18/03/2011 14h42 - Atualizado em 14/07/2011 06h59

Máquina colaborativa de Lego composta por 93 módulos impressiona e diverte

 Alessandro Iglesias
por
Para o TechTudo

Que o Lego é um brinquedo de sucesso todo mundo já sabe. Grande parte da bem sucedida carreira desse divertido quebra-cabeça deve-se à criatividade e engenhosidade de seus proprietários. Mas não basta apenas criar formas e estruturas legais de Lego em casa, o ideal é expor para que outras pessoas também vejam, e isso acontece.

Durante a Lego World deste ano, realizada em Copenhague na Dinamarca, fãs de Lego criaram uma grande e impressionante estrutura colaborativa. Formada por 93 módulos de GBC (Great Ball Contraptions) - máquinas construídas com peças de Lego com a finalidade de levar adiante as bolinhas jogadas nelas -, os participantes impressionaram os visitantes da feira não só pelo porte do sistema, mas também por apresentarem formas criativas e divertidas de levar as bolinhas de um ponto ao outro.

Um dos aspectos mais legais deste GBC é ressaltar uma aplicação muitas vezes esquecida do Lego: a de construção de ferramentas divertidas, semelhantes a maquinários de engenharia e outros segmentos. Essa possibilidade atrai estudantes, hobbystas e profissionais diversos ao universo Lego, tendo em vista os recursos e facilidade na construção do que se almeja. Para virar um construtor, basta possuir alguns kits do brinquedo.

Em feiras, como a Lego World, as pessoas podem trocar experiências e aprendar a construir coisas diferentes. Além de encarnar a idéia do trabalho e aprendizado lúdicos, o evento deve ainda chamar a atenção de crianças e jovens, que acharam essas máquinas mais interessantes que os ursos e personagens famosos construídos e expostos na feira.

Se você ainda não testemunhou as possibilidades do Lego, não deixe de assistir ao video abaixo.


Via: OhGizmo
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares