24/02/2011 18h58 - Atualizado em 14/07/2011 07h01

Robô LOPES ajuda pessoas a andar novamente

Luiza Baptista
por
Da redação


A medicina evoluiu muito com o passar dos anos. Hoje, o tratamento para diversas doenças é muito mais simples e menos doloroso. Com a ajuda da tecnologia, os pacientes ganharam mais expectativa e qualidade de vida. O robô de reabilitação LOPES (Lower-extremity Powered ExoSkeleton) é mais uma prova de como a tecnologia pode trabalhar em prol da medicina.

A ferramenta de reabilitação foi criada por pesquisadores da Universidade de Twente, na Holanda. O objetivo é utilizar o LOPES para ajudar pessoas que sofreram AVC (Acidente Vascular Cerebral), popularmente conhecido como Derrame Cerebral, na recuperação dos movimentos das pernas. O aparelho, diferentemente de outros já produzidos, move a perna em três direções diferentes, fazendo com que o paciente volte a andar em menos tempo.

O dispositivo de reabilitação começou a ser desenvolvido em 2001, com a intenção de acessar a capacidade motora e ensinar pacientes com Derrame a andarem novamente. Agora, os pesquisadores estão redesenhando o LOPES, para que seja mais compacto e fácil de usar. O aparelho pode ser ajustado para cada paciente, essa personalização aumenta as chances de ajudar no tratamento de qualquer pessoa. Uma versão para o mercado deve ficar pronta em meados de 2012, esperam os holandeses.

Via: Engadget

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Silvio Farias
    2011-02-26T14:07:32

    ainda é muito timido todo esse processo,penso que falta mais empenho nas pesquisas,o governo deveria investir mais em pesquisas.braços e pernas mecanicos devia ser uma realidade,aliás,já existe robô que anda,fala,só não faz é sexo.mas o ser humano que é mais importante,fica sempre em último lugar,por quê?