Acessórios

03/03/2011 11h19 - Atualizado em 14/07/2011 07h00

Metal que pode ser moldado como plástico pode criar gadgets ainda melhores

Marcela Vaz
por
Da Redação

Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, desenvolveram um novo tipo de metal que possui características do plástico e do vidro. Sua composição diferenciada o torna mais resistente do que o aço comum - mas com tanta qualidade quanto - e maleável o suficiente para passar por uma única etapa de produção industrial. Uma das expectativas é de que a nova matéria-prima barateie a produção de gadgets e possibilite a criação de novos designs.

Vidro metálico. (Foto: Divulgação)Vidro metálico. (Foto: Divulgação)

A nova matéria-prima é tão maleável que os produtos feitos com o material não precisam passar por etapas de aperfeiçoamento, como subtração de saliências. Guardadas as devidas proporções, o metal é altamente moldável como massa de modelagem para crianças, a um nível industrial, é claro.

Para conseguir chegar ao ponto de fusão necessária, os cientistas usaram materiais inovadores combinados com baixas temperaturas e pressões que permitiram que a liga adquirisse propriedades de fluxo e maleabilidade sem jamais cristalizar como um metal comum. Embora maleável, a liga é resistente e de ótima qualidade. O setor industrial já pode ficar empolgado com a possibilidade de produzir diversos tipos de produtos, como garrafas sem costura, ressonadores e próteses mecânicas, além de gadgets.

Propriedades do vidro e do metal foram utilizadas para produzir o vidro metálico. Suas diferentes características atômicas são as responsáveis pela forma como eles se comportam em situações cotidianas - metais (e plásticos) são flexíveis, dúcteis e funcionais; os vidros são fortes, mas fraturam com facilidade. Os vidros metálicos, como o desenvolvido pelos cientistas de Yale, são em sua maioria ligas de metal cuja estrutura está organizada de forma aleatória, dando-lhes alguns dos poderes do vidro e outros dos metais tradicionais.

Via Fastcompany
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares