Plataformas online

26/04/2011 16h04 - Atualizado em 14/07/2011 06h52

Interrupção da PSN – Um movimento defensivo necessário?

Rodrigo Tadeu
por
Para o TechTudo

Como a maioria dos jogadores sabe até agora – principalmente os fãs de PlayStation – houve uma queda substancial, desde a última quarta-feira (20/04), nos servidores da PlayStation Network, derrubando os serviços online do PlayStation 3, PlayStation 2 e também do Sony Qriocity. Como a falha já está para completar uma semana, e mais especulações a respeito circulam por todos os cantos, há muitos motivos para os donos de PlayStation ficarem nervosos.

A Sony realmente não comentou nada, ainda, sobre o que realmente está acontecendo, deixando assim muito espaço para especulação. O primeiro rumor que começou a circular foi que o grupo de hackers Anonymous era o responsável pela interrupção dos serviços. Afinal de contas, eles iniciaram um ataque contra a Sony no passado. Porém, o próprio grupo Anonymous, em comunicado, negou qualquer tipo de envolvimento e chegou a jogar a responsabilidade em cima da própria Sony.

PlayStation Network (Foto: Divulgação)PlayStation Network (Foto: Divulgação)

E pensar que um ataque como o do Anonymous ou de qualquer outro grupo hacker pudesse manter a rede fora do ar por tanto assim é bobeira. Ataques vindos destes grupos são relativamente fáceis de prevenir hoje em dia. Todos os endereços IP de ataque são facilmente identificáveis (deixam impressões digitais distintas), e podem rapidamente (automaticamente, em alguns casos) ser banidos do firewall, restabelecendo o serviço imediatamente.

Então o que poderia ser se não um ataque coordenado de hackers?

No início deste mês, um vídeo surgiu no YouTube ensinando como adicionar dinheiro, de graça, na sua carteira dentro da PlayStation Network. Eu assisti ao vídeo, mas durante o final de semana (no mesmo período em que a PSN ficou e ainda permanece fora do ar), ele desapareceu. Evidências deste vídeo ainda aparecem, basta uma rápida pesquisa no Google, mas o vídeo propriamente dito desapareceu. Hoje já não é mais possível encontrar outro documento explicando como fazer todo este processo, através de uma falha no firmware, mas os comentários sobre este vídeo no YouTube indicaram que funcionou. Basicamente, você poderia usar cartões de crédito falsos e carregar a sua conta virtual com a quantia que quisesse.

PlayStation Network (Foto: Divulgação)PlayStation Network (Foto: Divulgação)

Esta façanha, só se tornou possível, graças ao GeoHot PS3 hack, necessária versão modificada do firmware, que é facilmente encontrada online e referenciada no tal vídeo.

Esta vulnerabilidade veio à tona quase que simultaneamente ao horário que a PSN foi tirada do ar, o que pode indicar que a Sony pode ter realmente desligado a rede voluntariamente para evitar a perda de milhões de dólares em transações fraudulentas, ou ainda algo mais importante: proteger os dados dos usuários.

Hoje pela manhã, diversos sites noticiaram um comunicado da Sony, que vagamente fazia referências sobre potenciais brechas de segurança com cartões de crédito dos usuários. Embora não prove nada definitivamente, certamente sugere que esta interrupção pode ser uma medida preventiva da própria Sony contra esse novo hack que foi lançado. Por que não?

E você, o que acha? Tem alguma teoria ou informação sobre a interrupção do serviço? Conte para nós nos comentários desta página.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares