Internet

18/04/2011 17h10 - Atualizado em 14/07/2011 06h54

Google Video será, enfim, encerrado

Renato Galisteu
por
Para o TechTudo

Já era de se esperar. Desde que o Google adquiriu o YouTube por US$ 1,76 bilhões, em novembro de 2006, a empresa de Sergey Brin e Larry Page tem investido pesado para que o maior serviço de hospedagem de vídeos do mundo consiga, de fato, manter a hegemonia do mercado. E o trabalho tem sido realmente bom.

Google (Foto: Divulgação)Google (Foto: Divulgação)

Vale lembrar que a gigante das buscas adquiriu a Green Parrot, uma empresa europeia que utiliza um algoritmo capaz de otimizar e melhorar a qualidade dos vídeos gravados em celulares, câmeras de baixa resolução de captura ou vídeos que apresentam “tremedeiras” dos usuários. E o Google Video?

É exatamente isso. O Google Video, primeiro serviço da empresa dedicado às gravações dos usuários da rede, foi esquecido, jogado para escanteio. Há cerca de dois anos que o site não recebe sequer um vídeo. Nada.

O YouTube tem recebido gradativamente todos os vídeos armazenados anteriormente no primeiro servidor do Google. No dia 29 de abril nenhum vídeo estará disponível para visualização e em 13 de maio deste ano, o serviço será, por fim, encerrado. Ou seja, você que tem vídeos no Google Video deverá fazer o download de todo o material até o dia 13/05, que depois poderá ser enviado para o YouTube.

Faz muito sentido, não é mesmo? Aos poucos, uma marca toma conta da outra, sem causar dor aos usuários. Ná página do Google Video há informações adicionais sobre a pausa permanente nos trabalhos do servidor. Acredito que nem os mais saudosistas sentirão falta do serviço, pois o boom do YouTube foi tão grande que o Google Video foi abandonado organicamente, sem pressão por parte de ninguém.

Via: Ubergizmo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares