Internet

29/04/2011 17h38 - Atualizado em 14/07/2011 06h51

Nexus S ganha Gtalk com suporte a bate-papo em vídeo

Ricardo Fraga
por
Para o TechTudo

O avanço da tecnologia tem permitido que as pessoas se comuniquem com uma maior frequência e melhor. Para quem tem um telefone celular, as maneiras de comunicação vão desde simples mensagens de texto, passando pelas ligações de voz tradicionais, chegando até os aplicativos de IMs e os que permitem fazer chamada via VoIP. Tentando levar a melhor experiência de comunicação aos usuários, o Google acaba de adicionar, ao Gtalk, a capacidade de realizar chamadas de voz e vídeo através dele.

Videochat do GTalk (Foto: Divulgação)Videochat do GTalk (Foto: Divulgação)

Semelhante ao FaceTime, da Apple, o novo recurso do Gtalk passa a permitir que os usuários conversem com amigos e parentes não somente via voz, mas com a capacidade de vê-los na tela do celular ao mesmo tempo. Diferente do serviço da Apple, o sistema de comunicação via vídeo do Google funciona tanto via Wi-FI, quanto via 3G e 4G. No caso do FaceTime, os usuários só conseguem utilizar o recurso se estiverem conectados em algum ponto de internet sem fio, pois a utilização dele via 3G é bloqueada pelas operadoras.

 

A novidade está disponível, inicialmente, ao proprietários do Nexus S. Ela será liberada nas próximas semanas através da atualização do Android 2.3.4. Segundo o Google, a intenção é liberar o novo recurso aos proprietários de outros equipamentos que também rodem a versão 2.3 do OS.

Até então, somente usuários do Android 3.0 Honeycomb podiam realizar este tipo de chamada, como os felizes proprietários do Motorola Xoom. Com a fragmentação do sistema operacional móvel do Google, infelizmente boa parte dos usuários de smartphones e tablets ficará sem a novidade, pois a atualização do OS é de responsabilidade dos fabricantes.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares