iOS 11 terá Siri mais esperta; Apple revela novidades no Mac, iPad e Watch

Versão do sistema do iPhone será de graça; expectativa é de que seja liberado em setembro


Por Thássius Veloso, de San José (EUA)*

A Apple apresentou novidades para desenvolvedores nesta segunda-feira (05), em um evento nos Estados Unidos. No "esquenta" da conferência, a empresa revelou que nos últimos dez anos foram repassados US$ 70 bilhões a criadores de programas para celular, PC e TV – o equivalente a R$ 230 bilhões, pelo câmbio de hoje.

"Nosso compromisso com a comunidade de desenvolvimento não mudou", declarou o presidente Tim Cook. Ele citou dois extremos entre o público de programadores: um estudante australiano de dez anos, que começou a programar com seis, como o mais jovem participante da WWDC 2017; e uma senhora de 82 anos, do Japão, que no começo do ano publicou seu primeiro app.

Tim Cook, CEO da Apple, durante a WWDC (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Tim Cook, CEO da Apple, durante a WWDC (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Tim Cook, CEO da Apple, durante a WWDC (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

iOS 11, o próximo sistema do iPhone e iPad

A Apple anunciou que 86% dos dispositivos com iOS rodam a versão mais recente do sistema, o iOS 10. Enquanto isso, o Android 7 está em apenas 7% dos telefones com Android, anunciou o CEO Tim Cook. "Uma fragmentação horrorosa", acrescentou.

O aplicativo de Mensagens ficará compatível com a nuvem do iCloud. Ao comprar um novo dispositivo da marca, todas as conversas serão sincronizadas. Segundo Craig Federighi, ao apagar uma mensagem num iPhone, ela sumirá também dos demais aparelhos Apple sincronizados com a mesma conta.

Apple anuncia iOS 11 para iPhones e iPads (Foto: Reprodução/Apple) Apple anuncia iOS 11 para iPhones e iPads (Foto: Reprodução/Apple)

Apple anuncia iOS 11 para iPhones e iPads (Foto: Reprodução/Apple)

A assistente virtual Siri ficou mais esperta. A tecnologia de aprendizado permitirá que ela responda uma mensagem que pergunta onde o usuário está com a localização geográfica. "Temos apenas uma Siri em todos os seus dispositivos", afirmou o executivo. Ele lembrou que as informações passam por criptografia ponta a ponta, o que na prática significa que os funcionários da Apple não têm como interceptar as informações.

Ainda em relação à Siri, foi anunciada a tradução de sentenças. O usuário poderá falar com ela em um idioma, e ela responderá em outro. A Apple não informou a data em que o recurso passará a funcionar em português do Brasil.

O aplicativo de fotos ganhará compressão melhor, para economizar espaço no iPhone e na nuvem do iCloud. As imagens clicadas com um dispositivo rodando iOS 11 terão metade do peso, o que deve dar um respiro para quem possui um telefone mais antigo e com armazenamento de 16 GB.

Novo design da App Store (Foto: Reprodução/Apple) Novo design da App Store (Foto: Reprodução/Apple)

Novo design da App Store (Foto: Reprodução/Apple)

Num anúncio para desenvolvedores, a empresa mostrou o AR Kit, tecnologia de reconhecimento de movimento. Os programadores poderão usá-la para criar aplicativos de realidade aumentada (AR). No palco foi demonstrado um programa que exibia a imagem da câmera do telefone, ao vivo, e permitia incluir objetos como uma xícara de café e um abajur.

Novo iPad Pro

Com tela de 10,5", ele tem bordas mais finas e pesa apenas meio quilo. A escolha deste tamanho se deve à possibilidade de exibir um teclado virtual com tamanho real. A empresa vai vender um teclado físico, para quem preferir digitar longe da tela.

A tecnologia do display mudou: em vez dos 60 Hz (a tela atualiza 60 vezes por segundo), o novo iPad Pro 10,5" conta com 120 Hz. "Todas as animações e movimentos feitos na tela serão mais precisos e suaves", disse um vice-presidente.

O processador A10X marca presença, com seis núcleos. A placa de vídeo conta outros 12 núcleos, o que garante gráficos 40% mais rápido do que no processador A9.

Função muito pedida pelos consumidores da Apple, a recarga rápida também estará no tablet.

Estes são os novos preços dos iPads atualizados:

  • iPad Pro 10,5: a partir de US$ 649;
  • iPad Pro 12,9: a partir de US$ 799.

O iPad Pro 10,5 chega ao Brasil em julho. Por enquanto, não há previsão de preço.

