16/03/2011 14h01 - Atualizado em 14/07/2011 06h59

Gerador de força portátil da OS mostra-se bastante útil

 Alessandro Iglesias
por
Para o TechTudo
Gerador portátil (Foto: Divulgação)Gerador portátil (Foto: Divulgação)

Em situações de emergência, como o terremoto seguido de tsunami no Japão, é necessário ter alternativas que possibilitem a restauração, mesmo que de forma mínima, de serviços à população. Energia elétrica é um dos bens mais preciosos da atualidade, pois garante suporte a hospitais e demais seções vitais à manutenção e gestão da vida pública. Com esse enfoque, a OS desenvolveu uma ferramenta mais que bem-vinda, a Retractable Mobile Solar Power System.

Com a Retractable Mobile Solar Power System GSR-110B, demonstrada durante a PV Expo 201, pode-se ter um gerador de energia solar retrátil e de fácil uso. Utilizando a tecnologia desenvolvida pela OS para telas de projetores e células fotossensíveis amorfas da Fuji Electric Systems, o GSR-110B pode ser o equipamento final para situações de emergência.

Podendo gerar até 40W de potência, composta por 16W dados pelo painel em si e 24W por meio de acumulação na bateria. O total é liberado através de uma saída de 12 V. Pensando não somente em rendimento elétrico, a OS também investiu na facilidade de manuseio do GSR-110B: ele pesa apenas 3Kg, possibilitando seu fácil transporte e montagem.

Claramente, esse pequeno gerador pode ser usado em situações menos adversas, como em reuniões ao ar livre e demais eventos. Sua autonomia permite ligar um netbook por até 2h. E se isso for pouco para seu uso, é possível ligar duas unidades do GSR-110B em série, o que vai gerar um total de 80W de potência, dependendo das condições ambientes.

Há, sem dúvidas, um amplo mercado para o Retractable Mobile Solar Power System GSR-110B, seja ele formado por necessidades emergenciais, como as que acabamos de testemunhar, de lazer ou como recurso a áreas sem rede elétrica. O produto começou a ser vendido em janeiro deste ano, ao preço de 60 mil Ienes, o equivalente a R$1240, e a OS espera vender cerca de 10 mil unidades ainda em seu primeiro ano no mercado.


Via: DigInfo e Dvice
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares