uma nova câmera fotográfica é preciso ficar atento aos recursos do aparelho. Com o avanço da tecnologia, equipamentos mais novos trazem funcionalidades que fazem a diferença na hora de tirar uma foto ou gravar um vídeo. Assim, procurar algumas funções pode fazer o investimento valer mais a pena. Para quem busca qualidade na gravação, já há diversos modelos no mercado com suporte ao 4K. Além disso, o Wi-Fi embutido pode ajudar quem busca por praticidade na transferência de arquivos. 

Aprenda a fazer fotos em movimento com uma câmera DSLR

Confira a seguir uma lista com dez recursos para procurar na câmera antes de comprar. Vale lembrar que não é fácil encontrar um aparelho que tenha todas as funções citadas, mas alguns modelos à venda no Brasil já possuem pelo menos cinco das funcionalidades abaixo trabalhando juntas. 

O numero de cliques é importante para analisar a média de vida útil da câmera (Foto: Divulgação/Sony) (Foto: O numero de cliques é importante para analisar a média de vida útil da câmera (Foto: Divulgação/Sony))Conheça recursos que vale a pena procurar em uma câmera nova (Foto: Divulgação/Sony)

1) Gravação em 4K 

Com uma quantidade de pixels quatro vezes maior que as imagens em Full HD, a qualidade 4K veio para melhorar de forma bastante significativa a qualidade de gravações. Com uma nitidez muito maior, o padrão oferece uma riqueza de detalhes e deixa o vídeo mais fiel a realidade.

2) Composite Mode 

Presente nas mais recentes câmeras, o composite mode é um recurso em que a máquina captura várias imagens do mesmo local, com variações do sensor fazendo com que recebam informações completas de uma cor por vez. No final, o aparelho une as informações de cada captura e dá como resultado uma foto que reune as melhores partes de cada variação. 

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

3) Focus peaking 

Quando se usa o foco manual, não é fácil saber exatamente o que está realmente em foco no momento. Assim, o focus peaking realça na tela com uma cor como vermelha, azul ou verde onde o foco está. 

4) Tela inclinável 

Ideal para explorar novos ângulos, a tela inclinável é indicada para todas as situações. Indo além da tradicional direção da foto, o visor com movimento permite que o usuário fuja de luzes que estejam atrapalhando, por exemplo, e faça ajustes na câmera visualizando melhor o trabalho.

A Canon Rebel T5i traz um visor flexível para acompanhar o que está sendo capturado (Foto: Divulgação/Canon) (Foto: A Canon Rebel T5i traz um visor flexível para acompanhar o que está sendo capturado (Foto: Divulgação/Canon))Rebel T5i traz um visor flexível para acompanhar o que está sendo capturado (Foto: Divulgação/Canon)

5) Wi-Fi e NFC 

A tecnologia sem fio permite ao usuário conectar a câmera, via Wi-Fi ou NFC, ao computador ou smartphone para rápida transferência das imagens. Além disso, dependendo do aparelho, algumas disponibilizam um aplicativo para smartphone ou tablet para controlar a máquina de forma remota, sem a necessidade de pressionar o botão na própria câmera. 

6) Foto panorâmica

As câmeras mais compactas e atuais já vem com o modo panorâmico. No entanto, em DSLRs é mais difícil encontrar a função. Ao ativar a foto panorâmica várias capturas são feitas e o resultado final é uma só imagem com um ângulo grande, pegando todo o local de ponta a ponta. A função costuma trazer mais realidade à cena, como a de uma paisagem que expressa bem o que os olhos vêem. 

Build Panoramica (Foto: Elson Junior/TechTudo)Imagens panorâmicas capturam o local de ponta a ponta (Foto: Elson Junior/TechTudo)

7) Estabilizador de imagem 

O estabilizador reduz a vibração da imagem e evita que as fotos fiquem tremidas. O recurso pode vir embutido na lente - no caso de câmeras DSLR - ou só no corpo, e é conhecido como estabilizador óptico de imagem, sendo considerado mais eficaz que o estabilizador digital de imagem, que nada mais é quando a própria câmera eleva o fator ISO, permitindo uma captura de cena mais rápida, entretanto traz como consequência uma foto granulada. 

8) GPS 

Para os que costumam tirar fotos em viagens, o GPS se torna essencial para marcar o local exato da captura. As câmeras que trazem o recurso embutido registram a localização na imagem. 

O modelo da Nikon L840 vem com Wi-Fi e NFC, dispensando a necessidade de fios para exportar mídias (Foto: Divulgação/Nikon)Nikon L840 vem com Wi-Fi e dispensa fios para exportar e compartilhar fotos (Foto: Divulgação/Nikon)

9) Tamanho do buffer e taxa de disparo contínuo 

Para fotografar cenas rápidas e em movimento, como de esportes, é preciso se atentar aos detalhes. O tamanho do buffer determina o número de disparos consecutivos capaz da câmera realizar antes de pausar. 

10) Visor LCD de qualidade

Embora a maioria das câmeras tragam uma tela LCD, é importante prestar atenção na resolução do visor para ter certeza de que está vendo uma imagem em boa qualidade. A especificação se destaca ao permitir que o usuário confira detalhas da foto antes de fazer a captura, por exemplo.  

Canon ou Nikon, qual a melhor câmera abaixo de R$ 1 mil? Comente no Fórum do TechTudo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares