Brasil receberá máquina superpoderosa para consertar iPhones

Exclusivo · Horizon Machine, da Apple, é capaz de realizar operações avançadas


Por Thássius Veloso, de San José (EUA)

O Brasil está na lista de países que receberão uma nova máquina superpoderosa, capaz de consertar telas de iPhone que sofreram danos severos. A empresa revelou com exclusividade ao TechTudo que o país está na iniciativa – uma maneira de reduzir o tempo de espera para receber o smartphone da assistência técnica.

A agência de notícias Reuters divulgou nesta quarta-feira (7) que 25 nações receberão o equipamento apelidado de Horizon Machine. Ao todo, mais de 200 assistências técnicas parceiras terão acesso a uma tecnologia que, até o presente momento, foi mantida a sete chaves pela fabricante. Somente os laboratórios próprios tinham acesso ao equipamento.

Telas quebradas de iPhones poderão ser consertadas mais rapidamente (Foto: Divulgação) Telas quebradas de iPhones poderão ser consertadas mais rapidamente (Foto: Divulgação)

Telas quebradas de iPhones poderão ser consertadas mais rapidamente (Foto: Divulgação)

Apesar de confirmar que os aparelhos chegarão ao Brasil, a empresa não soube especificar a data em que isso deve acontecer.

Qualquer assistência técnica que trabalhe com celulares da Apple é capaz de consertar vidros quebrados. Desde que o técnico não modifique os componentes internos, é possível inclusive que a garantia do smartphone (de 12 meses no Brasil) não se perca.

Já a Horizon Machine auxilia em casos mais complexos. Por exemplo, quando o cliente derruba um iPhone no chão e quebra tanto a tela quanto o Touch ID. O leitor de impressões digitais é fundamental para liberar funções que dependem da biometria, como pagamentos com o Apple Pay (carteira digital por ora indisponível no Brasil) e transações em aplicativos de bancos.

Com a tecnologia mais avançada, o técnico consegue substituir o painel da tela e ainda reconfigurar um novo Touch ID para que ele continue funcionando com o processador e memória interna do telefone avariado.

A Horizon Machine é descrita como um equipamento similar a um microondas. Ele reconecta o sensor de biometria ao processador do telefone, procecimento até então impossível em assistências autorizadas por questões de segurança. A Horizon também testa o encaixe da nova tela e realiza a calibração da imagem.

Tecnologia permitirá reconfigurar um novo Touch ID (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo) Tecnologia permitirá reconfigurar um novo Touch ID (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Tecnologia permitirá reconfigurar um novo Touch ID (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

O fundador da rede de reparos de smartphones 99Celulares, Alexandre Oliveira, estima que o display responde por 70% de todos os atendimentos realizados pela companhia. Ele ressalta, em conversa com o TechTudo, que o vidro dos smartphones mais modernos são levemente flexíveis e resistente a uma pressão direta de mair de 30 kg/cm2. "Não é tão fácil de quebrar", diz, e mesmo assim são inúmeros os casos em que o smartphone fica avariado após uma queda.

O conserto da tela costuma custar entre 20% e 40% do valor cheio de um smartphone novo, segundo Oliveira.

A Apple mantém uma rede com mais de 4,8 mil assistências técnicas pelo mundo, operadas por parceiros. No Brasil, a companhia também realiza atendimento nas duas lojas próprias, localizadas em São Paulo e no Rio de Janeiro. Nos últimos anos tornou-se visível o aumento no número de consumidores que vão aos endereços em busca de suporte técnico.

Analistas estimam que o setor de reparos de iPhones movimente US$ 4 bilhões (R$ 13 bilhões, pelo câmbio de hoje) no planeta. Deste total, metade fica nos cofres da própria fabricante.

Vale a pena consertar a tela quebrada do iPhone 4S? Usuários opinam no Fórum do TechTudo.

MAIS DO TechTudo