Apple anunciou novo iPad Pro durante a WWDC (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Apple anunciou novo iPad Pro durante a WWDC (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Apple anunciou novo iPad Pro durante a WWDC (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

macOS High Sierra

A próxima versão do navegador Safari oferecerá bloqueio de vídeos que abrem automaticamente quando o internauta acessa uma página. Segundo o vice-presidente Craig Federighi, esse comportamento bastante comum em alguns sites causa incômodo nos usuários do navegador.

Um sistema inteligente também bloqueará sistemas de rastreamento de dados online. Eles são mantidos por empresas como Google e Facebook, que usam os dados coletados para exibir anúncios contextualizados com os interesses dos usuários. "Não é para bloquear anúncios, que continuam funcionando normalmente", destacou o executivo.

O aplicativo oficial de emails, o Mail, passará a ocupar 35% menos espaço. Já o Apple File System, maneira como o sistema da Apple organiza os arquivos, chegará ao macOS. Ele já está presente no iPhone e no iPad, e traz mais rapidez e segurança dos dados salvos no dispositivo.

Apple apresenta novo MacOS (Foto: Reprodução/Apple) Apple apresenta novo MacOS (Foto: Reprodução/Apple)

Apple apresenta novo MacOS (Foto: Reprodução/Apple)

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Macs com o dobro de memória e uma prévia do iMac Pro

A companhia anunciou novidades também em seu hardware. A geração mais nova do Mac permitirá o dobro da memória RAM: até 32 GB no modelo com tela de 21,5 polegadas e até 64 GB de RAM no Macintosh de 27 polegadas. Os computadores de mesa passarão a ter duas portas USB-C compatíveis com o padrão Thunderbolt, capaz de transferir dados numa velocidade maior.

Com a atualização desta tarde, os computadores do Mac passam a ter os seguintes preços nos Estados Unidos:

  • iMac de 21,5": a partir de US$ 1.099;
  • iMac com tela Retina 4K de 21,5": US$ 1.499;
  • iMac com tela Retina 5K de 27": US$ 1.799.

Preços dos novos Macs  (Foto: Reprodução/Apple) Preços dos novos Macs  (Foto: Reprodução/Apple)

Preços dos novos Macs (Foto: Reprodução/Apple)

Uma prévia do iMac Pro foi apresentada, com novo teclado e mouse. Ele tem o mesmo desenho industrial do iMac atual, porém com mais poder de processamento. "Este é o Mac mais poderoso que já fizemos", disse um executivo.

Haverá diversas opções de chip, começando num Xeon de 8 núcleos e indo até 18 núcleos. A GPU Radeon Vega marcará presença, com até 16 GB de memória. As especificações incluem memória ECC de 128 GB e SSD de até 4 TB.

O preço chegará a US$ 4.999 quando o computador chegar ao mercado, em dezembro deste ano. A Apple afirmou que uma máquina similar, porém com Windows, custaria mais de US$ 7.000.

A caixa de som HomePod

A companhia apresentou um protótipo do HomePod, espécie de caixa de som que possui a assistente virtual Siri embutida nele – ela entende comandos de voz por causa de seis microfones.

"Queremos reinventar o hábito de ouvir música dentro de casa", disse Cook ao apresentar a novidade. O acessório detecta o espaço em que se encontra para ajustar o áudio, com o objetivo de fazer com que as músicas sejam mais encorpadas.

O HomePod funciona em conjunto com o Apple Music, serviço de música por assinatura. Não está claro se o dispositivo também recebe músicas do Spotify, Deezer e outras plataformas de música. O preço será de US$ 349 nos Estados Unidos, sem considerar os impostos.

Apple apresenta o novo HomePod (Foto: Reprodução/Apple) Apple apresenta o novo HomePod (Foto: Reprodução/Apple)

Apple apresenta o novo HomePod (Foto: Reprodução/Apple)

WatchOS

Uma nova face da Siri traz inteligência artificial com as informações mais importantes do seu dia. "Nós usamos aprendizado de máquina para melhorar essa função com o passar do tempo", explicou um representante da maçã. Também foram anunciadas faces de personagens da franquia cinematográfica Toy Story.

Novo WatchOS para Apple Watch (Foto: Reprodução/Apple) Novo WatchOS para Apple Watch (Foto: Reprodução/Apple)

Novo WatchOS para Apple Watch (Foto: Reprodução/Apple)

tvOS

A companhia também anunciou a chegada do Amazon Prime Video, concorrente da Netflix criado pela empresa famosa por sua loja online, para o tvOS, sistema operacional da Apple TV.

*O jornalista viajou para os Estados Unidos a convite da Apple

Android ou iOS: qual é o melhor? Comente no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo