13/05/2011 11h30 - Atualizado em 14/07/2011 06h48

Governo britânico testa uma nova proposta de site para atender cidadãos

André Noia
por
Para o TechTudo

O governo britânico lançou recentemente um projeto – ainda em fase de testes - que pretende unificar a estrutura do governo em um único portal. O site centralizaria os serviços e informações, além de melhorar a transparência do gasto público e a relação do executivo com o cidadão.

O alpha.gov.uk é, até agora, resultado de um trabalho minucioso de um grupo do Serviço Governamental Digital, uma espécie de subpasta da secretaria de comunicação do governo inglês. O grupo é responsável por lidar com a relação cidadão-governo por meio de serviços ofertados na internet.

Site do governo britânico (Foto: Reprodução)Site do governo britânico (Foto: Reprodução)

Ao colocar o cidadão em primeiro lugar, o portal tentará colocar um fim no martírio que é a busca por serviços e informações do governo, que geralmente se encontram espalhados em diversos sites desconexos e sem qualquer padronização.

O projeto é coordenado por Martha Lane Fox, empresária do comércio online, mais conhecida por ser co-fundadora do Lastminute.com, um ícone da bolha das empresas .com do final dos anos 90.

Segundo Fox, a decisão de colocar o site no ar ainda em versão alpha tem como objetivo economizar o dinheiro público, uma vez que os cidadãos poderão dar sua opinião à medida que o projeto é desenvolvido, o que evitaria que todo o serviço fosse remodelado após sua conclusão.

A navegação no portal é simples e a busca pelos serviços é feita por palavras-chaves. Nos passos seguintes, basta responder algumas perguntas para que se receba a orientação sobre o que fazer e quem procurar.

O brasil.gov.br é o portal brasileiro que reúne serviços e informações para o cidadão. Diferente do alpha.gov.uk, para encontrar um serviço é preciso navegar por categorias, escolher o que acessar em meio a uma infinidade de links e, por fim, ser direcionado a um site externo que ofereça o serviço/informação desejado. Outro ponto negativo está no fato do portal brasileiro ser uma mistura de busca por serviços com agência de notícias. Como consequência, sua pesquisa pode terminar em uma notícia, e não no que procura.

Via: Brainstorm 9
 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares