Microsoft lança rivais para Chromebooks com Windows 10 S

Nova versão do sistema operacional é mais leve e focada em notebooks baratos.


Por Paulo Alves

A Microsoft anunciou nesta última terça-feira (2) uma nova variante do Windows 10 para computadores do tipo notebook: o Windows 10 S. O software chega como uma alternativa mais leve do sistema operacional, com foco em estudantes e restrito à loja oficial de apps. Isso quer dizer que, diferentemente da versão completa, o software não permite download de programas desktop com extensão .exe. Em contrapartida, a fabricante do Windows promete maior segurança e funcionamento fluido em notebooks baratos, frazendo frente ao Chromebook, com Chrome OS.

Segundo a Microsoft, o sistema foi pensado com estudantes e professores em mente. O software oferece programas famosos disponíveis gratuitamente na Windows Store, como Autodesk SketchBook, Adobe Photoshop Elements e Minecraft Education Edition (com um ano de assinatura grátis). Aplicativos conhecidos como o Photoshop completo não estão disponíveis, mas notebooks equipados com o novo Windows 10 receberão o Word, Excel e PowerPoint grátis.

Com foco total no público estudantil e universtário, os novos computadores com o Windows 10 S pretendem fazer frente aos Chromebooks, do Google. Nos Estados Unidos, a gigante das buscas domina as salas de aula e cursos com notebooks de baixo custo com Chrome OS e, recentemente, acesso online a apps Android.

Uma das grandes diferenças do Chrome OS para o Windows 10 S será a flexibilidade. A Microsoft promete que qualquer usuário poderá fazer upgrade para o Windows 10 Pro por meio de compra online, por US$ 49 (cerca de R$ 155) ou grátis para clientes do modelo EDU, inscritos em instituições reconhecidas. Isso se dá porque os sistemas são parecidos — possivelmente bem mais que os antigos Windows 8 e Windows RT que não apareceram em novos produtos.

O objetivo final é oferecer um software leve o suficiente a ponto de rodar bem em computadores com hardware modesto — e que cabem no bolso de estudantes. Os primeiros computadores com o sistema serão vendidos a partir de US$ 189 (cerca de R$ 600) fabricados por empresas como Samsung, Acer, ASUS, Dell e HP.

Dell Latitude 11 3000 Series 3189 é um dos primeiros notebooks anunciados com Windows 10 S (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft)) Dell Latitude 11 3000 Series 3189 é um dos primeiros notebooks anunciados com Windows 10 S (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Dell Latitude 11 3000 Series 3189 é um dos primeiros notebooks anunciados com Windows 10 S (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Por enquanto, os modelos anunciados são os HP Probook x360 11 G1 EE, Dell Latitude 11 3000 Series 3189, ASUS Vivobook W202 e Acer Travel Mate Spin B1. Preços e datas de lançamento dos modelos ainda não foram oficializados.

Surface Laptop

Surface Laptop vem com Windows 10 S e design elegante (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft)) Surface Laptop vem com Windows 10 S e design elegante (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Surface Laptop vem com Windows 10 S e design elegante (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Outra novidade é o Surface Laptop, um notebook avançado que não segue a proposta de computador barato. A máquina traz acabamento refinado e configurações superiores do que é esperado para o restante do portfólio..

Suas especificações incluem tela Full HD (1080p) de 13,5 polegadas touch com proporção 3:2, processador Intel Core i5 ou i7 de sétima geração, até 8 GB de RAM e no máximo 256 GB de armazenamento em SSD. Pesando apenas 1,25 g, o laptop conta com portas USB e mini DisplayPort, além de entrada para cartão SD.

O Surface Laptop será comercializado nas cores prata, dourada, azul e vinho a partir de 15 de junho nos Estados Unidos. A versão mais barata, com i5, 4 GB de RAM e SSD de 128 GB, será vendida por US$ 999 (aproximadamente R$ 3.160).

MAIS DO TechTudo