Galaxy S8 por menos de R$ 1 mil: criminosos vendem modelo pirata no Brasil

Saiba reconhecer clones com preço baixo e design similar; Samsung alerta para danos à saúde

Galaxy S8 por menos de R$ 1 mil: criminosos vendem modelo pirata no Brasil Galaxy S8 por menos de R$ 1 mil: criminosos vendem modelo pirata no Brasil

O Galaxy S8 e o S8 Plus são os celulares top de linha da Samsung para 2017, com chegada ao Brasil em abril. Apesar de recentes no mercado nacional, os smartphones já são alvos de falsificações: modelos piratas estão à venda tanto na Internet quanto em lojas físicas, conforme presenciado pelo TechTudo em um mercado popular do Rio de Janeiro. Vendedores oferecem os modelos por preços bem abaixo do cobrado pelo produto oficial (a partir de R$ 3.999) e tentam enganar as vítimas com artifícios que imitam a tela grande e o design do telefone.

Além de não entregarem todos os recursos prometidos pela Samsung, os clones ainda podem causar danos à saúde e à segurança do consumidor, de acordo com a fabricante. Existem formas de identificar um Galaxy S8 ou S8 Plus falso. Para não cair em golpes, confira as dicas seguir.

Galaxy S8 falso tem barras pretas na tela para imitar o display Galaxy S8 falso tem barras pretas na tela para imitar o display

Galaxy S8 falso tem barras pretas na tela para imitar o display "infinito" (Foto: Reprodução/Weibo)

1. Tela

O grande destaque do novo smartphone top de linha da Samsung é a tela "infinita", uma derivação da tela curvada (do tipo Edge) encontrada em modelos anteriores da linha. Os displays do Galaxy S8 e do S8 Plus têm bordas curvas e ocupam 83% da face do smartphone. O modelo menor tem 5,8 polegadas, enquanto o irmão maior ostenta 6,2 polegadas, ambos com resolução Quad HD+ (2960 × 1440 pixels).

Já os clones tentam imitar a tela adicionando barras pretas acima e abaixo do painel – um recurso que, quando o aparelho está desligado, pode passar despercebido para usuários menos atentos. Muitos, inclusive, são vendidos com a informação de uma tela menor. Lembre-se: não existe Galaxy S8 com tela de 5,5 polegadas.

Anúncio de Galaxy S8 falsificado usa foto de divulgação da Samsung, mas mostra especificações incorretas (Foto: Reprodução) Anúncio de Galaxy S8 falsificado usa foto de divulgação da Samsung, mas mostra especificações incorretas (Foto: Reprodução)

Anúncio de Galaxy S8 falsificado usa foto de divulgação da Samsung, mas mostra especificações incorretas (Foto: Reprodução)

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

2. Design

É sempre importante prestar atenção nos detalhes da carcaça celular antes de comprá-lo, mesmo tratando-se de modelos originais. Isso pode evitar que você adquira um telefone com eventuais arranhões ou marcas indesejadas. Essa recomendação é essencial para identificar um smartphone falso, já que, geralmente, eles tem diferenças sutis no visual.

Os modelos falsos de Galaxy S8 identificados até agora caem nessa regra. Alguns clones têm câmera, flash e leitor de digitais em posições diferentes do modelo original, além de não apresentarem o botão da assistente virtual Bixby na lateral esquerda. Outros nem trazem a marca da Samsung na traseira do celular.

Anúncio do Galaxy S8 Anúncio do Galaxy S8

Anúncio do Galaxy S8 "Edge", um clone do S8 original da Samsung, não mostra o nome da fabricante na traseira (Foto: Reprodução)

3. Caixa e acessórios

Ao comprar um Galaxy S8 ou S8+ novo, exija a caixa original do celular que vem com dois adaptadores OTG, fones de ouvido, cabo USB-C, chave para abrir a bandeja e manual. Fique atento aos detalhes da caixa: a embalagem original do S8 não tem a plavra "Galaxy" em destaque, como acontecia na do S7, por exemplo. Também não existe Galaxy S8 "Edge".

Caixa e acessórios que acompanham o Galaxy S8 original (Foto: Divulgação/Samsung) Caixa e acessórios que acompanham o Galaxy S8 original (Foto: Divulgação/Samsung)

Caixa e acessórios que acompanham o Galaxy S8 original (Foto: Divulgação/Samsung)

4. Especificações

Esse é o principal ponto para saber se um celular é pirata ou não, e também é o que mais tem impacto sobre a experiência do consumidor. O Galaxy S8 é um celular com configurações top de linha, que incluem processador Snapdragon 835 octa-core de 2,3 GHz, na versão dos Estados Unidos, ou processador Exynos octa-core de 2,35 GHz, na versão internacional (vendida no Brasil). A memória RAM tem 4 GB e o celular traz armazenamento de 64 GB, tanto na versão normal, quanto na "Plus". A entrada para cartão de memória aceita microSD de até 256 GB.

Suspeite sempre que vir especificações diferentes das mostradas na ficha técnica oficial, divulgada pela fabricante. E fuja de Galaxy S8 com 2 GB de RAM e processador dual-core. Ou melhor: fuja de qualquer celular com processador de dois núcleos.

Especificações do Galaxy S8 falso não batem com as anunciadas pela fabricante (Foto: Reprodução) Especificações do Galaxy S8 falso não batem com as anunciadas pela fabricante (Foto: Reprodução)

Especificações do Galaxy S8 falso não batem com as anunciadas pela fabricante (Foto: Reprodução)

Verifique também a versão do Android instalado no celular. O S8 e o S8 Plus vêm de fábrica com Android 7, enquanto algumas cópias falsas rodam o Android 6 ou inferior. O conjunto de câmeras tem sensores de 12 MP (traseira) e 8 megapixels (frontal), e a bateria tem capacidade para 3.000 mAh (Galaxy S8) e 3.500 mAh (Galaxy S8 Plus).

5. Preço

O Galaxy S8 custa mais caro que o iPhone no Brasil: o preço sugerido pela Samsung é de R$ 3.999 (S8) e R$ 4.399 (S8 Plus). Esses valores caem para R$ 3.599 e R$ 3.959, respectivamente, se o pagamento for à vista. Por isso, suspeite sempre que esbarrar com preços baixos, principalmente abaixo de R$ 1 mil. Nem mesmo os celulares top de linha de 2015 são encontrados por este valor.

Caso esse preço não caiba no seu bolso, o indicado é procurar por celulares intermediários originais, que passam por testes de segurança antes de serem comercializados.

Galaxy S8 Plus falso sendo anunciado por menos de R$ 500 (Foto: Reprodução) Galaxy S8 Plus falso sendo anunciado por menos de R$ 500 (Foto: Reprodução)

Galaxy S8 Plus falso sendo anunciado por menos de R$ 500 (Foto: Reprodução)

A Samsung, em nota enviada ao TechTudo, recomenda que os consumidores comprem apenas smartphones certificados pela Anatel, adquiridos em redes varejistas e fornecedores confiáveis, como também nas lojas próprias e e-commerce da fabricante. Diante das informações levantadas pela reportagem, a empresa informa que "buscará os órgãos responsáveis".

Se você está interessado pelo Galaxy S8, confira no vídeo abaixo a análise completa sobre o smartphone – em sua versão oficial, claro.

Review do Galaxy S8: saiba todos os detalhes sobre o celular Samsung

Review do Galaxy S8: saiba todos os detalhes sobre o celular Samsung

MAIS DO TechTudo